Ciência
Ciência
Digital Drops Blog de Brinquedo

Governo dos EUA prevê que carros elétricos nunca serão! Ao menos até 2040

Por em 29 de dezembro de 2013
emDestaque Energia Hardware relacionados   
Mais textos de:

Site | Twitter
  • Douglas

    E a propaganda automática do google ou afins, saiu da Volkswagen :)

    • http://meiobit.com/author/max_laguna Emanuel Laguna

      Aqui me saiu a bicicleta elétrica! ;)

      • Thomaz de Oliveira dos Reis

        Aqui veio a propaganda da Colgate… com o slogan: “Para um futuro sem cáries”, parece mais promissor que o carro elétrico :P

    • Lucas Timm

      Consórcio do Volkswagen Fox 1.0.
      Sendo que, consórcio, volkswagen, fox e 1.0 são coisas das quais eu quero distância, hehe.

  • dankasmoraes

    “…que Elon Musk é um visionário viajante do tempo e vai salvar o mundo das cáries, junto com Al Gore…” Que absurdo, o Elon “stark” Musk e Al Gore – primeiro imperador da lua – teriam que aparecer como uma cabeça em um aquário para que eu acreditasse nisso!
    Sem contar que carros elétricos precisam de aumento na capacidade de geração elétrica dos países , algo caro e demorado de ser implementado.

  • Douglas

    a minha dúvida é qual era o custo das baterias na época?

  • Aleandre Da Silva Costa

    Claro que tecnicamente carros puramente elétricos são inviáveis, mas vejo com bons olhos híbridos, mas também não acho que depois de todo investimento pra invadir o Iraque os EUA iriam fazer qualquer discurso pro carro elétrico .

    • Wagner Felix

      Não é inviavel pra quem anda menos de 50 km por dia. Só pra efeito de comparação, isso é mais do que a média de um paulistano.
      Pra viajar, carro elétrico não serve, heheheh… Mas é forçar a barra achar que um Uno serve.

      • Aleandre Da Silva Costa

        O problema nem é a autonomia é a falta de infraestrutura de suporte, como postos de abastecimento, centros de manutenção e tempo de abastecimento. Mas se o foco ao invés do carro fosse um veiculo pequeno de 3 rodas para uma pessoa só o tempo de abastecimento seria drasticamente diminuído, mas mesmo assim ainda cai no efeito tostines no quesito preço, o preço e muito alto por que não tem demanda, não tem demanda por que o preço e muito alto. Agora se existissem ciclovias por todas as cidades a bicicleta eletrica seria uma boa, você pedala no reto e deixa o motor resolver o problema no morro.

        • Wagner Felix

          Poisé, mas dentro do universo de “50 km por dia”, o cara vai trabalhar, vai pra faculdade, volta pra casa, poe o carro na tomada, de manhã sai denovo…

          A infra-estrutura só se torna imprescindível se o cara usa o carro mais que isso. Uma frota de entregas, por exemplo é inviável com o tempo de recarga de 5 horas. Mas pro uso urbano médio, “tá pronto”.

          Agora, um carro elétrico é caro pra cacete. Até conversão tosca sai caro. Um kit de potencia razoavel sai 6k obamas SEM AS BATERIAS. Quem roda 50 km por dia recuperaria o investimento em 3 anos(considerando custo zero de energia, o que não é verdade), não compensa. É tecnicamente viavel hoje, apenas não compensa financeiramente.

  • Luis

    Malditos carros elétricos e seu 1% do mercado daqui a 30 anos!

    E eu acho quuueeIHDSAISADI;KLJPFDS

  • lordtux

    Realmente o que mata tudo é a fonte de energia, sem melhorar carros elétricos nunca vingaram como proposto.

  • http://raisefromyoursubete.blogspot.com.br/ Panino Manino

    PARA TUDO!
    Eu li “meu Lumia 920″? Esse texto é do Cardoso?
    Gente… por algum motivo, nossa… nunca imaginei o Cardoso com um Lumia. Não que tenha imaginado com outro sistema, mas…gente…

    Voltando ao assunto, e aquelas tecnologias de fazer carregar mais rápido? Tem anos que leio sobre isso e até agora nada.
    E baterias de trítio e semelhantes? Nada também?

    • Edmilson_Junior

      Carga mais rápida = menos ciclos de recarga. Não vi solução ainda.

    • http://ceticismo.net/ Pryderi

      Então, você não acompanha Meio Bit. Cardoso já fez até resenha do bicho e já faz um tempão.

  • Vitor Albuquerque

    Pobre Ruby hahaha

  • Idilberto Lopes

    Motos elétricas seriam viáveis? Tem havido progresso nesses veículos?
    O que acham?

  • Ruy Acquaviva

    Também acho que os carros elétricos só vão emplacar quando tiverem preço, durabilidade e autonomia. O tempo de recarga pode ser reduzido bastante com bancos de ultracapacitores, como está sendo testado na Tesla.
    Os modelos caríssimos e com baixa autonomia comercializados hoje não tem condições de competir com os carros convencionais.
    A única alternativa energética que surgiu para os derivados de petróleo nos automóveis e caminhões são os biocombustíveis. E até eles sofrem para obter economia de escala devido à competição com os combustíveis derivados de petróleo.