Xiaomi vende 150 mil unidades do Mi3 na China em 10 minutos via WeChat

Xiaomi MI3

A Xiaomi tem muito o que comemorar. O Mi3, seu top de linha está vendendo muito bem na China e tem deixado consumidores em todo o mundo chupando o dedo, já que infelizmente ela não atua em outros países, canário cenário esse que está em vias de mudar agora que Hugo Barra é o VP global da empresa.

No último mês a empresa já havia conseguido vender 100 mil unidades do Mi3 em um minuto e meio, o que comprova que o povo chinês é tão consumista que qualquer outro país do ocidente, tem dinheiro e pretende gastá-lo. Apesar de ter um hardware de ponta com o Tegra 4 (a Xiaomi prometeu uma versão com o Snapdragon 800 da Qualcomm para o próximo mês, provavelmente visando o mercado mundial), 2 GB de RAM de display de 5 polegadas Full HD ele é vendido por um preço até razoável, cerca de US$ 350 para o modelo de 16 GB.

A empresa recentemente fez uma campanha com a Tencent através do WeChat, app que está em franca expansão no mundo inteiro e já é a segunda aplicação de chat mais utilizada: em nota recente a Tencent divulgou que o app chegou a 271 milhões de usuários ativos por mês, ficando atrás apenas do WhatsApp. O resultado foi assombroso, segundo a fabricante, 150 mil aparelhos Mi3 foram vendidos em 10 minutos através do chat. Todo o processo, desde a reserva até o pagamento foi realizada através do app, o que indica que o WeChat possui potencial para e-commerce.

Se a empresa vai conseguir repetir o sucesso alcançado na China mundialmente agora que a intenção da Xiaomi é se expandir, só o tempo dirá. Entretanto o retrospecto local é bom e o hardware da Xiaomi já foi comprovado como sendo de qualidade por aqui. E com a expertise de Barra com o Android é bem provável que a empresa se torne se não forte o suficiente para bater de frente com a Samsung, ao menos uma alternativa decente entre LG, Sony, ZTE e HTC.

Fonte: TNW.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Ronaldo Gogoni

Um cara normal até segunda ordem. Além do MeioBit dou meus pitacos eventuais como podcaster do #Scicast, no Portal Deviante.

Compartilhar
  • Tenho medo de um dia minha casa ter um telhado curvo, um dragão pintado no portal, e ter que aprender mandarim.

    • Julio Verner

      Morreremos vendo isso acontecer(acho que vai demorar um pouco ainda)… MUITA coisa já pertence a China, e não acredito no papo de que os EUA ainda são os maiorais ahaha

    • Em alguns colégios do Rio de Janeiro já se ensina mandarim.

    • Christian Oliveira

      Apesar do comercio expancionista da china ser assombroso, não parece ser o mesmo com a cultura, como a expansão cultural inglesa da época do café, a francesa do inicio do século passado ou da americana atual.

      Acho que gostamos de consumir os produtos, mas a cultura deles nem tanto.

      • Aí você falou. Na verdade, os costumes orientais nunca foram bem assimilados aqui no ocidente. Na verdade, na questão de cultura, acho mais fácil eles se interessarem (parece ser o que ocorre).

    • Edmilson_Junior

      Eu topo telhado curvo e um dragão no portal, o problema é o mandarim, se minha letra é feia com o nosso alfabeto imagine no deles.

  • Raffael Bottoli Schemmer

    Mesmo que toda “tralha” tecnológica seja feita na china (Ou em taiwan, que seja), os telefones de ponta da Xiaomi são os únicos que invalidam a máxima que tudo que vêm da china ou é exótico ao mercado Ocidental ou Lixo.

    Esses mi(x) like sem sombra são telefones ideias pra quem não se convence em gastar 500/600(min) dolares (Pensando em comprar lá fora ainda) em um Galaxy S (Top) ou um (new) Iphone.

    • Christian Oliveira

      Tudo é produzido/manufaturado na China, do melhor ao pior produto, só depende de quem está encomendando, já nem tudo é projetado na China, geralmente o que é projetado pelos Chineses quase sempre começa com um produto “chupinhado”, chegam a incomodar bastante como é o caso dos roteadores Huawei, que começaram copiando descaradamente os da Cisco, hoje elas até teem um acordo na divisão de mercados, depois do processo que a Cisco moveu. Com carros também não está sendo diferente. Esse celular lembra um pouco o design dos Lumia.

  • Pingback: Xiaomi pretende se instalar no Brasil e outros países ainda em 2014()

  • Pingback: Xiaomi é pega cometendo uma gafe pior que a da Nokia()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Adidas, Cupom de desconto Submarino, Cupom de desconto Americanas, Cupom de desconto Casas Bahia