Digital Drops Blog de Brinquedo

Primeiras memórias RAM DDR4 chegarão ao mercado em dezembro, mas você só poderá usar em 2015

Por em 18 de novembro de 2013
emHardware relacionados          
Mais textos de:

Site | Twitter
  • Sander Manzoli

    Enquanto isso, o PS4… muito à frente do seu tempo.

    • Rafael Favero

      Maaaaaaaiss ou menos maaaaaaaaaaaaais ou menos

    • Gustavo Wentz Biasuz

      Mais um desinformado opinando aos quatro ventos…

      • Sander Manzoli

        Vamos com calma, Gustavo…

        PC hoje usa DDR3 pra CPU e algumas GPUs usam GDDR5 (que veio da DDR3, tem apenas mais bandwidth e uma latência uns 10% maior, por isso botaram um G, para gráficos, onde a maior banda é bem vinda).

        No PS4 usam um banco único de GDDR5. A APU (CPU e GPU) usam esse banco único. temos essa memória incrível a disposição da CPU também.

        PC a partir de 2015 terá DDR4 na CPU e GDDR5 ou GDDR6 na GPU. Uma arquitetura igual a dehoje, mas com memórias melhores que as atuais.

        Lá pra 2017 os PCs passarão a usar APU também (como XB1 e PS4) , um chip só com GPU e CPU, e migrarão pra arquitetura mais nova e melhor em todos os aspectos, que é um banco único de memória (evitando copiar blocos imensos de info desnecessariamente).

        Isso é o futuro dos PCs, um roadmap traçado por AMD, Intel, ASUS, assim será.

        Começou com os novos consoles, em especial no PS4 que arrebentaram colocando a GDDR5 (mais antiga mas mais rápida que a DDR4).

        É por este aspecto que digo que PS4, no quesito da memória e sua arquitetura, está ANOS à frente. Um PC em 2015 com DDR4 (de 51.2GBps), estará ainda defasado do PS4 que tem 176GBps na GDDR5.

        Só opino sobre o que eu sei e leio. Sou engenheiro eletrônico, técnico eletrônico, trabalhei muitos anos em bancada, lendo toneladas de data sheets e osciloscópio na cara o tempo todo, soldei muitas memórias já, rsrsrs. Bons tempos!

        Vc pelo jeito opina sobre mim, e não me conhece. Quem opina aos 4 ventos então?

        Peace!

        • Gustavo Wentz Biasuz

          Colega, você mesmo reconhece que latência e custo da DDR é mais baixo, apesar da banda disponível ser menor.

          Não estou vendo nenhuma MoBo sendo fabricada para GDDR em uso geral, fora de uma GPU, com a excessão do PS4. Você está, aonde?

          Essa situação em particular do console PS4 me parece mais ser uma decisão de engenharia, tomada pela a própria equipe da Sony, onde se preferiu manter uma única arquitetura para simplificar a criação de jogos.

          Quanto a sua asserção de que “o hardware do PS4 está ANOS à frente”. Discordo. O Hardware high end de hoje já da voltas no PS4. E o orçamento do produto não permite extrapolar

          Quanto a banda disponível em operações de memória, sua utilidade parece mais restrita ao uso em operações gráficas do que em computação. O que parece é que o sr esteve ausente durante toda a discussão de RAM de tres canais e como a mesma não aumentou a performance.

          Não me atrevo a tecer previsões SOBRE A INDUSTRIA MAIS DINÂMICA DO GLOBO TERRESTRE. Não tenho esse talento. Cito apenas a história. RAMBUS… XDR… XDR2…(e isso que me atenho apenas a tecnologias de memória). Lembro também que o sr. não citou eRAM nas suas previsões, especialmente na iminência de produção e lançamento de “silicio empilhado”.

          Lembro ao colega que existem outras coisas, que não somente a performance em um critério isolado, que acabam por governar a adoção de um padrão.

          E resumindo, creio ser um comentário leviano e desinformado quando asserta que um hardware está a frente do seu tempo nessa indústria.

          P.S.
          Não que o apelo a autoridade faça algum sentido com um quorum de céticos como esse aqui, mas minha experiencia envolve várias estrelinhas que ganhei na confecção de diagramas.

          • Sander Manzoli

            A arquitetura atual dos consoles de nova geração é a arquitetura do PC do futuro, isso não é previsão minha, isso é roadmap da Intel, AMD, Asus, etc, etc… AMD iniciou o futuro com os consoles atuais. PC tem coisas medonhas e antiquíssimas, como GPU separada ligada por uma medonha PCIe, bancos de memória separados necessitando cópias de dados que poderiam ser evitadas, API num nível alto (tipo DIrectX) que facilita programar mas joga metade dos FLOPS da GPU no lixo (por isso mesmo um PS4 com uma GPU não tão high end briga de igual pra igual com uma 7970, que tem o dobro de TFLOPS, 3.6 contra 1.8).

            Veremos como será um PC lá em 2018… pode escrever, CPU e GPU separados, e bancos separados de memória, não existirão, pois são coisa do passado, desde nov 2013 ;o) e finalmente os PCs serão eficientes graficamente (ao menos o Mantle da AMD veio diminuir esse gap, permitindo uma API bem mais low end, tirando tanto proveito da GPU no PC quanto no PS4, veremos resultados práticos em meses).

          • Luiz Felipe

            Me convenceu. O PCIe é incrivelmente velho, mesmo utilizando uma memoria “antiga”, o ps4 é moderno. Talvez evitar o stream do vertex buffer e dos comandos do pipeline pelo PCIe seja realmente efetivo para aumentar a performance do que simplesmente ter uma memoria melhor ou processador melhor. Quanto ao directx jogar metade do flops no lixo, eu discordo, talvez chege a 25% somente, e mesmo com o PCIe no meio, ocorre buffering. O que causa latencia mas não desperdicio de flops em si, mas tudo depende se o software consegue fazer streamming das chamadas ou é chatty. De qualquer forma remover toneladas de indireção causadas pelo directX/opengl, pelo driver e pelo windows e usar uma api slim com certesa é vantajoso se voce não precisa suportar zilhões de hardwares diferentes. E não precisar de um sistema de paginação entre RAM e GRAM deve ajudar tambem.

    • Bruno Barbieri

      nossa, não descobriu ainda que uma coisa é GDDR e outra coisa é DDR?

      • Sander Manzoli

        GDDR é uma DDR (a GDDR5 veio da DDR3)… apenas tem MUITO mais bandwidth, a custa de uma latência pouquinho maior, e de muito mais $.
        O PS4 usa a caríssima GDDR5 NO LUGAR da lentíssima DDR3. Para CPU e para a GPU?? PCs usam apenas na GPU. PCs passarão a usar DDR4 (mais novas) para a CPU em 2015… Alguns anos depois disso, PCs usarão APU e memória única e compartilhada (roadmap conhecido de todos). Quem sabe em 2017… aí o PS4 não mais estará à frente do seu tempo, pois os PCs equipararão em tecnologia.

    • Luiz Felipe

      Não, a GDDR5 é baseada na DDR3, com o barramento de 256bits e 8 prefetch (na intel geralmente o QPI só 4 prefetch e 64 bits de barramento). Tem tambem “overclock” (em relacao ao ddr3) e voltagem maior. Mas o que muda mesmo é o controlador de memoria e a forma que ela é usada. Na verdade a GDDR5 é “antiga” perto da DDR4.

      • Sander Manzoli

        Sim, a GDDR5 é mais antiga, junto com a DDR4 sairá a nova GDDR6. Entendi seu ponto de vista.
        A DDR4 é bem mais rápida que uma DDR 3 2133, e bem mais lenta que uma GDDR5 (apesar desta ser baseada na DDR3).
        Logo após a DDR4 sairá sua amiguinha gráfica GDDR6, que será ainda mais rápida que a GDDR5.
        DDR3 é mais lenta que a DDR4, que é mais lenta que a GDDR5 que é mais lenta que a GDDR6.
        Uma DDR3 atual sua muito pra chegar em 25GB/s de bandwidth.
        A DDR4 dará uma gás nisso, dobrando pra 51.2GB/s
        GDDR5 no PS4 chega a 176Gbps (Sony conseguiu um acordo incrível para conseguir a GDDR5 no mesmo preço da DDR3).
        Como a GDDR5 no PS4 é mais rápida que as mais novas memórias que chegarão daqui uns anos nos PCs, disse e repito: O PS4 está muito à frente do seu tempo… PCs em 2015, 2016, 207, terão DDR4, que são mais novas mas de modo algum melhores que as “antigas” GDDR5.
        Mais novo não significa melhor. Sair um novo processador Atom não significa que ele será melhor que um i7 de 2012.

        • Luiz Felipe

          Tenho que concordar que a arquitetura do Ps4 está a frente do barramento de um PC, mas esse desempenho todo é justamente por ser 256bits e usar um barramento dedicado ao inves do PCIe, que já esta velho. Seria como pegar a CPU e colocar ela na placa de video ligada direto no barramento da memoria da GPU, claro que fica incrivelmente rapido.

  • Cássio Amaral

    Vamos ver agora se daqui para frente baixa ao menos um pouco o preço da memória DDR3 no Brasil com o lançamento dessa DDR4, porque do ano passado para cá o preço da memória mais que dobrou.

    • Luiz Felipe

      Estive lendo a especificação, a DDR4 usa varios controladores de memoria por bloco ao inves de compartilhar o mesmo. Isso faz o processador ficar incrivelmente caro, pelo menos até o custo da tecnologia ser diluido pela Intel em sua linha de processadores. Acho dificil o preço do DDR3 baixar muito até a nova geração de processadores aumentar a demanda pelo DDR4.

  • GuzAts

    Acho que já em 2014 veremos placas de vídeo com DDR4

    • Felipe!

      Hein?!

      • GuzAts

        Marketing, pessoal, Marketing..

        Quantas placas vocês não veem com um anúncio enorme na caixa “DDR 3″ “DDR 4″ (se eu não me engano as memórias GDDR já estão na versão 5 ou 6, mas quando são anunciadas placas com memória GDDR 3, vemos o marketing anunciando como DDR 3)

        • Luiz Felipe

          Não sei que tipo de porcaria tu anda comprando. Nas VGAs que comprei vem claramente escrito GDDR3/4/5. E com certesa quando fizerem o GDDR baseado no DDR4, será GDDR6, porque o GDDR4/5 é baseado no DDR3 eo GDDR3 é baseado no DDR2 (se nao me engano).

          • Sander Manzoli

            Só esse Luiz Felipe pelo jeito sabe o que fala.

          • GuzAts

            Eu postei uns 3 links aqui com placas que, orgulhosamente anunciavam “DDR 3, DDR 4″.. Sumiram =/

    • Marcelo

      O cara é tão eficiente no comentário que o avatar já vem com um facepalm.

  • Bruno Barbieri

    Vários comentários manjesters misturando GDDR com DDR AHUAHUAHUAU

    pessoal lá das noticias de tecnologia dos portais ehheeh

  • Sander Manzoli

    E no final, o PS4 muito mais à frente do seu tempo do que imaginava… pelo menos 4 anos.