Lenovo Vibe X

Hands on com o Lenovo Vibe X, um smartphone com câmera frontal de 5 megapixels

Lenovo Vibe X

O Lenovo Vibe X é um smartphone Android que tem como maior diferencial uma excelente câmera frontal com 5 megapixels e lente grande-angular, feita sob medida para aqueles usuários que fazem questão de tirar fotos de si mesmos sozinhos ou acompanhados por seus amigos. O aparelho é bem leve e ultra fino, com apenas 121 gramas e espessura de 6,9 mm. Outro ponto positivo do Vibe X é a tela IPS com resolução Full HD 1080p, que tem vidro Gorilla Glass 3 e bordas arredondadas, além de uma excelente densidade de pixels, 440 pontos por polegada.

No teste rápido que fiz no stand da empresa na IFA 2013, senti que o desempenho do processador quad-core (MTK 6589T) de 1,5 GHz da MediaTek poderia ser melhor, mas como o aparelho ainda é não é a versão final, fica a esperança de que a Lenovo consiga melhorar a situação até o lançamento. Dito isto, é inevitável pensar em como este smartphone seria muito mais poderoso se fosse equipado com um Snapdragon 800, por exemplo. Para tentar compensar esta questão, o Vibe X roda o Android 4.2 com o Project Butter, recurso apresentado pelo Google no ano passado para aumentar a velocidade do sistema separando as tarefas de processamento.

O Vibe X também conta com uma câmera traseira de 13 megapixels com foco automático e sensor com iluminação para tirar fotos noturnas com maior qualidade, além de um flash LED. O case é de plástico, mas conta com uma textura gravada a laser para melhorar a pegada. O aparelho tem versões em preto, branco e laranja, com 16 ou 32 GB de capacidade.

Published by

Nick Ellis

Nick Ellis é autor do Meio Bit, Digital Drops e Blog de Brinquedo.

9 thoughts on “Hands on com o Lenovo Vibe X, um smartphone com câmera frontal de 5 megapixels”

  1. Poxa Nick, tu tá tão exigente assim pra achar essa CPU fraca? que diabos tu roda num celular? Sério fiquei curioso! Na paz mesmo cara…

    1. Não estou comparando nada, acho que tudo depende da integração com o sistema, e cito no texto que o aparelho ainda é um protótipo, mas é inegável que com o Snapdragon 800 ele seria bem mais interessante.

  2. Já tem tanto celular com especificações técnicas acima do “necessário” (acho que tirando jogos, os mid-end de hoje dão conta de tudo, ou estou enganado?) que essa galera podia dar um pouco mais de carinho ao design dos telefones, a quantidade de coisa feia que aparece, pelamor…

    1. Tou com um LG L3 bem low-end e estou satisfeito. ele é limitado, mas faz o que preciso fazer num smartphone. E foi bem barato.

      Tem hora que a coisa (de ter um smartphone) perde o sentido.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>