Digital Drops Blog de Brinquedo

Google e a invasão de privacidade

Por em 17 de agosto de 2008
emGoogle
Mais textos de:

Site | Twitter
  • http://www.bizness.com.br sricanesh

    Mudando um pouco o “provérbio” original, “imagem de bêbado não tem dono” :D

    Cassio R Eskelsen

  • http://luizzeross.blogspot.com luizzeross

    Gostei deste serviço. Não sei como fazem isto, mas eu gostei muito da visualização das imagens das ruas. Quando achei meu primeiro emprego fora da cidade, fiquei uma tarde procurando o caminho pra chegar até o endereço da empresa, através do Google Maps. Se na época ja existisse este serviço (e aqui no Brasil), eu teria achado em uns instantes!
    ___
    Um slime, dois slimes, três slimes, quatro slimes… um King Slime

  • laio

    não só isso…

    nos EUA eles tb pegaram uma casa PEGANDO FOGO.

    sim, voce está la vendo a vizinhanca estatica, ai começa a aparecer monte de bombero nas ruas, e uma puta casa pegando fogo.

    so cool

  • http://rostinhosbonitos.blogspot.com tnigri

    Esse serviço do Google é bastante questionável, apesar de interessante…
    Há previsão para o fim da privacidade de nós, brasileiros?


    ACESSE O BLOG:
    http://rostinhosbonitos.blogspot.com/
    (mais de 19.000 pessoas já acessaram)

  • david.rj.2k

    Yuhuuu!!! Tem que ter isso pro Brasil!
    Ai vou lançar o desafio “Onde está David?”, duvído me acharem!!!
    Buahahaa

    Comentário construtivo:
    Falta de privacidade pq? Se o cara bebeu na rua, e a rua é pública (como o mesmo informado no post…), então, se o kra qsesse privacidade, que esteja bebendo dentro de casa.
    É a mesma coisa que dizer que seria uma falta de privacidade vc olha alguém pelado na rua. Seria falta de privacidade se vc olhasse dentro de casa (que não fosse a sua kkk).
    Essa é minha [in]útil opinião :)

    FLWS!

  • http://www.inovacaoenegocios.com leoreinaux

    Eles já estavam colocando as faces desfocadas e com um projeto de colocar faces randomicas, não sei como anda isso.

    A questão é se a sociedade considera as ruas um lugar público, caso sim, o Google não está fazendo nada de errado no meu ponto de vista (posso estar errado :P)

    ———————————————————
    Inovação e negócios na era da internet
    http://www.inovacaoenegocios.com

  • _giovani_

    Tirar foto das das ruas não é invasão de privacidade.
    Mas tirar fotos de pessoas e publicar, aí pode ser.. principalmente pelos fatos que citaram aí.

    • http://palavrassussurradas.net/ Fatima

      Giovani,

      Vc tem razão: ninguém pode alegar violação de privacidade, mas podem cobrar outros pelo uso da imagem que capturaram.
      ____________
      Abraços!
      Palavras Sussurradas

  • Slaker

    E so dizer q nem virao o cara!
    ahuAHuHauHuhaa

  • rod.stuchi

    Pegou mal pro encharcado ai da foto, a rua é pública mas publicar fotos de pessoas na rua não é muito saudável (pessoas podem processar pessoas, etc, etc).

    Mas quem não deve (nessa caso: bebe) não teme…hehe

  • webmaster

    Até aonde eu sei, a rua é publica, e o carro não está entrando na casa de algúem o/

    Essa coisa de invasão de privacidade é a velha história de sempre ter alguém contra qualquer coisa nesse mundo.

    A utilidade desse serviço eh muito mas muito superior a suposta invasão de privacidade que na minha opinião nao existe.

  • http://www.misterwp.com henrique.wint

    Em breve teremos que pedir licença ao Google para poder sair de casa.

    21horas
    barbaridade

  • Danskk

    Ou seja, a ficcão do filme Inimigo do Estado(Enemy Of The State) de 1998 com Will Smith, em que, por causa de um complô de assassinato, um advogado passa a ser caçado, vigiado implacavelmente por satélite e tem sua vida colocada de pernas para o ar, está se tornando realidade.

    • http://palavrassussurradas.net/ Fatima

      Imagino se esse serviço avançar mais um pouco. Pensei num hipotético diálogo entre um pequeno ‘cachorro’ e uma garota burra:
      ::::::::::
      Garota: Vc não disse que ia ficar em casa?
      Rapaz: mas…eu fiquei!
      Garota: mas eu vi vc no google!
      Rapaz: impossível.
      Garota: mas eu vi!
      Rapaz: onde vc disse que me viu?
      Garota: no google.
      Rapaz: ah…lembrei…sabe o que é…meu carro quebrou….problema elétrico, acho que era a bateria, liguei para o serviço de guincho (nenhum estava disponível)…liguei para meus amigos (ninguém em casa)…liguei para três mecânicos, ninguém atendeu…a única opção foi ligar para uma amiga, que veio me ajudar..
      Garota: mas seu carro quebrou na frente de um motel? O que vc estava fazendo lá?
      Rapaz: meu benzinho….tava fazendo uma reserva para nosso encontro de sábado.
      Garota: vc não podia fazer por telefone?
      Rapaz: minha linha telefônica estava com problemas, liguei para a operadora e eles ainda não resolveram,
      Garota: e o celular?
      Rapaz: sem créditos.
      Garota: mas….seu telefone está quebrado, como é que está falando comigo agora?
      Rapaz: eles consertaram não faz nem meia hora.
      Garota: e, como resolveram o problema do carro?
      Rapaz: a minha amiga fez uma ‘chupeta’.
      Garota: O quê?!?!?!
      Rapaz: calma, amor….é um modo de vc ligar uma bateria na outra com cabos, para dar carga.
      Garota: ah….tá……
      Rapaz: puxa, amor….tô pensando aqui: vc parece não confiar em mim.
      Garota: não é isso meu docinho…
      Rapaz: é sim. Aliás, isso me ofende e muito.
      Garota: mas…mas…..é que eu pensei que…
      Rapaz: eu sei o que vc pensou, e é isso que me aborrece. Relacionamentos são baseados em confiança.
      Garota (quase chorando): eu sei.
      Rapaz (com ar de bravo): sabe, mas continua agindo assim. Aliás, acho que não vale a pena continuar um relacionamento nestes termos.
      Garota (já chorando): me desculpe….
      Rapaz (com ar entre ofendido e compadecido): também não precisa ficar assim. Promete que não fará isso novamente?
      Garota (enxugando as lábrimas): prometo….(snif, snif)
      :P

      ===== Desculpas esfarrapadas é o que não faltarão ====
      ____________
      Abraços!
      Palavras Sussurradas

      • albertofilho

        Puxa vida!
        Parabéns pela criatividade!!

        Nada hipotético, o pior é que isso acontece na realidade! Tem gente que consegue virar a mesa jogando com emocional do outro. Resumo do acontecido com um amigo meu, uns anos atrás:

        Os dois dentro do carro dele…
        Namorada: Você tá me traindo?
        Ele: Claro que não amor!
        Namorada: Fala a verdade…
        Ele: NÃO ESTOU, JÁ DISSE!
        Nesse momento ela mostra um sabonete de motel (que vacilo) que achou dentro do carro dele…
        Namorada: E o que é isso?
        Ele: Eu, erh… bem. Tá bom! Eu admito… Eu não presto, sou um safado, não sirvo pra nada!! Eu não te mereço MESMO. Você merece um cara melhor do que esse traste que não sabe valorizar a namorada que tem,… blá blá blá…(interrompido por ela com um tom de voz bem suave)
        Namorada: Calma amor, também não é assim… vamos conversar…

        O resto da história é parecido com a sua.

        Acho que a foto do Google com o carro dele na entrada do “estabelecimento” não teria feito muita diferença :D

        • http://palavrassussurradas.net/ Fatima

          Alberto,
          “Acho que a foto do Google com o carro dele na entrada do “estabelecimento” não teria feito muita diferença…’

          Se ela o tivesse pego NO ATO, também não faria muita….
          ____________
          Abraços!
          Palavras Sussurradas

          • albertofilho

            Você acha?!
            Ainda não conheço suficientemente a cabeça das mulheres pra concordar ou discordar dessa afirmação.
            Só quero deixar claro que não concordei com a atitude dele. A educação que tive foi outra…

            Ah, excelente blog! Já foi pros meus favoritos.

          • http://palavrassussurradas.net/ Fatima

            Albertofilho,
            ‘Você acha?!Ainda não conheço suficientemente a cabeça das mulheres pra concordar ou discordar dessa afirmação.’

            Nos casos específicos que vc/eu citamos, bem provável que sim; mas não ousaria usar esta mesmíssima avaliação com todas as mulheres. Ah, obrigada, honey. :)
            ____________
            Abraços!
            Palavras Sussurradas

  • kaqui

    Siga reto até o cara bêbado, após vire à direita.

    —–
    “If we knew what it was we were doing, it would not be called research, would it?”
    – A. Einstein

    • Pollux

      Pois é o serviço perde a utilidade se a referência sai andando ou é recolhida pela polícia, mãe, esposa nervosa…

      ———————————–

      Quem cresceu jogando Adventure no Atari não liga para gráficos.

  • carloshp

    Falando emGoogle invadindo privacidade


    Tecnologia deve ser o meio, não o fim.