Firefox Download Day

Meu avô um dia me ensinou que existem três coisas que não se discute: futebol, religião e informática. Essa última, então… qualquer conversa de boteco se transforma em briga de faca se houver um usuário da comunidade GNU/Linux®, um MCSA e uma fruta, digo, um usuário Macintosh no grupo.

Vejam, por exemplo, o email que recebemos:

 

Subject: [sugestão] Leiam, por favor: Firefox 3

Pessoal do Meiobit, este é o último final de semana do Download Day no Firefox, e o Brasil está quase em 2o lugar.. A blogosfera ajudou bastante, menos o meiobit. Já tentei fazer contato várias (*várias*) vezes desde que a campanha começou, e ninguém nem ao menos me respondeu.

Pq vcs não fazem nesse final de semana um post sobre o Download Day? não precisa ser grande nem nada, só um ou dois parágrafos falando, e talvez com o simbolozinho da campanha..  Terça feira a partir das 4pm vai ser o lançamento do Firefox3 e o começo do download day, então é a última chance de chamar a atenção de mais brasileiros pro Firefox 3.

Por favor, alguém pelo menos leia essa sugestão e me dê alguma resposta.

 

Pronto, artigo escrito. Espero que nosso leitor esteja mais tranquilo agora.

No entanto… cabe aqui uma pequena reflexão.  Na página da campanha, há o slogan “Por uma web melhor”. No sentido de “melhor”, imagino que estejam se referindo a “web standards”, certo? Devíamos baixar o Opera?

Mudando o foco, mas só um pouquinho: hoje é dia da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. Esse é um daqueles raros casos de sucesso do Estado. Depois de instituida, a Campanha reduziu a zero o número de casos, mas não se pode descuidar… ninguém quer ver seu filhote doente, certo? Há poucas horas, pelo rádio, ouvi que apenas 17% do total esperado de crianças já tinham tomado suas gotinhas. Isso é grave. Crítico. E não vi a blogosfera se mobilizando.

Outro caso: o governo quer (e, pelo visto, vai) ressucitar a CPMF. Pagamos poucos impostos… o País é um exemplo de retidão no que diz respeito ao uso do dinheiro público… nós temos que pagar mais, não é mesmo? Não? Puxa… não vi a blogosfera se mobilizando contra isso.

Precisamos rever nossas prioridades. Ou ficaremos eternamente de chapéu na mão, felizes por chegarmos ao segundo lugar de qualquer coisa.

[Este artigo não reflete, necessariamente, a opinião de todos os editores.]

Autor: Marcellus Pereira

Compartilhar
  • Realmente sobre rever as prioridades é verdade. Tem tanta coisa melhor para se fazer campanha no mundo. Mas o povo só se preocupa mesmo quando bloqueiam o Youtube ou jogam o filho de alguém pela janela.

    ———-
    Ricardo Serathiuk

  • Ioca100

    Já peguei um tempo em que o Estado brasileiro funcionava bem na educação,saúde, segurança,mas,depois da Revolução,nessa nova democracia, infelizmente não acredito que isso vá melhorar, tomara que sim.

    • DSousa

      Tem certeza que era Brasil mesmo?

      Acho que você tava na Suécia e não notou.

      • Caravana

        Na minha época os preços eram baixos, os políticos eram honestos e as crianças respeitavam os pais…

        • Esqueceu de dizer que o Papai Noel e o Coelhinho da Páscoa vinham todo ano.

      • Ioca100

        Era em Pindorama mesmo, já sou cascudo,rsrs.Acho que vou fazer uma camiseta com os dizeres”Eu estive lá”
        Naquela época, estudar no Pedro II e outros colégios estaduais tinha que fazer um tipo de vestibular,isto por ser um ensino de qualidade.O INSS funcionava legal, ia com meu falecido pai , era como um plano de saúde de hoje.Isso tudo foi nas décadas de 60/70.Era mais tranquilo viver no Rio.

        • Humm… décadas de 60/70 uma maravilha? Está confirmado: Classe média e parente de militar. Viver no Rio de hoje comparado àquela época era bem diferente mesmo.

    • Você é filho de militar? Talvez pense que era assim na época da “grande revolução democrática de 64”.

      Ou essa época foi antes de 1500. 😉

    • Revolução ??

      que revolução ? ta falando dos caras pintadas em 92 ou das diretas já em ??

      Porque fora isso, so aquelas lá anteriores à primeira guerra mundial…

      —————————————————
      Chuck Noris não é de nada, viva o Capitão Nascimento.

      http://papodeesquina.wordpress.com

      • Acho que ele falou da grande revolução democrática de 64. Sim, aprendi isso na escola (OSPB) e tive amigos que foram torturados na época. Ele citou as décadas de 60/70 como mais tranqüilo viver no Rio.

        • Ioca100

          É isso aí Salsinha, naquela época estudei até concluir um curso universitário, os comunistas eram presos e,hoje estão todos aí no governo e os terroristas e/ou perseguidos estão ganhando milhões com as indenizações(bolsa ditadura),vide Ziraldo etc.

          • E outros simplesmente desapareceram. 🙁

          • Pessoa

            Deixe-me ver: cerceamento dos direitos civis, bi-partidarismo, dissolução do congresso, perseguição a oposição, isso tudo no Brasil da época da “Revolução Democrática”. Me parece muito com o comunismo de Stallin ou com o macartismo americano.

            Ditadura e tirania são iguais, seja lá qual for o regime político em que ela se apoie.


            “A imaginação é mais importante que o conhecimento.” — Albert Einstein

          • hamacker

            [quote=Pessoa]Ditadura e tirania são iguais, seja lá qual for o regime político em que ela se apoie.[/quote]

            Na realidade são diferentes, numa ditadura pode haver um governante benevolente ou tirano. Tirano é tirano em qualquer regime.


            Firefox Download Day, participe :
            http://www.spreadfirefox.com/pt-BR/worldrecord/webrecords

          • Pessoa

            Em que sentido você fala de benevolência? Se é uma ditadura então não existe liberdade política e consequentemente a liberdade civil é limitada. Ele pode ser menos cruel que os ditadores argentinos e chilenos, mas continuam sendo ditador e eu não o chamaria de benevolente (pelo menos de acordo com o meu conceito de benevolência, o que torna a coisa subjetiva).

            E de acordo com a minha afirmação, ditadura e tiranos são iguais em qualquer regime político e isso se encaixa com a sua afirmação do mesmo jeito (apesar de discordar dela em parte). Ditadura é uma ditadura, independente de seu ditador ser “benevolente” ou não.


            “A imaginação é mais importante que o conhecimento.” — Albert Einstein

          • e em qual ditadura você viu um governante benevolente?! me conta aí. ou ficou só na teoria mesmo?

            Gustavo Bruno
            http://salada-virtual.blogspot.com

          • hamacker

            Vá pesquisar.
            Em todas as culturas houve sempre àqueles que tiveram apoio popular por ser considerado benevolente, isto é, governar para o povo. Isto não significa que era benevolente para os demais, no Japão imperialista o governante era como um Deus, mas governava a mãos de ferro. Na cultura judaica e bíblica houve também outros.

            Até Hitler foi considerado benevolente, afinal soergueu uma falida Alemanha, deu emprego, construiu casas/estradas, avançou tecnologicamente /militarmente e dentre seu apoio popular, incluia a Igreja. Na *minha opinião* Hitler e o silêncio da igreja maculou de forma irremediável a imagem da igreja católica.

            Um governo ditador, isto é, com poder total sempre houve e existiu bons e maus. A história mostra que nenhum tipo de governo é melhor que outro, na democracia não se elege pessoas “iluminadas”, mas há possibilidade de retira-las do poder democraticamente. Infelizmente as palavras de Bernard Law Montgomery são verazes :

            Nenhum líder, por maior que seja, pode prosseguir por muito tempo, a não ser que conquiste vitórias. A batalha decide tudo.


            Firefox Download Day, participe :
            http://www.spreadfirefox.com/pt-BR/worldrecord/webrecords

          • Pessoa

            Por isso que disse e repito, chamar um governante ditador de benevolente é uma questão muito subjetiva. Nossa ditadura foi muito benevolente para a classe média, mas o povo não teve muito o que comemorar depois que o “milagre” passou e o rombo ficou exposto.

            Eu posso chamar de benevolente e você pode não concordar, como posso tomar uma opnião subjetiva para analisar se um governante é benevolente?

            Mas isso não é conversa para ser tomada aqui, quem sabe marcamos uma hora para tomar uma breja ;).


            “A imaginação é mais importante que o conhecimento.” — Albert Einstein

  • pode não ser de todos, mas reflete a minha opinião.
    e outra coisa: e daí que somos o segundo? o primeiro lugar ganha algo? e o segundo? e o mais importa: o que isso vai mudar?
    ridicula essa atitude de querer ser algo em primeiro, sendo qeu no que deveria se importar, que é a nossa vida, deixemos pra ultimo plano.

    ______________________________________________________________
    http://f4lh4critic4.wordpress.com/ blee….og

  • EuTambem

    Excelente este post, Marcellus.

    Ainda que eu tenha a certeza que a grande maioria aqui não são simplesmente nerds que só se precocupam com a compra do próximo gadget ou algo do gênero, de vez em quando é bom postar algo externo ao cybermundo e puxar mais pela nossa consciência cidadã.

  • tripodi

    O download day é mais pelo record do Guiness, que vai gerar publicidade.

    Quem gosta e usa o Firefox, vai baixar de qualquer jeito. E eu uso.

    Duvido que o download day seja um grande sucesso, com tanta gente tentando baixar em um só dia. Quem não conseguir e não for um geek, vai deixar pra outro dia.

    Qual será a verdadeira inspiração, freetards achando que vão mudar ou busca de financiamento para o projeto?

  • tcerealk

    Já que você tocou no assunto da CPMF, o retorno, tentei mandar vários e-mails para um dos senadores do meu estador (o Mão Santa – PMB/PI) e todos retornaram, será que as caixas de e-mails lotaram?????

  • Concordo com tudo que você disse, mas tenho que confessar que até eu ler essa mensagem eu também estava mais empolgado com Download Day do Firefox do que com esses assuntos, mas depois dessa, vou rever o que realmente é importante.

  • Sebastiao coelho

    Está certíssimo. temos que ter prioridades, mas há um detalhe. O meiobit é um site de tecnologia. Falar sobre a vacinação ou sobre impostos não é prioridade do site. sobre o lançamento do firefox 3 é uma delas.

    Mas isso não muda o fato de que o e-mail “protesto” foi pretencioso em supor que o meio-bit não ia divulgar o donwload day do FF. Há tempos que o site divulga os lançamentos de alphas e betas do navegador. e eu só estava esperando vocês como cobai…ops, analistas pra baixar o meu.

    Pelo firefox day eu baixo. mas só instalo depois.

  • robson_franca

    Devíamos baixar o Opera?

    Acho que todo download é válido, mas não sei se o Opera é tão Web Standards assim. E quem liga, by the way?

    Mudando o foco, mas só um pouquinho: hoje é dia da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. Esse é um daqueles raros casos de sucesso do Estado. Depois de instituida, a Campanha reduziu a zero o número de casos, mas não se pode descuidar… ninguém quer ver seu filhote doente, certo? Há poucas horas, pelo rádio, ouvi que apenas 17% do total esperado de crianças já tinham tomado suas gotinhas. Isso é grave. Crítico. E não vi a blogosfera se mobilizando.

    Realmente isso é importante. Mas caímos em um paradoxo. Se você está lendo um blog (e o meiobit é um blog, de uma certa forma) vc. não está falando com pessoas comuns (porque normais somos todos, certo? 😉 ), e não está contribuindo com essa campanha. Poderia discutir a questão da poliomielite, mas acho que este blog é sobre tecnologia, certo? Ditto para a CPMF, digo, CSS. Prefiro pagar 0,1% sobre transações financeiras tendo a certeza que um monte de filhos da p%$%$$# ricos que sonegam imposto até morrer também estão pagando do que pagar os outros impostos feito cordeirinho. Mas, novamente, este blog é sobre tecnologia, certo?

    Precisamos rever nossas prioridades. Ou ficaremos eternamente de chapéu na mão, felizes por chegarmos ao segundo lugar de qualquer coisa.
    Eu não ligo de ser primeiro, segundo, whatever. Mas concordo no que diz respeito às prioridades. O site de vocês, por exemplo, não vai ser mais a minha prioridade em relação à tecnologia. Irei consultar outros. Afinal, se o Firefox 3 não é prioridade em um blog de tecnologia, que sucinta as questões da vacinação contra a polio (importante) e a CPMF/CSS (também importante), o que vai ser então?

    Sei que essa é a opinião do Marcellus (que respeito, obviamente), mas queria ouvir, se possível, os demais autores…

    Falando do email que você recebeu, acho que o foco deveria ser outro por parte da pessoa (anônima?) que falou do Firefox Day. O objetivo é dar mais notoriedade ao projeto, tentando quebrar um recorde do Guinness Book. Se a idéia é boa ou não, não sei dizer, mas acho mais importante divulgar a idéia e ver o que acontece do que ficar flamando e elogiando o hyped Opera (não que o Firefox também não seja, diga-se).

    Abraços

    • kotter

      concordo plenamente.

      muitos vão aplaudir o post do marcellus, mas apenas porque adoram apoiar qualquer pseudo-manifestação de revolta, sem ao menos analisar a situação.

      considerando o meio-bit um blog de tecnologia conceituado, e considerando o firefox um dos principais navegadores do mundo, essa notícia merecia ao menos ser citada.

      tá certo que é engraçado o e-mail do cidadão desesperado pelo download day, mas acho que o marcellus pegou pesado demais. esse é o tipo de abordagem que não precisava aparecer no meio-bit.

      • DSousa

        Eu também pensei o mesmo quando li.

        Tem tanta notícia aleatória por aqui. Divulgar o Download Day num blog de tecnologia é quase tão obrigatório quanto divulgar a votação da CSS na sessão de Política de qualquer jornal.

        No pouco tempo como usuário do Meio Bit acho que os posts do Marcellus superam o nível médio de bom senso dos posts, mas agora ele pisou na bola.

        Aliás, por falar em CSS, a nova CPMF, a cobrança é de 0.1% enquanto a original era de 0.38%, mas a Globo esqueceu de mencionar esse detalhe (mencionou uma vez, depois nunca mais – amnésia?). Além disso, existe uma isenção para renda de até 3 mil e poucos reais. Esse é um dos poucos impostos que todos pagam e que não dá pra sonegar. Nunca é demais lembrar que dessa vez os 11 bi (contra 40 bi da CPMF) iriam integralmente pra saúde pública, ao contrário da CPMF, que foi criada com essa promessa, mas não aumentou em 1 centavo o orçamento da saúde. Mas o William Bonner tem plano de saúde, então você não verá essas observações no Jornal Nacional.

        • Marcellus Pereira

          Não se pode agradar a todos, todos os dias. 😉

        • awregan

          Esse post merecia um tópico…

        • Ioca100

          0,1 % = 0,10%,cara, eles dizem isso só para enganar, fazem a lei carimbando o dinheiro,mas logo após, fazem alteração,aí já era.Seria ótimo se fosse verdade!

          • DSousa

            Se for aumentar, é preciso uma nova votação no Congresso.

          • Wallacy

            Ainda assim 0,10 < 0,38!

        • A isenção para os que ganham até 3.000 é parcial pois a CSS incidirá em cascata nos custos de produção, e isso acabaremos apagando de qualquer forma.

          A CSS irá integralmente para a saúde, mas não aumentará necessariamente o orçamento da saúde pois ela fará parte das receitas que compõe o valor total do orçamento para a saúde e não será um valor “a mais”.

          Nenhum (ou poucos) lugares do mundo tem impostos estúpidos que incidem em cascata. A maioria dos países tributa apenas na ponta do consumo, ou , tributa a renda.

          É fácil apoiar um imposto demagógico como a CSS quando não se tem noção de como são feitos os cálculos de custo de produtos ou serviços.

          Cassio R Eskelsen

          • Pior do que a CSS (qualquer webdesigner que não achar bizarro escrever esta sigla nestas condições, que levante a mão), é a cara de pau do governo Lula de ignorar que o congresso e o senado existem e submeterem para aprovação um imposto que foi derrubado recentemente.

            Bem capaz de que se esta CSS não passar no senado, eles instituem via MP. Feito isso, me respondam: Pra que que eu saio num domingo da minha casa, me desloco 2km, vou até o local de votação e escolho deputado e senador, se pra todos os efeitos eles não tem poder algum?

            Vai nessa que a ditadura acabou. Temos um monarca no Brasil.

          • DSousa

            Não funciona bem assim.

            Na hipótese de a CSS ser derrubada, eles não podem tentar criá-la via MP nesse ano.

            E ainda que fosse criada via MP teria que ser votada pelo congresso. Não imediatamente, mas teria. Pra um imposto que eles esperam cobrar por muitos anos, não adianta criar via MP, uma vez que em alguns meses ela será votada e provavelmente rejeitada pelo congresso.

            Os últimos governos (FHC e Lula) têm usado excessivamente de MPs por uma razão obvia: a velocidade do Congresso Nacional.

          • Eu não sei a brecha que usarão, mas apostaria um rizoles e um copo de ki suco que arrumarão uma para criar o imposto.

          • hamacker

            [quote=Fabião]Bem capaz de que se esta CSS não passar no senado, eles instituem via MP. Feito isso, me respondam: Pra que que eu saio num domingo da minha casa, me desloco 2km, vou até o local de votação e escolho deputado e senador, se pra todos os efeitos eles não tem poder algum?[/quote]

            É uma boa pergunta.

            Mas tenho outra : Porque insistem de chamar de “Contribuição” aquilo que verdadeiramente é “Imposto”. Se é obrigatório então é “imposto” não é contribuição.

            Se estamos num regime democrático porque então o voto é obrigatório ? Se o Fabio não quer votar porque ele é obrigado ir até a cabine para manifestar um voto-nulo que é secreto ?

            No fundo, no fundo, estamos experimentando realmente um monarca no poder que assim como nosso ultimo monarca tinha de vender títulos nobres como troca de favores nosso congresso também é comprado com o toma-lá-dá-cá.


            Firefox Download Day, participe :
            http://www.spreadfirefox.com/pt-BR/worldrecord/webrecords

          • DSousa

            As MPs também têm que ser aprovadas pelo congresso (acho que no máximo 3 meses depois de serem editadas).

            A julgar pela velocidade do Congresso, se o Governo for depender deles pra qualquer medida, cada uma vai demorar pelo menos 2 anos pra entrar em vigor.

            Por isso o uso de medidas provisórias, que, mais uma vez, também são votadas pelo congresso.

            Quando nossos deputados e senadores passarem a trabalhar além de 3 dias por semana, deixarem de ter liberdade total pra faltar às sessões sem justificativa comprovada, deixerem de ter imensos recessos parlamentares, trabalharem durante as eleições e deixarem de votar apenas baseado no interesse político-partidário da sua sigla, então as medidas provisórias serão desnecessárias.

          • Tá vendo o problema?

            Não existe um “se o governo for depender do congresso”. Um governo democrático DEPENDE do congresso.

            Se o congresso é corrupto, lerdo, ineficiente, seja lá o que for, que se mude o congresso, não passe por cima dele.

            A maneira que o governo FHC editava MP’s era de dar raiva. Votei no Lula porque era de esquerda e a tendência era mudar isso. Aí o Lula faz a mesma coisa. Bem, se o governo prefere passar pelo congresso para “ganhar tempo”, então pior ainda: Estou votando e elegendo um congresso que, além de não prestar pra nada, só atrapalha ???

          • tomboderider

            Agora vc entende q numa democracia o presidente não manda em nada. 😉

            http://www.g1.com.br/tecnologia

          • DSousa

            [quote]É fácil apoiar um imposto demagógico como a CSS quando não se tem noção de como são feitos os cálculos de custo de produtos ou serviços.[/quote]
            Sou estudante de economia da UFMG. Sei muito bem como são calculados impostos. Obrigado pelo elogio!

            Basicamente, 90% do que você falou está errado, mas não vou atacar sua capacidade de entender o problema, pode ficar traquilo. Respeito a sua opinião.

          • Acho que a UFMG não ensina interpretação de textos, pois não falei cálculo de imposto e sim cálculo de custos de produtos.

            Eu sei que normalmente economista está mais preocupado com “indicadores” e “indíces” que estão diretamente relacionados com investimento em bolsa e não raro despluga-se do que acontece no dia a dia das empresas, por isso também te perdôo caso você ache que a CSS não entra no cálculo do custo de produtos e serviços e com isso acaba incidindo em cascata.

            Que países além do Brasil tem impostos significativos que incidem em cascata? Estou falando de países com economias decentes, por favor, não cite Venezuela ou Zimbábue. Que países que tem impostos como a COFINS e o IPI que incidem em cascata?

            Com relação a CSS, não tenho nenhuma fonte aqui pois vi isso em algum programa de economia da Globonews, mas realmente, existe uma pegadinha na lei que cria a CSS que faz com que ela entre no cômputo geral do orçamento do Ministério da Saúde e não entrará como plus.

            Ah, fui Contador por muito tempo. Além disso já fiz cálculo de custos usando metodologias RKW, ABC e UEP. Não estou falando por falar.

            Cassio R Eskelsen

          • DSousa

            [quote]Acho que a UFMG não ensina interpretação de textos, pois não falei cálculo de imposto e sim cálculo de custos de produtos.[/quote]
            Uma coisa não está diretamente ligada à outra? Aliás estudamos também custos de produtos desde o primeiro período.

            [quote]Eu sei que normalmente economista está mais preocupado com “indicadores” e “indíces” que estão diretamente relacionados com investimento em bolsa e não raro despluga-se do que acontece no dia a dia das empresas, por isso também te perdôo caso você ache que a CSS não entra no cálculo do custo de produtos e serviços e com isso acaba incidindo em cascata.[/quote]
            Esses são os economistas que você vê na Globo News e a julgar por eles, rotulou uma classe de profissionais.

            Pessoa física também realiza operações financeiras. E POUQUÍSSIMOS ricos pagam imposto no Brasil. Um imposto que não pode ser sonegado e que pesa sobre todos, mas principalmente os que têm maior poder aquisitivo é diferente de todos os outros impostos aos quais estamos acostumados.

            Impostos sobre operações finaceiras pesam muito menos sobre os custos de produção do que quase todos os outros tipos de impostos.

            [quote]Que países além do Brasil tem impostos significativos que incidem em cascata? Estou falando de países com economias decentes, por favor, não cite Venezuela ou Zimbábue. Que países que tem impostos como a COFINS e o IPI que incidem em cascata?[/quote]
            Isso não é uma proposta de reforma tributária. É uma proposta de criação de uma única contribuição. O resta fica como está. O sistema de tributação no Brasil é uma zona mesmo, mas até que se faça uma reforma geral, nada muda. Esse imposto não melhora nem piora essa situação. Existe uma proposta de reforma no congresso com predomínio de impostos sobre o consumo.

            [quote]Ah, fui Contador por muito tempo. Além disso já fiz cálculo de custos usando metodologias RKW, ABC e UEP. Não estou falando por falar.[/quote]
            Eu nunca disse que estava. Fui você que usou a famosa tática de desqualificar o interlocutor.

          • [quote=DSousa][quote]Acho que a UFMG não ensina interpretação de textos, pois não falei cálculo de imposto e sim cálculo de custos de produtos.[/quote]
            Uma coisa não está diretamente ligada à outra? Aliás estudamos também custos de produtos desde o primeiro período.[/quote]

            Está ligada, mas não é a mesma coisa.

            [quote]
            Pessoa física também realiza operações financeiras. E POUQUÍSSIMOS ricos pagam imposto no Brasil. Um imposto que não pode ser sonegado e que pesa sobre todos, mas principalmente os que têm maior poder aquisitivo é diferente de todos os outros impostos aos quais estamos acostumados.
            [/quote]

            CSS incide proporcionalmente igual para todos. O percentual é o mesmo. “Rico” pagará mais pq ganha mais.

            [quote]
            Impostos sobre operações finaceiras pesam muito menos sobre os custos de produção do que quase todos os outros tipos de impostos.
            [/quote]

            Mas isso não desqualifica o fato de que pesa.

            [quote]
            Isso não é uma proposta de reforma tributária. É uma proposta de criação de uma única contribuição. O resta fica como está. O sistema de tributação no Brasil é uma zona mesmo, mas até que se faça uma reforma geral, nada muda. Esse imposto não melhora nem piora essa situação. Existe uma proposta de reforma no congresso com predomínio de impostos sobre o consumo.

            [/quote]

            Novamente, não falei que é uma proposta de reforma. Detalhei meu primeiro post no 2o. pois vc falou que 90% do que eu disse não é verdade.

            Cassio R Eskelsen

          • DSousa

            [quote]CSS incide proporcionalmente igual para todos. O percentual é o mesmo. “Rico” pagará mais pq ganha mais.[/quote]
            Ao contrário do IR que rico raramente paga. Fora que nesse caso, existe uma isenção pra renda muito maior que no caso do IR.

            [quote]Mas isso não desqualifica o fato de que pesa.[/quote]
            Se pesa menos, então seu argumento de que todos pagaremos por incidirem em cascata sobre os custos de produção perde bastante força não? Sobretudo quando falamos de uma taxação de 0,1. E impostos como esse devem ser privilegiados sobre os outros.

            [quote]Novamente, não falei que é uma proposta de reforma. Detalhei meu primeiro post no 2o. pois vc falou que 90% do que eu disse não é verdade.[/quote]
            Você disse “Que países além do Brasil tem impostos significativos que incidem em cascata?”. Mas a CSS é só parte desse sistema. Criar ou não a CSS não altera em nada esse sistema. Só uma reforma tributária o faria.

        • hamacker

          DSouza, a CPMF também começou com 0,1%.
          Quando disseram que a CPMF iria para saúde muita gente concordou, mas o que se esperava era que o governo usasse a CPMF como um complemento, mas o que fez foi reduzir o investimento na saúde e a CPMF que era um complemento foi apenas um tapa-buraco para manter na mesma proporção que antes.

          Já ouviu o ditado de que “gato escaldado tem medo d’agua ?”, pois é, hoje o imposto é cheio das boas intenções, mas no final vai arrancar o seu couro e pessoas simples (que intencionalmente seriam isentos da nova CPMF) continuarão sem hospital.

          Os impostos não são usados pro-ativamente, só são usados na época de campanha eleitoral. Poucas cidades da grande sao paulo tem ruas que não tem buracos coomo em alfavile e granja viana, o resto é uma buraqueira total. É esquisito que se o impostos sempre usam como justificativa os pobres, mas a aplicação é justamente para os já ricos.

          Se esse imposto passar, é indignação geral.

          Quanto ao firefox’s day, é uma campanha de marketing. Muito bem bolada na minha opinião. Mas ao mesmo tempo perigosa, será um marketing ao contrário se o objetivo não for alcançado.


          Firefox Download Day, participe :
          http://www.spreadfirefox.com/pt-BR/worldrecord/webrecords

          “Não é triste mudar de idéia. Triste é não ter idéia para mudar” –Barão de Itararé

          • DSousa

            [quote]Quando disseram que a CPMF iria para saúde muita gente concordou, mas o que se esperava era que o governo usasse a CPMF como um complemento, mas o que fez foi reduzir o investimento na saúde e a CPMF que era um complemento foi apenas um tapa-buraco para manter na mesma proporção que antes.[/quote]
            Foi o que eu disse.

            Na época os 16 bi foram pra saúde e quantia igual foi retirada do orçamento da saúde, deixando este inalterado.

            Nesse caso o plano era investir os 11 bi adicionais no orçamento da saúde.

            A emenda 29 prevê aumento do orçamento da saúde. E pra cobrir esse aumento, cria a CSS. Leia isso: http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u411361.shtml

            Entendeu? O texto que prevê o aumento do orçamento e o que propõe a criação do imposto é um só. No congresso, eles aprovaram o texto, mas a criação do imposto foi retirada e está sendo votada separadamente.

            Como a irresponsabilidade é quase inerente aos nosso parlamentares, eles não ligam de criar uma despesa adicional sem indicar uma fonte de recursos.

    • Marcellus Pereira

      Não sabe? Bem, há uma notícia aqui sobre isso.

      Não há paradoxo algum. Relendo o texto você verá que a crítica é para a “mobilizadação da blogosfera”. A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a CPMF serviram de exemplo. Só isso.

      Bem, foi um prazer tê-lo como leitor. No entanto, o FF sempre esteve na pauta e, se há alguma notícia que deixamos passar… sempre existe o Fórum. No entanto, noticiar algo que já foi amplamente divulgado por grande parte dos sites nacionais, mas que não agrega nada ao leitor (afinal, baixar o FF hoje, amanhã ou semana que vem, tanto faz. O que o leitor ganha com a campanha? Terá o nome divulgado no Guinness?).

      Já discutimos aqui (e mais de uma vez) as qualidades e defeitos do FF, do Opera, do IE… isso é relevante para o leitor. Agora, noticiar algo que já é público e notório mas que não agregará nada (ao leitor)?

      O elogio ao Opera partiu da própria página da campanha, ora bolas. Afinal, ele é muito mais compatível com os testes que andam fazendo por aí (vide link acima). Não que isso importe muito para a maioria que usa o IE.

      • DSousa

        Dando olhada apenas na primeira página (pra não ir ainda mais longe) do Meio Bit você verá notícias sobre o “Skynet” e quatro macacos que entraram por MySpace. Portanto, argumento do “agregar ao leitor” não é dos mais convincentes. 🙂

        Por mais que você possa não gostar da estratégia da Mozilla, ainda sim será uma notícia importante envolvendo o segundo navegador mais usado no mundo.

        Não precisa participar da campanha, só informar que ela existe.

        • Marcellus Pereira

          E quer notícia mais importante que saber que o fim está próximo? Há gente que fatura milhões com o marketing disso.

          Quanto à estratégia da Mozilla, talvez seja sim bem eficaz. Seguindo a máxima da comunidade, qualquer usuário pode falar sobre ela no forum (e olha que ainda sai na primeira página do Meio Bit). 🙂

          • Faltou na “notícia” o link para o “site do evento”:
            http://www.spreadfirefox.com/pt-BR/worldrecord

            Acho que por ser um blog as pessoas devem pegar mais leve ao exigir abrangência jornalística e na imparcialidade dos autores. Procurem profissionalismo em outro lugar pessoal… De qualquer forma, pegou mal o apelo político (típico caso de sentimentos de torcedor influenciando inconscientemente a racionalização dos argumentos).

            Só uma observação. Quem disse que o único argumento para o firefox melhorar a web é por procurar usar padrões web? E quem disse que isso é suficiente? Abraço!

          • carloshp

            Isso é bem verdade quando se fala de um blog pessoal. Mas com a abrangência de publico e o tamanho da equipe que atualmente escreve para o MeioBit, essa “licença” me parece que deixa de ser adequada. Ou não. Sei lá, acho que só esse aspecto já seria um tema importante a ser discutido: até que ponto um blog com uma equipe maior (e melhor qualificada, sem puxa-saquismos aqui, é fato que não cabe contestar) do que alguns jornais possuem para tratar assuntos de TI pode se dar ao luxo de ser parcial, de falar mais (ou menos, ou melhor, ou pior) de A do que de B, apenas porque “é minha opinião”, ou “eu gosto” ou “eu não gosto” ?


            Tecnologia deve ser o meio, não o fim.

    • fmpfmp
      • carloshp

        Concordo 100% com você… 😀


        Tecnologia deve ser o meio, não o fim.

  • newtoncw

    eu vi boleras de anuncios sobre o download day, mas nenhum me convenceu a aderir
    eu ja uso o FF a um bom tempo, eh melhor do q o IE pelos plugins e talz, mas peca muito no uso de memória, e hoje eu baixei o beta 5 do FF3 e nao notei diferenca nenhuma no gerenciamento de memoria (usou ate mais memoria q o FF2, mas eu tb nao fiquei testando a risca).
    Enfim, vou baixar a versao final quando der vontade.
    E quanto ao q o Marcellus colocou no post, ta apoiado, tem muito mais coisa pra se preocupar do q ficar em segundo lugar em numero de downloads.

    • Que crueldade esse post! Usando a conjuntura brasileira lamentável – obviamente inquestionável – pra desvirtuar assuntos (também de interesse governamental) como o software livre. Afinal, o MeioBit é contra o Firefox e a favor dos SP do Windows? Não veria problema nisso desde que admitido. O e-mail do leitor é ingênuo, sim, mas não parece ser papel do MeioBit lutar pela saúde no Brasil, então porque essa bandeira é levantada agora acusando toda a blogosfera de não fazer o mesmo?

      http://vinicius.soylocoporti.org.br

      • Marcellus Pereira

        Tá meio tarde para a revolta, Flipper.

        • Pra dar uma resposta decente também, pelo jeito.

  • Seria uma boa haver um meiobit politica. ja teria um leitor.

    • DSousa

      Não, por favor! 🙂

    • Marcellus Pereira

      Vamos registrar o Meio Voto. Boa idéia, essa…

    • T-WIN

      [quote=catzurrul]Seria uma boa haver um meiobit politica. ja teria um leitor.[/quote]
      Bom já seriam dois leitores então. 😀

  • mau.dias

    a CSS não vai sair, não vai ser aprovada no senado.. quase metade dos votos já é contra e tem uma penca de indecisos… mais um ou dois e não sai..

    o governo vai tomar um tufo tão violento quanto o que tomou quando acabaram com a CPMF

    —————————————–

    mas tudo que eu disse pode estar errado..

    #MeioBit @ irc.StarByte.net

    • renanfernandes

      Espero realmente que você esteja certo.
      Porém se tem uma coisa que eu aprendi nesses 23 anos de vida é que não dá para ter certeza de nada na politica.
      Hoje a CSS não iria sair mesmo, concordo. Mas nada que meia duzia de cargos e umas promessas por parte do governo não resolva

    • tcerealk

      Agora ela não sai porque estamos em ano de eleições regionais, e nenhum político que apoiar algo impopular, por isso o governo deixará para votar no senado a CSS depois das eleições e aí pode ser que o quadro mude.

  • Eu não achei o post ruim, mesmo porque já li várias vezes em muitos blogs sobre o Download Day.
    Mas para mim, o MeioBit é um blog sobre tecnologia, e quando o acesso não o faço pra levar lição de moral. Foi a impressão que tive ao ler:
    “Precisamos rever nossas prioridades. Ou ficaremos eternamente de chapéu na mão, felizes por chegarmos ao segundo lugar de qualquer coisa.”
    De qualquer forma, me foi válido pela reflexão.

    _______
    AYBABTU

  • mig_akira

    A questão é que lutar pela vacinação infantil ou contra a CPMF ou qualquer outra coisa realmente boa pra nação não é tão simples quanto dar um clique em um link e se sentir bem pela boa ação realizada!

  • Alca Vicius

    Apostava um floppy que esse post teve contribuição ou revisão do Cardoso.

    Bom, foi uma sugestão, e a sugestão foi acatada. E de quebra alfinetadas sobre CPMF e o Zé Gotinha.

    Tudo bem que não falaram sobre as camadas da Blogosfera ou que animais curiosos e pokemônicos vivem nela, mas não preciso saber disso portanto… improdutivo, fim de assunto pra mim.

    “Blog de Tecnologia”, “Lição de Moral”… na minha opinião, há duas pessoas que devem conversar a sós sobre o assunto como “dois adultos**” *em vez de ficarem de mal porque o outro é chato, feio e bobo.

    * Aspas porque quase sempre achei a expressão “como adulto” uma piada. Poucos casos se salvam.

    ** Engraçado como a gente quando criança/pré-adolescente ouve tanto “para de ser criança”, “age feito gente”, “age feito adulto”, e quando finalmente chegamos à idade de beber, dirigir, ler revista educativa e ir em motel, é justamente a idade que “agir de forma adulta” começa a ser irrelevante.

    Ou, como dizia Veríssimo, estou andando com os amigos errados.

  • [quote]A blogosfera ajudou bastante, menos o meiobit. Já tentei fazer contato várias (*várias*) vezes desde que a campanha começou, e ninguém nem ao menos me respondeu.[/quote]

    A blogosfera ajudou?

    Todo mundo é pato do Firefox, trabalha de graça pra Mozilla, e o povo ainda reclama que o MeioBit não “ajudou” ?

    Primeiro: Ajudar por que? O MeioBit vai abraçar o Firefox como “navegador do coração”? Ou este mesmo povo que está ai reclamando da não ajuda do MB vai vir aqui também reclamar o dia que houver um “Safari download day”?

    Eu fico feliz de ver apenas notinhas como “Opera 9.5 lançado”. Me avisa e me permite escolher baixar ou não. Iria cair de pau se lesse algo como “Ah, o MeioBit recomenda a todos os seus leitores que baixem o Firefox 3 todo mundo junto pra acabar com os servers da Mozilla! Vamos todos ajudar esta campanha retardada!”

    Tudo bem que reclamem da falta de um tópico (embora ache isso bizonho. Afinal, se você sabe que a campanha existe, pra que iria querer ser informado novamente? Ou o interesse era fazer divulgação da mesma?), mas, reclamar do MB não ter “abraçado a causa” é besteira.

    • taí, acho que alguém mais entendeu o que a parte da reclamação do marcellus queria dizer. (pelo menos do jeito que eu vi)
      não era necessário ficar alarmando sobre o dia qeu o firefox vai ser lançado, mas no dia qeu for lançado provavelmente iria ter no meiobit uma chamada simples: “Firefox 3 lançado”.

      sem contar que já teve 2 topicos sobre isso no fórum, não é algo que parece necessitar de mais divulgação.
      ______________________________________________________________
      http://f4lh4critic4.wordpress.com/ blee….og

      • kotter

        acho que o problema nem é a falta de divulgação da notícia do download day no meiobit (eu juro que nem senti falta).
        o problema foi o teor do post, e os exemplos utilizados. achei totalmente desnecessário.

        mas eu continuo lendo o meio bit com certeza.
        analogias sobre skynet me fizeram assistir terminator (1 e 2) hoje pra relembrar (acho que a ultima vez que eu assisti eu tava no primário) 😀

    • DSousa

      Como eu disse antes, não é preciso abraçar a campanha. Só informar que ela existe, já que é importante e envolve o segundo navegador mais usado no mundo. Afinal de contas, estamos num blog sobre tecnologia que divulga até a entrada de chimpanzés pro MySpace. Eu não questiono a postagem dessas notícias. Humor também atrai mais leitores. Mas é preciso estabelecer prioridades. 😉

      Não é preciso dizer às pessoas pra baixarem, que é um ótimo navegador, que é muito usado, etc, etc, etc… Basta dizer “Mozilla organiza eventos para bater recorde de downloads do Firefox 3”. Esse foi o título da notícia no IDG Now e não significa que eles estejam participando da campanha. Eles são apenas um site de notícias sobre tecnologia que entenderam que essa é uma notícia importante ligada à tecnologia.

      Se o Steve Jobs tivesse torcido o pé ou o Stallman tivesse mudado a marca do papel higiênico pra um papel livre seria notícia aqui sem sombra de dúvida.

  • Rinaldi

    interessante um blog dito de tecnologia não usar de hiperlinks na noticia… tá meio Folha isso, hein???? depois o Cardoso reclama de jornais xD

  • neyfrota

    atualizacao do repositorio conta como download tb? hehehehe!

    http://ney.frota.net

    • Lord Bode

      O meu FF já atualizou

      Image Hosted by ImageShack.us

      me parece mais lento pra carregar as paginas Õo

      Não tens o que fazer?? Assim Oh!

  • Não concordo com o post. Se a blogosfera se mobilizasse para cada questão como essa da CSS e a da vacina chegaríamos a um ponto insustentável. Quantos assuntos polêmicos são votados por ano no congresso? Quantas campanhas de vacinação são lançadas por ano?

    Este é um blog de tecnologia. Eu o acompanho há tempos e sempre vejo vcs falando sobre o FF. Também achei muito estranho não falar sobre o FF Download Day, mas enfim, eles que decidem os assuntos que serão postados aqui, não sei quais são os critérios utilizados. A certeza que eu tenho é que o argumento utilizado pelo autor do post para justificar não me convenceu.

    Abraços a todos,

    IGOR BRITO ALVES
    (Cultura Nerd)

  • Stephen R. Covey no inicio do seu Best seller ,”Os 7 habitos …” fala que existem vario momentos na vida que mudamos nossos paradigmas, e é como se enxergássemos algo novo bem na nossa frente, bom , resumindo, isso acabou de acontecer comigo lendo esse post…

    http://www.heberfa.com.br

    • Você também notou que o Fabião agora é um coelhinho? As coisas estão mudando no MB! (MIB? 8) )

  • Fato curioso, de uma campanha esquisita:

    Os caras procriaram rápido de 2006 pra cá, não?

    • Devido a tal situação constrangedora, estou lançando os cartões virtuais comemorativos da campanha:






      • DSousa

        Pelo que vi na wikipedia e outros sites, ela é composta apenas de uma guarnição militar e uma estação de pesquisa biológica. Não deve nem haver procriação. 😛

        Pra aumentar a população, basta que a Grã Bretanha decida enviar mais gente. Só isso.

        E como é composta apenas de cientistas e militares que devem se conhecer, não é demais imaginar que esse tipo de campanha agregue adeptos com maior facilidade.

        • Claro, claro.

        • hamacker

          É uma campanha por maior numero de downloads, e não uma votação.
          Se eu baixar duas vezes, serão 2 downloads.
          Não tem relação pessoa/download. Mas se quiserem isso é só filtrar os logs por download/ip.


          Firefox Download Day, participe :
          http://www.spreadfirefox.com/pt-BR/worldrecord/webrecords

          • Lord Bode

            Claro e numa rede de 10 computadores (Ex. Lan House pequena) só será vallido um downloads mesmo tendo (estupidamente) baixado 10 vezes?!?!?

            não não, por ip não vale ¬¬

            Não tens o que fazer?? Assim Oh!

          • hamacker

            Voce pode pegar sim o IP da máquina, mesmo por trás dum proxy. da mesma forma que voce pode apanhar a versão do so, navegador e outras coisas relacionados ao ambiente de navegação do navegante.

            Mas o ponto importante que eu disse é que se trata dum download’s day, quantidade de usuários por downloads não será de 1 para 1 nunca. Eu tenho que baixar 2 versões, uma para Windows e outra para Linux e sou apenas 1 pessoa. O inverso também acontece, muita gente vai fazer 1 download e replica-lo para a rede inteira, embora 20 usem, será contado apenas 1 download.

            Esse é o ponto. Não tem nada a ver a relação download vs pessoa, embora com algumas tecnicas possa se chegar a isso conforme relatei no inicio do paragrafo.


            Firefox Download Day, participe :
            http://www.spreadfirefox.com/pt-BR/worldrecord/webrecords

      • Ei! O Leonard Nimoy (Spock) NÃO morreu!

        • Eu também ia comentar isso. Mas acabei voltando atrás porque imaginei que se tratava do Spock e não do Nimoy.

          • Mas o Spock também não morreu! Aliás… morreu, ressucitou, virou embaixador e foi viver infiltrado em Romulus… 🙂

  • Se a blogosfera, umbigosfera, panelosfera ou qualquer outro tipo de fera se mobilizou, a mim não importa.

    O que importa é que minha parte eu fiz:

    http://technodia.blogspot.com/2008/06/cpmf-disfarada-aprovada-na-cmara.html

    {}

    ——————————–
    http://technodia.blogspot.com

  • carloshp

    *clap, clap, clap*

    100% apoiado, Marcellus. Só espero que este bom-senso não se limite ao post para divulgar o Download Day do Firefox; que seja igualmente usado quando alguém sentir vontade de postar sobre a maravilha de design que é o carregador do iPhone, por exemplo. Senão, fica difícil levar a iniciativa a sério.


    Tecnologia deve ser o meio, não o fim.

    • OK, OK, todo mundo já sabe que você não tem um iPhone, por isso ele é chato e bobo…

      • carloshp

        Nada contra o iPhone/iPod/iWhatever, acho legal existirem opções. O problema são os usuários deslumbrados, se achando a última bolachinha do pacote por conta de um gadget que nem é essas coisas todas, técnicamente falando. “Ahhh, mas o design”… 😛


        Tecnologia deve ser o meio, não o fim.

        • Lord Bode

          E não somos? 😕

          Não tens o que fazer?? Assim Oh!

  • Já baixei meu opera 9.5 pro meu pinguim!
    Ate devo usar o FF3 no trampo… mas nada d+…
    com tanta campanha util que se poderia estar fazendo, ajudar a reformar uma escola(nao tenho nada haver com o “amigos da escola” ou algum treco assim que existe por ai) multirão pra arrecadar alimentos e cobertores e por ai vai…

    Já já vai ter freetards mandando email para campanhas do tipo “Vamos baixar a nova versao do XXXXX linux”
    Ou um windowstard fazendo campanha tipo, “vamos migrar para o Windows xxxx” …

    putz m****… a que nivel o ser humano está chegando…
    e ainda dizem que o ser humano é o unico dotado de inteligência… (será mesmo ?)

    —————————————————
    Chuck Noris não é de nada, viva o Capitão Nascimento.

    http://papodeesquina.wordpress.com

    • DSousa

      [quote]com tanta campanha util que se poderia estar fazendo, ajudar a reformar uma escola(nao tenho nada haver com o “amigos da escola” ou algum treco assim que existe por ai) multirão pra arrecadar alimentos e cobertores e por ai vai…[/quote]
      Pra participar da campanha da Mozilla, basta uns cliques de mouse. Ninguém perde tempo com isso de maneira que inviabilize sua participação na reforma da escola.

      Você pode perder uns 30 segundos (e nem 1 centavo) participando dessa campanha e depois participar da campanha de caridade que você quiser.

  • Resumindo, será o Firefox perda-de-tempo Day. Não vou perder meu tempo baixando um projeto de navegador.
    Ainda chegará o dia em que perceberão o que é Oper… ehm.. um browser e o que é um protótipo.

    • DSousa

      [quote]Ainda chegará o dia em que perceberão o que é Oper… ehm.. um browser e o que é um protótipo.[/quote]
      O Opera existe desde 1994.

      14 anos depois ele tem menos de 2% do mercado.

      Dentro de uns 3 ou 4 séculos ele chega na liderança.

      Com as extensões, o Firefox tem TODAS as funções do Opera, mas a recíproca não é verdadeira. E ainda tem milhares de funções pra todas as necessicades que o Opera nunca vai ter.

      • Caravana

        O Opera é o navegador chuchu, não tem nenhum apelo junto ao usuário final. O IE já vem instalado e funciona (tá, essa ficou pra alguém fazer uma piadinha), o Firefox tem as extensões, e até o Safari que não tem nada, por ser extremamente bem acabado tem mais apelo que ele.

        Mesmo assim eles continuam nessa cruzada de achar que o melhor jeito de promover o Opera é falar mal dos outros. Tão indo bem pra caramba, né?

        • MaRKauM

          Tão indo muito bem!
          Adotar a mesma estratégia que funcionou com os freetards é uma ótima idéia! Afinal, todos sabem que 90% dos usuários de pc usam linux e instalaram porque um freetard falou que o windows era uma m…

          Antes de fazer uma pergunta idiota, pesquise!

        • Ioca100

          Vou chamar o amigo Lamarca, um dos mestres do Opera, para a réplica…
          http://my.opera.com/portugues/forums/
          Pelo que sei , os outros browsers sempre copiam as novidades do Opera ,que era mais leve,mais rápido, fontes e visual mais bonitos etc.
          Obs: O Ffox 3 está muito legal,parabéns à Mozilla e seus desenvolvedores.

          • Caravana

            Não precisa chamar ninguém não, eu conheço bem o Opera e não estou falando mal dele, mas de quem acha que está divulgando ele. 🙂

            Por fim, os usuários do Opera adoram dizer que ele inventou coisas que não inventou. Pelo menos é uma estratégia um pouco melhor que falar mal do outro.

  • P****, ultimamente posts polêmicos fazendo chover comentários.
    ________
    http://nodoadouniverso.wordpress.com
    http://cybergalo.wordpress.com

  • Lord Bode

    Agora vem a pergunta

    Qual a semelhança entre o CPMF, o Iphone, Campanhas de caridade do †Player Of Dark†, Opera, anos 60 com o Firefox Download Day??

    pensem nisso

    :sick:

    Não tens o que fazer?? Assim Oh!

    • Paulim

      todos foram mencionados no meio bit??? 😕

      ——
      Vaca amarela, pulou a janela.

  • 1berto

    “Já peguei um tempo em que o Estado brasileiro funcionava bem na educação,saúde, segurança…”
    Bom, para uma minoria pode ser, não tenho notícias de que o estado atendia
    bem uma parcela significativa da população.
    Na educação pex o Brasil gasta 13 vezes mais com cada aluno das
    universidades públicas do que com um aluno do ensino básico, a média
    mundial é de 4 vezes. Na prática a situação é a que temos, universidade
    pública ‘gratuita’ para quem pode pagar um ensino básico descente
    (justamente o oposto do que se consideraria democratização).
    O Estado geralmente tem sucesso em casos em que a eficácia é o foco e não
    a eficiência, pex, mesmo que o custo da vacina seja aumentado em 10 vezes
    pela ineficiência estatal ainda assim vale a pena vacinar as crianças,
    observe que a eficiência brutal da vacina compensa a ineficiência estatal.
    O estado brasileiro na ditadura foi eficaz em algumas áreas, houve grandes obras, Itaipu pex. mas isso não implica em eficiência…
    E essa eficácia sem eficiência foi a mãe da nossa hiperinflação (depois
    trocada por dívida pública e carga tributária absurda nos governos que
    se seguiram).
    Em geral o estado brasileiro (e qualquer outro na verdade) pode ser muito
    eficaz e pouco eficiente, a escolha que os países fazem é justamente esta
    até onde a eficácia é mais importante?

    • Ioca100

      Não sou defensor de estatismo,mas na nossa constituição, está escrito que Educação, Saúde e Segurança são atribuições do Estado ou não?

      • DSousa

        E que há liberdade de expressão e tortura é ilegal.

        A educação pública de qualidade [ou nem tanto] é herança dos governos pré-ditadura. O que os governos militares fizeram foi acabar com o pouco que havia de bom na área social, o que inclui a educação.

        • Ioca100

          DSouza , esquece esse negócio de ditadura,que teve seus prós e contras,estou falando é do presente e do passado recente, em que o país cobra uma das cargas mais altas de imposto no mundo e não cumpre bem os preceitos constitucionais quanto à educação, saúde e segurança.

          • Prós???

            Não entendo o seu ponto de vista. Passado recente? Em que época RECENTE tivemos muito menos imposto e melhores serviços?

            Veja que não estou defendendo o partido X ou Y nem mesmo o governo atual e anterior. Mas desde SEMPRE (ou desde 1500) o país sempre teve taxas altíssimas e pouco serviço. A diferença é que em algumas épocas (vide ditadura) a mídia só falava o que o governo queria, embora até hoje não seja tão diferente.

            Veja que estou falando que “nunca na história desse país” tivemos bons serviços e poucos impostos. 😉

          • Ioca100

            Salsinha dá uma olhada: “O Brasil possui hoje uma das maiores cargas tributárias no mundo. Esse aumento, obviamente foi gradativo e teve um impulso maior a partir de 1988.

            Em 1947 a carga tributária no Brasil era de 13,8% do PIB e em 1965 já era de 19%, subindo para 26% na década de 1970.

            Após promulgada a Constituição em 1988 o apetite voraz do governo foi despertado e em 1990 a carga tributária já estava situada em 28,8% do PIB e em 2001 a carga tributária atingiu o patamar de 34,7 do PIB.

            Confira abaixo a evolução da carga tributária no país (Fonte: Receita Federal)

            1990 30,50
            1991 25,21
            1992 25,85
            1993 25,72
            1994 29,46
            1995 29,76
            1996 28,97
            1997 29,03
            1998 29,74
            1999 31,74
            2000 32,49
            2001 33,92
            2002 35,53
            2003 34,88 ”
            e ,atualmente, é aproximadamente 38% do PIB,pelo que tenho visto na imprensa.
            Bem, passado recente ,usei porque fui falar em 60/70 onde a educação,saúde e segurança estavam em bom nível para a maioria e ligaram com ditadura.
            Parte aspeada extraída de http://www.novacriatura.com.br/canais.php?item=234

      • 1berto

        Ioca,
        “Não sou defensor de estatismo,mas na nossa constituição, está escrito que Educação, Saúde e Segurança são atribuições do Estado ou não?”
        Sim Ioca, está… Na verdade na nossa constituição quase tudo está escrito
        e quase nada é cumprido na prática, é uma das constituições mais complexas
        do mundo e justamente por isso na prática é impossível de ser cumprida.
        Escrever algo na constituição não torna aquilo factível na prática (como
        vinte anos nos ensinaram), aqui no Brasil todos temos uma ‘dívida’ a
        receber, os descendentes de portugueses foram ‘enganados’ pelo estado com
        a promessa de riqueza fácil e volta para a Europa, os africanos foram
        comprados de outras tribos, trazidos à força e escravizados, os índios
        também, depois de ter suas terras roubadas.
        Só falta dizer quem paga a conta …

        • Ioca100

          Se existe constituição só para constar e não para cumprir, dou razão aos que dizem que isso aqui não é país sério.

  • 1berto

    Sobre a campanha do Firefox… Tenho minhas ressalvas, mas também acho
    que na prática as pessoas acreditam (podem até estar erradas) que
    realmente estão fazendo algo importante, e as comparações não são tão
    boas, primeiro praticamente não há custo em alguém baixar o Firefox,
    ninguém precisa deixar de levar o filho para vacinar…
    Sobre a CPMF, acho que as campanhas ‘não colam’ para a maior parte da
    população (ou seja as campanhas são inócuas, ao contrário da campanha
    do Firefox sobre os internautas), a maioria dos brasileiros nem sabe que
    paga muito imposto e nem ‘percebe’ a cobrança da CPMF, nós brasileiros
    na média votamos em candidatos envolvidos em corrupção (Quem nunca ouviu:
    “Ele rouba mais faz”) e não ligamos para quais foram as posições dos nossos
    escolhidos, logo a campanha primeira seria a meu ver bem mais básica…
    Vamos fazer um exercício básico: A maioria das pessoas que tem acesso a
    internet no Brasil é de classe média e tem um nível educacional BEM mais
    alto do que a média brasileira… Quantos dos que lêem este post se lembram
    em quem votou para deputado e senador na última eleição? E quem já teve
    a curiosidade de ver qual foi o voto dele para a CSS?
    Ou seja, esta campanha é MUITO maior do que a do Firefox e por isso a
    comparação é … a meu ver … injusta.

  • sou leitor do MeioBit apenas por feeds, mas depois deste artigo, fiz questão de me registrar pra poder lhe dizer que serei seu leitor assíduo.
    parabéns é pouco pelas palavras…

    Abraços

    brunocochito
    http://www.irrestrita.com.br/blogdococha

  • Tudo isso para na hora “H” os servidores da Mozilla explodirem!!!
    Tá loco hein…

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Locaweb, Cupom de desconto HP, Cupom de desconto Descomplica, Cupom de desconto Nuuvem, Cupom de desconto CVC, Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto World Tennis