Digital Drops Blog de Brinquedo

Mais um livro sobre o Blender

Por em 31 de março de 2008
emOpen-Source Software
Mais textos de:

Site
  • meirellez

    No ano passada descobri o Blender num CD do ubuntu. Não fazia idéia do que era, então instalei e… continuei não entendendo nada!

    Fui na wikipedia e li a respeito. Me empolguei e concordo até hoje com a definição de que a tela do Blender é meio complicada de dominar no começo, mas depois você vai se esquecer de que um dia não concordou com a arrumação dela.

    Li o artigo Blender Noob to Pro (da própria wikipedia, no wikibooks) e logo logo estava fazendo meu jipe 3D. A linha de aprendizado do programa é bem suave, e você começa a dominar o conceito básico sem mesmo perceber isso.

    Depois de terminar o tutorial básico fui capaz de fazer uma sala de espera, com chão de taco, carpete vermelho, um sofá aconchegante, um quadro de Da Vinci (A batalha de Anghiari) e a cereja do bolo: um Bebedouro! (cuja foto peguei na internet, e consegui até fazer aquele recipiente de água, com aquelas mesmas curvas e formatos característicos do recipiente).

    Não tenho do que reclamar do blender, apesar de nunca ter usado um programa pago do gênero.

    Aqui fica minha propaganda do Blender, uma humilde divulgação pra quem quer se aventurar.

    Desculpem os erros de português e concordância que por ventura possam haver, mas tem um estagiário f**** d* p*** que não cala a boca aqui no escritório, e eu tenho que reler o que eu escrevo a toda hora pra concatenar as idéias.

    Abraços

    ————————————
    Só a mudança é permanente.

  • prato

    O que eu acho fenomenal no blender é a p*** ferramenta 3d que é por apenas um punhado de MB…

  • http://geek.comopiniao.com.br glhleite

    O Blender está no grupo seleto dos softwares livres gráficos que podem ser usados amplamente em nível profissional. Como o prato disse, o tamanho e a levez dele para sua complexidade são impressionantes. Claro que ele não é tão robusto como um Maya da vida, mas é excelente. O que mais senti falta nele foi uma renderização mais “na mão” e com mais recursos.

    Ah sim, a game engine dele tb é fantástica!

    Defô?Defú?Defáulti?

  • http://www.livioribeiro.com livio

    Taí um exemplo de que software open source não precisa ser um eterno alpha (versões 0.x.x)

    O Blender está na versão 2.45 faltando pouco para o 2.46, já existe inclusive um Release Candidate.

    [abrace a campanha "Eu não vou criar uma distro Linux"]

    [Ubuntu is not Linux. Ubuntu is Ubuntu]

    [Petição para o Windows 7 suportar apenas 64 bits]

    • http://megalopolis-blog.com Fabiane Lima

      2.46 a ser lançada lá pelo dia 10 de abril, junto com o curta do Peach.

      Megalopolis

  • http://www.dimensaotech.com magfhos

    Opa! Depois de chamar o Blender de “ferramenta de modelagem 3D que não é lá muito conhecida ou mesmo utilizada por muita gente…” neste post, a Fabiane agora se redimiu. Hehe

    Parabéns!

    Dimensão Tech – http://blog.dimensaozero.com

    • http://megalopolis-blog.com Fabiane Lima

      O que eu quis dizer naquele post é que ele não é muito USADO profissionalmente.

      Megalopolis

  • http://dleafy.deviantart.com/gallery/ DavidS

    Já faz um bom tempo que quero aprender a mexer no blender, tenho ele sempre instalado no meu PC, mas a única coisa que sei fazer é distorcer aquela cabeça de macaco :P
    Mas acho que esse livro pode ser uma grande ajuda para quem quer aprender.
    e estou ansioso pra assistir aquele filme Big Buck Bunny que vai ser lançado. Acredito que aós o lançamento o numero de usuários do blender vai aumentar bem.
    _____

    David!