Desinstalação total de programas com o Revo

Uma das coisas mais desagradáveis nos grandes programas modernos (no sentido de extensos, e não no sentido elogioso do termo) é o péssimo hábito que os programas têm de deixar rastros, tanto em termos de bibliotecas quanto de informações no Registro do Windows. A “culpa”, em parte, desse fenômeno é da ferramenta de Adicionar e Remover Programas, que lega ao desinstalador do programa a responsabilidade pela remoção de tudo o que não lhe diz mais respeito, só que nem sempre isso é feito de maneira adequada.

Para tentar resolver este problema, o usuário conta agora com o Revo Uninstaller, que além de ser mais simples de operar do que a ferramenta nativa do Windows conta com um módulo que permite arrastar um ícone para cima da janela do programa que se deseja desinstalar, e o Revo descobre automagicamente a que programa a janela se refere, e como removê-lo.

À primeira vista o programa agrada, pois um detalhe simples de trazer uma interface em Português sem eu ter pedido especificamente por isso demonstra um cuidado com o usuário final, um pequeno mimo que funciona exatamente como isso: um agrado.

Ao solicitar a desinstalação de um programa, o Revo solicitará a informação de qual o método desejado para esta tarefa. Não posso dizer se os três primeiros métodos, mais “suaves”, são bons ou não porque eu não cheguei sequer experimentá-los: fui direto para as missões críticas de remover aqueles serviços absurdos que aparecem do nada, e que de acordo com o que a gente pesquisa no Google descobre tratar-se de trojans. Ou seja, módulo avançado de cara.

Quando se executa uma desinstalação por este módulo o Revo faz uma pesquisa profunda nos arquivos de sistema e no Registro do Windows, a fim de localizar rastros não removidos. Isso, claro, após rodar o desinstalador padrão do aplicativo.

O processo de busca de restos mortais dos programas pode demorar um pouco, e raros serão os programas que exibirão uma mensagem de desinstalação própria completada sem rabos.

Como regra geral, dá pra considerar seguro (se alguém disser que eu aconselhei isso algum dia eu nego: a responsabilidade é toda do usuário que decide usar o programa) exluir as entradas marcadas em negrito na tela de resultado, para que a desinstalação seja integral.

Deve-se tomar um certo cuidado na janela principal do programa, no módulo Desinstalador, porque os botões “desinstalar” (que é o que normalmente mais usamos) fica bem ao lado do “remover entrada”, que apenas remove o nome do programa da lista de aplicativos desinstaláveis.

Outra das vantagens desse programa é que ele lida com os aplicativos instalados por todos os usuários da máquina, e não só com os do administrador do momento.

Além disso, ele conta com uma ferramenta que já é meio comum, o gerenciador de autoexecução (vários leitores comentaram a respeito no meu artigo sobre o Process Lasso). Mas associando esta ferramenta com a possibilidade acima, de o administrador poder ver os programas de início automático dos outros usuários, temos uma ferramenta bem mais poderosa para manter a saúde do sistema operacional em dia.

O Revo também tem um outro módulo bem bacana, o Limpador de Arquivos-lixo, que como o nome sugere tem a função de localizar arquivos desnecessários ao sistema operacional, que ficam ocupando espaço e entradas nos diretórios.

O processo de varredura é bem lento, e mesmo minha máquina sendo razoavelmente boa, levou vários minutos processando. Ao final identificou mais de 73MB de arquivos que o programa considerou inúteis, e que em tese poderiam ser apagados sem dó. Em tese, porque pelo que pode ser constatado na imagem abaixo ele identificou quatro arquivos do Firefox como sendo lixo, apens porque tinham a extensão .chk (quem lidou com o chkdsk em unidades FAT deve lembrar bastante deles).

Há outros recursos no programa, mas meu objetivo era demonstrar estas duas ferramentas (desinstalador e removedor de lixos). Assim como todos os outros softwares sobre os quais escrevi aqui no Meio Bit, esse também integrou-se ao meu cotidiano, o que não quer dizer que ele vá ter a mesma utilidade para todo mundo. Mas a minha parte está feita.

Ah! Quase esqueço de dar uma informação muito relevante: o programa é gratuito, free, custo zero, não tem que pagar nada por ele.

Via: Google Operating System

Autor: Janio Sarmento

Compartilhar
  • marcospmr

    Ótimo, vou experimentar quando voltar ao Windows.

  • Rafael Vasconcelos

    Mais uma ótima dica, valeu Janio.

    ————————————————————–
    Conhecimento vem de fora, inteligência vem de dentro.

  • Vou exprimentar, teve um programa, um jogo na verdade o nacional Kartun que quando desisntalei ficou no sistema, e agora sempre que dou boot no PC ou abro o Corel Draw 12 ele inicia o Windows Instaler dele ¬¬

    _____________________

    Muita Pimenta para sua vida!

  • Vou baixar tambem, tive problemas com alguns games, quero ver se ele varre o registro atras de entradas invalidas e tal…

  • naio21

    Rapaz, adorei a ferramenta, ela vai cair como uma luva pro meu Eee! E é freeware ainda?

    Se os caras aceitarem doações vou mandar uma grana pra eles com prazer!

  • Droga, nem ele deu jeito no meu problema…. vou ter que formatar mesmo. Ainda vou pra SP tirar satisfações com e pessoal do Kartun….

    _____________________

    Muita Pimenta para sua vida!

    • naio21

      E se você reinstalar o tal do Kartun para o Revo monitorar a instalação? Talvez aí dê pra desinstalar com êxito…

      • É uma opção mas o beta foi fechado e não tenho da onde baixar o cliente ¬¬

        _____________________

        Muita Pimenta para sua vida!

        • naio21

          Vixe, aí fedeu. :-\

          Já que é pra instalar e a seguir desinstalar (não há intenção de pirataria), será que a mulinha véia não ajuda não?

          • Não, porque é MMO nacional gratuito logo não existe pirataria….

            _____________________

            Muita Pimenta para sua vida!

          • naio21

            Mula véia ou bittorrent na cabeça então! 😉

          • Cara, na hora que ele estiver executando procura qual o nome do processo, acha ele no pc e apaga o arquivo. Depois limpa os arquivos temporários do windows e passa o regclean.

            Ou procura o EasyClean e passa todas as ferramentas dele no pc, não é o melhor programa pra isso do mundo, mas pra apagar arquivos temporários e suas respectivas entradas no registro ele quebra um galhão.

            GeekBrasil.net
            Devil May Cry 4, Comparação PS3 x Xbox360

          • O processo é o Windows Instaler.. ou seja não se o que fazer ,já tentei de tudo, apaguei entra no registro varia o HD atrás de arquivos do kartun e nada.

            _____________________

            Muita Pimenta para sua vida!

          • Windows Instaler??? Então é um .msi que está sendo ativado.

            Ele deve estar em:
            XYZ:\Documents and Settings\< Usuario >\Application Data\

            OU

            XYZ:\Documents and Settings\All Users\Dados de aplicativos

            Já tentou algum programa que diz que programas são inicializados? Tem uns bons para todo tipo de coisa no:
            http://technet.microsoft.com/en-us/sysinternals/

            GeekBrasil.net
            Devil May Cry 4, Comparação PS3 x Xbox360

          • naio21

            Ou então usa o próprio “Utilitário de configuração do sistema”. Iniciar > Executar > “msconfig” (sem aspas).

          • Via msconfig não achei nada, vou procurar os .msi então.

            _____________________

            Muita Pimenta para sua vida!

          • Zmaster

            Prezado Rocky,

            Já tentou utilizar esta ferramenta?

            http://support.microsoft.com/kb/290301

            Trabalha diretamente no Windows Installer.

            Até

            ———————————–

            ” Como uso as 3 conchaS? “

          • Opa valeu, to testando….

            Funcionou, mas tive que ir no site em ingles da MS pois a MS brasil tirou o Windows Installer CleanUp Utility do site deles ¬¬

            _____________________

            Muita Pimenta para sua vida!

          • Zmaster

            Que bom que foi útil.

            Disponha

            ———————————–

            ” Como uso as 3 conchaS? “

  • [fanboy mode on]
    E ele já vem com essa aparência dos deuses à lá MAC ??
    [/off]

    Realmente muito interessante, ainda mais sendo gratuíto.

    Eu prefiro ficar aqui –> http://21horas.org

  • PabloRS

    Já conheço ele a muito tempo e é realmente muito eficiente, contudo deve-se tomar cuidado com as dlls que aparecem para serem apagadas.. embora o sistema melhorou muito nessa última versão que trouxe novos algoritmos de rastreio. Resumindo, é uma ótima ferramenta! =)

  • Kenzo

    Olha… O Corel Draw X3 instala automaticamente um updater software da installshield que é bem chatinho e de quebra além de não fazer updates direito ele deixa um serviço em background comendo recurso (porém da pra forçar a desabilitação do mesmo).

    Apesar desse updater software vir com um desinstalador (que parece vir de enfeite) não conseguiu-se remover nem com o auxílio do Revo Uninstaller no modo advanced. Ele parecia remover e o update software sempre continuava lá intacto.

    ———–

    Kenzo no Dan

    • Cara, um que faz isso é o Adobe Reader. Eu ainda vou infartar com ele. Fazer um update de 11MB para visualizar um PDF? FY!

      Já pensei em excluir o executável (que, de quebra, ainda fica criando uma pasta Update5 nos meus documentos), mas acho que vai dar caca. Aceito sugestões.


      Viagens e trabalho: http://flybywire.librian.net/
      Dicas, histórias e reflexões na sala de embarque

  • xtreme

    todo programa estilo REVO é eficazes … queria um que mapea-se o registro ao desinstalar algo..e não um que mapeia a instalação de um aplicativo para posterior remoção…

    • Panorama

      Eficazes somos nozes…=]

      Aí você está querendo demais… nem sempre o lixo deixado pelos programas está relacionado a eles diretamente. Não dá para saber exatamente tudo o que foi instalado, a não ser mapeando a instalação.

      http://www.panoramainternacional.com

      • Cara, a decênios atrás tinha um chamado Clean Sweep (acho que era da Norton) que varria o registro e o HD procurando referências do aplicativo a ser desinstalado. Funcionava MUITO BEM. Na verdade tão bem que você podia mover programas de um PC para outro.

        Claro, isso era na época dos HD’s de 5GB. Hoje em dia não sei até onde uma ferramenta como essa seria usável.


        Viagens e trabalho: http://flybywire.librian.net/
        Dicas, histórias e reflexões na sala de embarque

        • Olha só, ele ainda existe! E é da Norton mesmo.

          Porém:

          “O Norton CleanSweep™ 2002 melhora o desempenho do seu PC através da remoção de arquivos desnecessários do disco rígido. Ele executa uma limpeza completa enquanto protege programas e arquivos essenciais. Fique livre de resíduos de navegação na Internet e obtenha novamente espaço útil em disco com o premiado Norton CleanSweep.”

          Parece que ele mudou completamente o foco.


          Viagens e trabalho: http://flybywire.librian.net/
          Dicas, histórias e reflexões na sala de embarque

  • rato

    Legal desse programa é por ser free, um outro que gosto bastante e acho muito eficiente é o Ashampoo UnInstaller, ele faz a monitoração na instalação do programa gerando um log para depois fazer uma desinstalação limpa.

  • Esse programa é realmente bom, ao que parece. Ele desistala aqueles programas que o pentelho do seu primo instala da internet ao clicar em ‘yes’ quando aparece alguma coisa? Se sim, vou instalar na casa d um tio meu, cujo windows está à beira da morte -formatação- e assim ainda faço uma média.

    Victor Franco

  • Salazar

    Boa! Quando tiver alguma encrenca mais braba irei testar…

    Só uma curiosidade: Alguém tentou arrastar o “icone matador de aplicativos” para cima da janela do Windows Explorer para ver o que acontece??? =P~~

  • camilozero

    Rapaz…. isso q é programa!!!

    Vou fazer uma limpa no PC comunitário lá de casa…
    a quantidade de tralhas e “toolbars” instalados é incomensurável!

    E são essas belezinhas que se recusam a sair do PC… acho que fazem parte do MSPC… =D

  • Eu uso a versão Portable no meu pendrive. Excelente!

    em_Face

    • Paulim

      Vou fazer o mesmo…

      ——
      Vaca amarela, pulou a janela.

  • Alex Lacerda

    Interessante, vou dar uma testada nele
    =D

  • TheDarkMaster

    Boa recomendação, vou dar uma testada quando chegar em casa. Também costumo me irritar com programas enchendo o sistema de serviços inúteis (desenvolvedores retardados que acham que sua aplicação têm que ter serviços só porquê é moda agora) e esquecendo DLLs e configurações para todos os lados.

    P.S: E de experiência própria também recomendo que tome cuidado ao apagar arquivos considerados inúteis pelo programa, estes mecanismos de indentificação costumam ser bons mas nunca são perfeitos, sempre é bom pensar se o arquivo em questão é de fato lixo deixado para trás ou não

  • vincentvega

    Vou tentar aqui mesmo no trabalho, onde consegui encavalar um AVAST! em cima de um Symantec e não consigo desinstalar nem um e nem outro!

    • PeeBeeO

      Pois eu to com um AVG entalado embaixo de um Avira la em casa…
      Testaremos!

  • karyoka

    vou experimentar.

  • avontz

    Hmm. .boa.. vo testar em casa 😉

    *******************************

    Música eletrônica + atitude -> sabotagem.org

  • fmpfmp

    Estes arquivos com extensão .gid são realmente bastante inúteis. Eles são gerados quando você abre um arquivo de ajuda pela primeira vez. Só que nunca são apagados. Ou seja, se você instala um programa, abre um arquivo de ajuda, e então desinstala, o lixo fica lá.

  • Panorama

    Qualquer coisa é mais eficaz do que a ferramenta nativa do windos para desinstalação =]
    Seja como for, quando eu instalar o windows de novo, vou testá-lo.

    http://www.panoramainternacional.com

  • Natchan2008

    O limpador de arquivos lixo aqui achou dezenas para serem removidos, coisas que nem o ccleaner tinha detectado e nem o tuneup que é pago…
    Baixei o portátil.

  • Janio Sarmento – “Não, não, essa aparência de Mac é provida pelo StyleXP”.

    Janio, qual é o tema que você usa no StyleXP?.

    • Na verdade, Janio, fale mais desse StyleXP…


      Viagens e trabalho: http://flybywire.librian.net/
      Dicas, histórias e reflexões na sala de embarque

      • Janio Sarmento

        Esá anotada a dica de pauta. Venho evitando de falar sobre ele porque é pago, e não sei como ele se comporta para o Vista, que em breve vai se tornar padrão.

        O tema que uso é o Panther.


        http://www.sarmento.org
        http://www.lucrandonarede.com

        • mau.dias

          não conhece nenhuma alternativa free? uma época eu usei o windowblinds mas tb era pago.. era bom mas achava muito pesado

  • mau.dias

    só eu que notei ou “automagicamente” foi um trocadilho sem querer mas muito bem feito?

    dica: final do 2o parágrafo..

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Adidas, Cupom de desconto Submarino, Cupom de desconto Americanas, Cupom de desconto Casas Bahia