Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Apple não consegue se livrar da Samsung: coreana vai fornecer chips para iGadgets em 2015

Por em 15 de julho de 2013
emApple e Mac Computação móvel Hardware Planeta Sem Fio relacionados      
Mais textos de:

Site | Twitter
  • dreadful

    Deixarei aqui profetizado que quem atenderá esse mercado da Apple, no futuro, será a Intel. ^^

    • Thiago Bachi Rehbein

      Assino embaixo, tenho um Razr i e to gostando da CPU Atom dele…

    • Romulopb

      Os desempenhos em gpu do RAZR I são muito ruins… Sei pois a pouco tempo estava atrás de um celular e testei o dito…

      Não arrisco apostar nessa profecia até a Intel ter vídeo a altura do ipad 3… A não ser que a Intel construa fábricas exclusivas para Apple para incluir n Gpus x a critério da Apple no die, não tem como…

      Tem a questão do consumo e o fato de que nas próximas 2 gerações possivelmente a distância entre arm e alguns core i ficará realmente pequena ou sera nula…

      Os benchmarks do pessoal do phoronix são bem interessantes nesse assunto aliás…

      AMD teria mais chances que Intel… Se tivesse dinheiro a toa pra gastar… Acho que teríamos talvez gpu móveis melhores…

      • dreadful

        Pelo modo que estão evoluindo, acredito que em menos de dois anos eles terão melhor desempenho em gpu também (mobile), além do já melhor desempennho/watt.
        Eu também acreditava na AMD, mas ela já deu traços de que não vai entrar nos smartphones tão cedo.
        E me frustrou muito o desempenho das gpus embarcadas em processadores AMD para desktop.

        • Romulopb

          Em 2 anos um Intel i3 330M e um arm terão desempenhos similares.

          Nos benchmarks hoje um exynos 5 em muitos testes já resulta em metade da pontuação de um i3 330M e nos mais específicos no mínimo 1 quinto… Consumindo praticamente 30 vezes menos.

          • dreadful

            mas com muito mais cores, ou é desempenho por core?

          • Romulopb

            Desempenho do processador como um todo, o exynos tem 4 cores e o i3 2 cores. Mas isso não tem muita relevância o problema da Intel não é resolvido fazendo mais cores simples para reduzir o consumo como se isso fosse uma questão de gosto. Como se menos ou mais cores fosse uma abordagem ineficiente.

            O problema é que a organização e arquitetura de computadores básica para cada core, ainda não está em boa sintonia, ou eles cortam estruturas fundamentais para o desempenho ou ficam ainda fora dos moldes de consumo de energia…

            O que eles precisam é de uma abordagem e de estruturas de processamento lógico mais eficientes no processador…

  • Pingback: Apple apresentou o iPhone 5S: processador A7 de 64 bits e Touch ID foram as novidades

  • Pingback: Depois de fabricar o A7 para a Apple, Samsung promete smartphones com processadores de 64 bits