Depois da SpaceX, Elon Musk agora quer criar o Hyperloop

Elon Musk é uma espécie de Tony Stark moderno.

moon

Tem a Tesla, uma empresa de carros elétricos que dá lucro e a SpaceX, a única companhia privada com tecnologia para viajar ao espaço e levar carga para a Estação Espacial.

Ele também fala a sério em colonizar Marte, e planeja uma viagem preliminar para não muito longe no futuro. Agora Musk está dando dicas de um negócio chamado Hyperloop, um meio de transporte que cobrirá a distância de 600 km entre Los Angeles e São Francisco em meia-hora.

Segundo Musk o Hypeloop é uma mistura de Concorde, uma railgun e uma mesa de Air Hockey.

Projetos mirabolantes existem a rodo, o Discovery está cheio deles, mas quando um cara que construiu uma nave espacial fala, a gente presta atenção.

Outros detalhes já escaparam também. O sistema seria alimentado por energia solar, e haveria excedente para jogar na malha elétrica das cidades.

Um monte de gente começou a fuçar para tentar descobrir que diabos afinal é o tal Hyperlook. O Business Insider parece ter matado a charada, achando um projeto de 1972 de um negócio chamado Very High Speed Transit System.

A proposta era BEM ousada: Um conjunto de túneis costa a costa nos EUA, com trens flutuando por levitação magnética no vácuo. Sem a resistência do ar ou atrito de trilhos, seriam atingidas velocidades hypersônicas, e o trem faria Los Angeles – Nova York em 21 minutos.

Claro, não havia tecnologia e só as disputas políticas tornariam o projeto um pesadelo logístico. Também não havia demanda que justificasse uma obra desse tamanho.

Hoje já há, mesmo entre cidades relativamente próximas como LA e São Francisco, os engarrafamentos aéreos são constantes. Há projetos de um trem-bala mas ninguém bota muita fé. Musk planeja algo 3 ou 4 vezes mais rápido.

Dia 20 de junho Elon Musk apresentará oficialmente mais detalhes. Aí veremos se Tony Stark consegue derrotar seu maior inimigo: a burocracia governamental.

Fonte: TV.

Relacionados: , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Marcelo Eiras

    Já falaram de chegar até a 4 mil quilômetros por hora. Mas como o corpo vai reagir a esta velocidade ou a força G numa curva ?

  • Rodrigo Figueiredo Bertelli

    Essa ideia do túnel com vácuo já tinha aparecido há uns 10-12 anos, ligando EUA e Europa. Tenho, guardado em algum lugar, os números de velocidade, tempo de aceleração e desaceleração. Vou procurar.

  • O pessoal do Projeto Venus (o mesmo povo do Zeitgeist) já falava isso faz tempos. Procure entrevistas de Jaques Fresco. Como um sonhador, ele é um ótimo futurólogo…

  • OverlordBR

    impressionante.
    O quê me deixa curioso é a dificuldade norte-americana em aprovar projetos relacionados aos trens-bala.
    Os “comunas” lá da China têm trocentos quilômetros (a mais longa linha possui 2.298 quilômetros). E olha que só começaram a implementar os trens em 2007!

    Já nós aqui… a maioria das capitais brasileiras nem metrô possui… 🙁

    • Mateus Azevedo

      Ou como Porto Alegre, uma mísera linha que junta as cidades metropolitanas e nem é subterrânea…

      • Aguiar

        ou salvador, que o metrô ta em construção tem 10 anos, com 3 estações prontas, e só tem 6 km. e mesmo assim, nunca funcionou.

        • Aqui em Fortaleza, o metrô está em situação pouco melhor, mas ainda não entrou em pleno funcionamento.

          • Aguiar

            pelo menos funciona!
            Aqui, os trens já perderam até a garantia, como nunca foram utilizados, ja devem estar com problema, tudo enferrujado.

            Se funcionar na copa, como querem, vai parar logo depois, pq vai quebrar.

            … Fora que leva do nada a lugar nenhum.

      • Lucas Timm

        É, o Trensurb também já foi expandido a bem mais do que o trajeto inicial. O metrô de Porto Alegre que é bom, mesmo, voltou para a estaca zero, mesmo com todos os incentivos fiscais da copa do mundo…

      • Ezequiel Lorenzatti

        Então vamos falar de Floripa que não tem metrô e só tem uma rodovia que liga o norte da ilha ao centro, pequena obs, é a rodovia estadual que tem o maior fluxo de veículos e fica dentro da ilha.

    • marcus

      Sei que não é o mesmo caso, mas talvez o preço da passagem de trem intermunicipal seja um empecilho aqui nos EUA. Minha namorada preferia vir de Maryland para a Pensilvânia de ônibus, com bem menos conforto, porque o preço da passagem de AmTrak era um tanto maior ($120 + ônibus de trem contra $83 de ônibus).

      Sem contar que quase todo mundo aqui tem carro e, em geral, topam de boa fazer viagens assim de 10, 12 horas dirigindo. O pessoal só apela pra avião quando tem muita grana ou a viagem é mesmo bem longa.

  • Filipe Aguiar

    E eu aqui, só querendo que o Brasil tivesse uma malha ferroviária tradicional e decente, pra que os custos dos produtos baixassem um pouco…

  • Daniel

    Faltou falar que o Elon Musk esta envolvido na criação do Paypal.

  • Pingback: Elon Musk, da SpaceX, apresenta os detalhes do Hyperloop « Meio Bit()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Adidas, Cupom de desconto Submarino, Cupom de desconto Americanas, Cupom de desconto Casas Bahia