O dia em que Star Wars derrubou a AT&T

potw_01

Estamos falando de 1980, alguns meses antes do lançamento de “O Império Contra-Ataca”. Se você acha que hoje existe uma febre de Star Wars, imagine que um fã daquela época olharia para as reações atuais com desprezo, na pegada “Bitch, please…” mesmo. Por mais que fossem meio que socialmente estranhos, os geeks da franquia do George Lucas eram absurdamente dedicados.

Pois o marketing da empresa resolveu ajudar na divulgação do filme, contratando um serviço de hotline da AT&T. Era uma central que receberia ligações da alucinada audiência, meses antes do lançamento do longa-metragem nos cinemas. A ligação era gratuita, e tinha uma gravação com um diálogo bem engraçado, dando mais detalhes da obra. Nada que pudéssemos dizer: “Nossa, mas que detalhes fantásticos!!”, mas além do teor cômico, era mais uma forma de se ter contato com o universo de Star Wars.

Bem, como eu disse, estamos falando de 1980. A tecnologia da época não era capaz de suprir algo assim. Isso fez com que a rede da AT&T simplesmente parasse de funcionar em diversos lugares dos EUA. Um ex-funcionário da Lucasfilm explica:

Na primeira semana de atividade, tantas pessoas ligaram para o número 0800 que a rede da AT&T não conseguiu aguentar. O sistema ficou tão sobrecarregado que não era sequer possível gerar o tom de ocupado para as chamadas. Em Illinois, por exemplo, a paralisação foi de várias horas. A AT&T ficava insistindo para que a gente contratasse linhas adicionais para suprir a demanda, mas publicou um comunicado assumindo a culpa das falhas operacionais.

Nós fomos meio que obrigados a soltar uma declaração dizendo que também sentíamos muito pelos fãs de Star Wars estarem tão ansiosos a respeito do próximo filme a ponto de entupir a central com telefonemas ininterruptos. O acontecimento, claro, virou notícia rapidamente. Foi a melhor publicidade que a gente poderia ter tido.

Se você ficou curioso a respeito do áudio dessa gravação, confira no vídeo abaixo:

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=1IKZURUExgo&w=640&h=480]

E você? Gosta de Star Wars ou acha a franquia algo dispensável?

Fonte: Vice.

Relacionados: , , , ,
  • Hahaha… foi o primeiro DDoS da história da tecnologia!

  • Felipe Lima ®

    AT&T e seu pessimos servicos desde ’80

  • Vinícius Fontes

    Fiquei esperando a trollada do Chewbacca.

  • Zilardo

    “E você? Gosta de Star Wars ou acha a franquia algo dispensável?”
    Bitch, please…

    • Matheus Gonçalves

      Eu conheço gente que não gosta, acredite… não sei como, mas não gosta.

      • Paulo Teixeira

        Acho que tem a ver com o tempo que a franquia foi apresentada à pessoa. Quem assistiu na época do lançamento gosta.

        De minha parte tentei assitir 3 vezes, mas achava tão chato que largava o filme no meio.

        Então uma vez me obriguei a assistir e posso dizer então que: Realmente acho muito chato

  • Acho a trilogia nova (eps 1,2 e 3) dispensável e considero a trilogia original (4,5 e 6) apenas razoável… Até penso em comprar a coleção em Blu-ray, mas mais pelos extras que pelos filmes.

    • Matheus Gonçalves

      Sempre tem quem não goste. Eu adoro, mas sei que muita gente não gosta. Normal.

      • Eu só fui conhecer Star Wars depois de adulto: boa parte dos fãs conheceram a saga do George Lucas quando crianças ou adolescentes. Talvez seja um bom motivo. 😉

        • Matheus Gonçalves

          Com certeza. Star Wars originalmente foi concebido como uma obra infanto-juvenil.

  • Tiago Cavalcanti

    Eu tentei ouvir a mensagem mas assim como em 1980 a operadora me deixou na vontade. Não passa de 15s 🙁