Série Defiance estreia no Brasil

defiance_17.04.13

Em desenvolvimento pela Trion Worlds desde 2008, Defiance era um projeto bastante ambicioso que consistia de um um jogo de tiro num mundo aberto que funcionaria como um MMO e uma série para TV, esta produzida em conjunto com a Universal Cable Productions e que seria exibida pelo Syfy Channel.

Com a interessante promessa de que as principais ações realizadas no game interferirão no desenrolar da trama exibida na TV, foi ao ar na noite de ontem o episódio piloto da série e como tinha uma certa expectativa em relação a o que os envolvidos haviam criado, resolvi assistir e posso dizer que fiquei positivamente surpreso com este início.

Com sua história se passando por volta de 2046, na série acompanhamos um planeta Terra devastado por uma invasão alienígena e após 33 anos de guerra, um dos poucos refúgios que restaram é a cidade de Defiance, antiga St. Louis e é justamente lá que acaba chegando Nolan, um ex-soldado e Irisa, filha adotada.

Defiance não tem o menor pudor de aproveitar vários clichês que permeiam o gênero, como uma invasão alienígena, um herói canastrão que anda por aí tentando ganhar dinheiro para conseguir sua tão sonhada aposentadoria e a tentativa de pequenas comunidades de sobreviver por mais um dia. Em certos momentos é possível ver claras influências de outras obras, como Guerra nas Estrelas e a grande variedade de raças e ambientação me deixou com a impressão de estar vendo um filme do Mass Effect.

Ainda assim as duas horas iniciais da série conseguiram prender minha atenção, seja pelos bons efeitos especiais (ao menos na maior parte do tempo), pelo enredo que embora batido tenha potencial para engrenar ou simplesmente pela presença da bela Julie Benz.

Contudo, o que estou realmente curioso para saber é se esta interação entre jogo e série realmente acontecerá e penso que se bem executada, poderá definir um novo patamar para ambas as mídias e acredito que todos os jogadores ficariam muito felizes em saber que aquilo que vimos na série aconteceu por causa de uma batalha em que participaram.

Agora quero ver se o game consegue retratar bem o que foi mostrado nesse primeiro episódio e caso você tenha se interessado, as versões para XBox 360 e PlayStation 3 chegarão ao Brasil em maio, com o jogo para PC já podendo ser adquirido no Steam. Já esse início da série terá reprises nos dias 17 (15h) e 21 (18h e 22h), com novos episódios sempre as terças, as 21h no canal fechado SyFy.

Relacionados: , , , , , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • http://www.facebook.com/people/Mateus-Pires/1565540370 Mateus Pires

    Eu comecei a assistir ontem na Universal, mas sinceramente eu dormi no meio do episódio. Não sei se estava muito cansado ou se a história mesmo que tava fraca, mas não consegui acompanhar… Vou dar uma segunda chance para ela futuramente, mas minha primeira impressão não foi animadora.

  • OverlordBR

    Achei uma mistureba de várias influências… de Guerra nas Estrelas e Mass Effect, como citastes até Firefly e até aquela bizarrice do Steven Spielberg: Terra Nova.

    Fiquei meio perdido na quantidade de raças já mostradas no piloto… espero que desenvolvam cada uma de um jeito legal nos próximos episódios.

    Gostei da cena do ataque… não sei porque mas lembrei muito de Starcraft!

  • http://nada-aqui.posterous.com Marcio Neves Machado

    Mas já, só com 1 dia de atraso? Mas essas TVs a Cabo estão melhorando o nível, heim? Game of Thrones com delay 0, Da Vinci’s Demons com 4 dias (passou ontem, também, na FOX) e Defiance com 1 só!!

    E pensar que em 2001 já era estava muito bom se o delay fosse de só 2 meses 😀

    • Ricardo Bicalho

      Tiveram que fazer isso, senão o torrent seria um serviço mais conveniente.

    • http://www.facebook.com/litza.page Litza Page

      Pois é… Mas a Universal já deixou o atraso de Grimm chegar a 1 mês e vai continuar atrasando até… Sabe Deus.

    • Rodrigo Ortiz

      Atualmente a única série que assisto na TV é Game of Thrones e Defiance também assistirei na TV. O resto continuo tudo do torrent mesmo. É muito descaso este atraso ridículo dos nossos canais de TV a cabo.

  • Marcus Paulo

    Posso dizer que o jogo é ÉPICO. Estou bem convencido que esta idéia vai fazer escola por aí. Jogar sabendo que é possível que seu personagem seja mencionado no seriado vai fazer este jogo vender igual “água”.

    • Marcus Paulo

      Esqueci de comentar que estou jogando desde o dia 02-04, para poder dizer que é épico. lol

  • Rodrigo Fante

    Sera que sai pro Netflix em breve?

  • Ramon de Assis

    Vou assistir. Mas… Vocês notaram o símbolo na testa da menina de cabelos vermelhos? Ao final… Parece o símbolo das redes wirelless! rsrs Claro, não deve ter nada relacionado… Mas, seria engraçado um hotspot humano (não vale gente com smartphone hotspot…).

  • http://twitter.com/Darkus Darkus

    Sobre a série ainda não pude assistir, mas sobre o jogo vi uma critica do angry joe e dava para ver que o jogo é um MMO que não tem quase nada de social, então é quase um grande single player online, as missões são chatas e repetitivas, as atuações medíocres mas o gameplay é bom e interessante, porém essa interação entre a série e o jogo só vai rolar a partir da segunda temporada, POIS toda a primeira já foi filmada.

    De qualquer modo gostei do que vi, é um bom substituto ao falecido Tábula Rasa, estou quase comprando, falta só arrumar o cascalho para comprar no Steam.

    E Espero que dê para jogar entre os consoles e o PC num mesmo mundo, senão vai ser um MEGA FAIL e nada do jogo vai influenciar a série.

  • http://www.twitter.com/RaptorHawk Hawk

    Eu assisti e gostei. Vou acompanhar pelo torrent. Não gosto de MMO, então o jogo eu passo.

  • Pingback: Análise de Defiance da Trion Worlds | Games Power()

  • Pingback: Defiance adotará o modelo free-to-play()