Microsoft paga mico ao promover o Firefox sem querer

A Microsoft acabou, por acidente, promovendo o Firefox. A empresa de Bill Gates enviou à imprensa norte-americana capturas de tela do MSN Search. O detalhe é que as páginas eram exibidas pelo Firefox :).

A empresa que faz relações públicas para a Microsoft, se negou a comentar o fato. O executivo desta, disse não acreditar que tenha ocorrido tamanho equívoco.

A foto, porém, existe e pertence a agência de fotos AP. O crédito da fotografia é AP Photo/HO/Microsoft, o que indica que ela foi distribuída à agência de notícias AP, pela Microsoft.

Fonte: Terra