Uma escultura cinética que não se move, e é genial

medievalgear

Uma das coisas que associamos com passado arcaico são engrenagens. Lembramos de máquinas a vapor, Revolução industrial, calculadoras antigas. Se eu colar uma engrenagem na testa da guria e vender como Luciana Vendramini Steampunk, vai ter quem compre (ok, eu compraria).

Só que engrenagens não têm nada de antiquadas, elas são essenciais no mundo moderno, quando é preciso gerenciar força mecânica. Temos engrenagens na Máquina de Anticítera (aka Antikythera) e na Curiosity.

A impressão de que são algo obsoleto, junto da familiaridade, estando em todo canto, faz com que não achemos que são grande coisa, mas engrenagens podem explodir sua mente, como demonstrou o artista Arthur Ganson.

Normalmente não dou bola para “esculturas cinéticas”, são umas bobagens que tocam sinos, e outras aporrinholas, mas essa “Máquina com Concreto” é ciência pura.

Ele pegou um motor girando a 200 RPM e acoplou a uma engrenagem. Essa engrenagem se conecta a uma engrenagem de redução na razão 1/50, ou seja: para cada 50 voltas que o rotor dá, a engrenagem de redução dá uma volta.

Só que ela não está sozinha. No total são 12 conjuntos de redução, cada um diminuindo a rotação do conjunto em 1/50. A redução total é de (1/50)¹².

A última engrenagem está cumbada em um bloco de concreto, mas o conjunto todo, em teoria é uma máquina móvel. A diferença é o tempo: dada a redução da velocidade de giro, a última engrenagem completará uma volta em DOIS TRILHÕES DE ANOS.

Isso mesmo. Essa máquina teria que existir muito além da vida estimada do Universo para executar uma rotação. Isso tudo por causa de algumas obsoletas engrenagens.

Mais ainda: Como o torque aumenta na razão 50/1, a última engrenagem girará com uma força inimaginável, destroçando a máquina e o bloco de concreto. Duvida? É só ter paciência…

Aqui um vídeo da máquina em ação!


Machine with Concrete – Arthur Ganson

Fonte: Makezine.

Relacionados: , , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz, Calcinhas no Espaço e Do Tempo Em Que A Pipa do Vovô Subia.

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples