Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Garota de 7 anos cria jogo para celular

Por em 18 de fevereiro de 2013
emGames Miscelâneas relacionados    
Mais textos de:

Site | Twitter
  • Zilardo

    Demais essa garota *-*

  • Zilardo

    Demais essa garota *-*

  • W. W. Barros

    E vocês aí, só jogando Minecraft e acessando redtube!

    • Carlos Magno GA

      Mas dá para aprender muito sobre de circuito integrado usando as red stones do Minecraft.

      • qgustavor

        Quero ver eu criar um t-flip-flop na vida real usando um pistão grudento conectado a um monoestável.

        • Edmilson_Junior

          Você já estudou sobre os primeiros computadores? A coisa era muito física e é disso que se derivam as atividades virtuais, acho um bom lugar para começar.

        • Carlos Magno GA

          Não acredito que eu li isso. Então CAD não serve pra nada, pois não dá para construir um prédio com linhas e curvas de 1 mm de espessura? Ou o “conveyor belt” que o filho do cara fez com lego mindstorms não serve pra nada, pois não pode ser usado em processos industriais?

          Se quiser um t-flip-flop, compra um t-flip-flop, deve ser 50 centavos (se muito) na loja de eletrônica.

          • qgustavor

            Me referi ao fato de que algumas coisas no jogo são muito diferentes da eletrônica, não há um bloco para isso, mas já mecanismos no jogo que facilitam isso. A nova criação dos comparadores, por exemplo, não algo na eletrônica que seja exatamente isso, mas é possível de se realizar sem usar um “comparador”.

  • http://www.facebook.com/people/Cindy-Dalfovo/1038883476 Cindy Dalfovo

    Isso é incrível!

    E espero que ela cresça e se torne game designer, ou game programmer, e que existam mais matérias com elas. Vai ser lindo se no futuro tivermos fãs de Zora Ball (AMEI esse nome. Parece feito para uma game designer, vai dizer :D)

  • Tejobr

    Não precisa de talento, não!

    Conseguindo enxergar prédios como bits em 3D já é o suficiente.

  • Carlos Magno GA

    Tem uma interface de programação (Ren’Py) que permite você criar visual novels em uma linguagem bem simples (e podendo até fazer melhorias na engine se você souber Python).
    Se você não souber desenhar, ainda pode baixar pacotes de visual novels (tem japonês que hackea os eroges para pegar as figuras) ou mesmo cartunizar fotografias.

  • qgustavor

    Aqui no brasil garoto um pouco mais velho que isso, programa usando uma linguagem voltada para crianças ( Klik & Play, se me lembro bem ) e o que ganho? Um livro da diretora da escola sobre Galileu Galilei.

  • http://www.facebook.com/fuzatto André Fuzatto

    “que com a mesma idade nos orgulhávamos de conseguir andar de bicicleta sem rodinhas”

    Eu me orgulhava era das cicatrizes que colecionava, adquiridas em disputas de velocidade com carrinhos de rolemãs rua abaixo. Não foram poucas, muitas unhas foram perdidas no processo.

    Legal a ação da garota Zora Ball (também achei o nome bacana). Start ups que viram gigantes começam com sonhos e brincadeiras de criança e acabam virando coisa séria.

  • http://twitter.com/SrGraubs Glauber Sampaio

    O Bootstrap (http://twitter.github.com/bootstrap/) na verdade é um framework e não uma linguagem de programação. De uma forma geral, um framework é um conjunto de recursos e componentes desenvolvidos para auxiliar no desenvolvimento de programas. No caso do Bootstrap, ele é um framework para a linguagem JavaScript etambém utiliza CSS

  • Pingback: Obama quer programação na grade curricular das escolas « Meio Bit

  • Pingback: GAROTA DE 7 ANOS CRIA JOGO PARA CELULAR | ZÉducando