Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Executivo da EA reconhece vantagens do mercado de usados

Por em 15 de fevereiro de 2013
emIndústria relacionados  
Mais textos de:

Site | Twitter
  • marcos.petropolis

    Com exceção de alguns colecionadores que montam até prateleiras pra guardar seus jogos – ouviu Sr Prata? – a grande maioria têm algum jogo que gostaria de revender, seja pra compensar o alto preço pago ,seja pra desencalhar.

  • paulokdvc

    A idéia exposta é boa e válida. Se você não for muito apegado aos seus jogos, depois de terminá-los, você poderia vendê-los ou trocá-los para adiquirir novos jogos.

    É, nada mal.

  • http://twitter.com/clebercampos Cleber Campos

    Francamente, se na próxima geração sair algum sistema draconiano de bloqueio para jogos usados, será a primeira vez que não comprarei qualquer console, e congelarei minha coleção em definitivo. É MUITA picaretagem vender jogo em mídia física e ainda querer vinculá-lo a uma só conta.

    Daqui a pouco, ser gamer será quase uma religião. Pra estar dentro, deveremos nos enquadrar em regrinhas ridículas que a indústria cria, regras injustas e sacanas, como essa, pra poder continuar sendo um ‘servo’ participante do ‘culto’ da indústria do entretenimento.