Criador do Xbox critica estratégia da Microsoft

dori_xbo_14,02,13

Os fãs do Xbox 360 que me desculpem, mas embora o console seja fantástico e sua capacidade de reproduzir filmes, música e canais de televisão mereça todos os elogios, há algum tempo tem me irritado o forte apelo da Microsoft a este aspecto, fazendo parecer com que o aparelho seja muito mais uma central multimídia capaz de rodar jogos do que o contrário.

Essa estratégia indubitavelmente ajudou a fabricante a conquistar muitos consumidores, mas de dois ou três anos para cá os executivos da divisão responsável pela marca não cansam de tocar nesta tecla, de como o Xbox 360 mudou a sala de estar e quanto aos jogos, fico com a sensação de que eles imaginam que venderão sozinhos, graças a enorme base instalada.

Pois quem também está incomodado com tal situação é Nat Brown, engenheiro que ajudou a desenvolver o primeiro Xbox e que afirma ter sido o responsável por nomear o console. Em um texto carregado de críticas e reclamações o sujeito bate duramente na política adotada pela Microsoft com o Xbox 360, afirmando inclusive que tem sido doloroso acompanhar os últimos cinco anos do videogame, especialmente o último deles.

Para Brown, durante todo esse tempo a Microsoft falhou ao tentar inovar ou não conseguiu lucrar quando trouxe novidades, como o Kinect, limitando-se a divulgar o seu sucesso estratégico quando na verdade apenas se valeu do fracasso de seus concorrentes – Sony e Nintendo.

O ex-funcionário também ataca a exagerada atenção dada à tentativa de se criar uma televisão interativa e parcerias que lhes garantam conteúdo exclusivo, enquanto que o seu produto principal segue agonizando, os funcionários estão abandonando barco e as desenvolvedoras lhes virando as costas.

Outros pontos criticados por Brown são o sistema operacional do Xbox 360 e a sua nova dashboard, segundo ele “lenta e cheia de frescuras”, além da dificuldade impostas aos desenvolvedores menores, já que o valor necessário para a publicação de algo na loja do console é muito alto, ao contrário do que vemos em plataformas como o iOS e que impossibilita que os indies ganhem muito dinheiro no videogame. Ele então chama a Microsoft de idiota por ter aberto mão “não apenas dos desenvolvedores independentes, mas também de uma geração de crianças e adolescentes que passarão a criar jogos para dispositivos móveis de outras empresas.

Por fim, o sujeito faz a dura previsão de que se a empresa da maçã lançar uma Apple TV capaz de rodar jogos ela poderá matar não só o Xbox como todos os outros consoles e citou que mesmo sem permitir jogos, só em 2012 foram vendidas mais de 5,3 milhões de unidades desse aparelho, um aumento de 90% no ano, enquanto as vendas do Xbox 360 seguem encolhendo.

Palavras bem duras e disso tudo, há alguma coisa com o que você concorde? Pois para mim, vários dos pontos citados por Nat Brown fazem sentido.

[via GamesIndustry]

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • A MS tem que focar no fator multimedia, já que na parte de jogos ela já não consegue acompanhar a Sony, e olhe que a Sony também não anda lá essas coisas… Não se pode esperar muito de um console cujos responsáveis dizem que seus grandes jogos são Halo, Forza, Gears… São legais, mas são jogos que obrigariam um sujeito a comprar um XBOX? a mim não obriga.

    • Se não tem o que falar não fala. A microsoft durante anos competiu de igual pra igual com a sony em exclusividade. Nos ultimos 3 anos que a coisa mudou de figura e ela começou a “liberar” jogos pra outras plataformas. A sony investiu em games pq o console dela estava encalhado e mesmo assim tivemos perolas que nao chegaram nem menos a 100mil copias. O negocio é que a microsoft libera os jogos pra PC se eles nao afzem tanto sucesso no console dela. foi assim com varios jogos.

    • O que te obriga a comprar um Ps3 ? O generico god of war que ano evolui mesmo aj tendo 7 versoes? Killzone? resistense?

      • Cara o que me obriga a comprar um PS3 é

        Heavy rain
        God of War 3
        God of War 4 -Ascension
        Gran Turismo 5
        Metal Gear solid 4
        KillZone 2
        KillZone 3
        Ressitence 1
        Ressitence 2
        Ressitence 3
        Uncharted 1
        Uncharted 2
        Uncharted 3
        Cavaleiros do Zodiaco
        Twisted Metal
        Siren New tranlation
        Infoamus 1
        Infoamus 2
        Rocket and clanck – Tools of Destruction
        Playstation All-Stars Battle Royale
        Jorney
        Flow
        MotorstormApocalypse
        LittleBigPlanet 2
        Yakuza: Dead Souls
        Dust 514
        Okami HD
        Rocket and clanck – All for one
        Carnival Island
        Papo & Yo
        Puppeteer
        Ni no Kuni
        Demon’s Souls

        Fora os jogos exclusivos que ainda estão em produção

        Final fantasy 14 Online
        Final Fantasy Versus
        Beyound
        The last of us
        The last guardian

        • Jean Franco

          Cara, ai vai de cada um, da Sony as únicas franquias exclusivas que me agradam são Uncharted e Gran Turismo… Jogos que não morrerei caso não jogue.

          • True Story

            foda

  • Well Dias

    Concordo totalmente. E aposto muitas fichas que, mesmo a Apple dizendo que não tem interesse, o Apple TV vai, num dado momento, concorrer com os consoles, principalmente com o Wii U. Vejam, a Apple não está entrando no mercado de video game, ela já está nele, e isto já faz muito tempo. O sistema de distribuição dela é imbatível. E a clara falta de visão da Sony, Microsoft e Nitendo em buscar desenvolvedoras pequenas, estimulando o mercado indie é absurdo para mim.

    • Microsoft tem uma area indie no console meu caro.

      • Well Dias

        Assim como a Sony e a Nitendo.

        • NiNtendo, amigão. 😉

          • Acontece que no Xbox esta la desde o lançamento em 2005. E no Wii não tinha suporte… afinal nem meatboy puderam lançar. Melhorou no WiiU entao deve melhorar no xbox e no PS4

  • felipegear

    Eu não acho que seja uma estratégia ruim o que a microsoft está fazendo. O “futuro” é ter tv’s smart, mas como elas vão ser smart é o que ninguém sabe, temos os próprios software das tvs, que são horríveis, a apple tv, roku, boxee, o ouya e WiiU, de um modo limitado, e o xbox está tentando ser um também e ainda ter o adicional dos jogos. Sobre a falta os jogos no xbox, acredito que seja por causa da troca de geração. E a apple tv lançar jogos e matar os consoles, no máximo ela irá rodar jogos pequenos.

    • Eu não diria que faltam jogos no Xbox 360, mas me parece claro que a quantidade de exclusivos para ele tem caído muito e embora a troca de gerações faça sentido, isso não aprece ter afetado o PS3, que ainda tem vários exclusivos sendo feitos para ele.

      • felipegear

        Tem razão, acredito que isso aconteça por causa da sony estar desde 1994 no merdado, e a microsoft ainda está criando seus exclusivos e suas parceiras, além do mais, produtoras japonesas tem a preferência para lançar no ps3, ignorando o 360.

      • Se você for olhar, a rigor, as franquias exclusivas da Microsoft continuam a ser lançadas no mesmo ritmo de sempre (halo acabou de ser lançado e gears vem ai). O que difere o status atual do inicio da geração é que games de 3rds como Bioshock e Mass Effect, não são mais exclusivos da caixa. Acho que é uma simples questão de modelo de negocios diferente do adotado pela Sony, e que ao meu ver, deu resultado. Ficou claro nessa geração que, em geral, desenvolve-se para x360/windows, e depois adapta-se para o resto (basta ver casos como Witcher, Bayonetta e Skyrim)

        Quanto ao midia-center, acho meio contraditório falar que se a Apple entrasse no mercado, dominaria-o, e criticarem a estratégia da Microsoft que, basicamente, é a mesma da maçã ¬¬’

  • A ideia de central de multimídia é uma ideia que tem falhado desde que se começaram a falar dela, lá pela época do 3DO. O uso quase insignificante das features das ditas smart TVs mostra que este não é o caminho. A unica receita de sucesso de um console são bons jogos, de preferencia exclusivos, sempre foi e sempre será.

  • Pingback: Xbox 360 segue vendendo bem, já o Wii U… « Meio Bit()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja