Digital Drops Blog de Brinquedo

Opera chega a 300 milhões de usuários e deixará de ser hipster

Por em 13 de fevereiro de 2013
emGeral Indústria Internet Meio Bit relacionados    
Mais textos de:

Site | Twitter
  • qgustavor

    Suponho que sim porque enquanto o Webkit será o motor de renderização outros recursos como a interface e os diferenciais do Opera, como o Turbo, devem continuar.
    Espero que essa onda de imitar o Chrome, criar omniboxes e minimizar a interface, adotada em parte pelo Internet Explorer passe.
    Atualmente o que diferencia um navegador de outro em questão de recursos é nome: Chrome tem sincronização e segue o modelo de Touch da W3C, Firefox também; Chrome tem omnibox e não segue o modelo de edição de texto na DOM da W3C, IE também. É como se todos os navegadores estivessem convergindo para para um modelo ideal.

    O Opera resolve usar o Webkit, boa ideia já que isso vai poupar-los de ter que implementar muito do que já está pronto para usar no Webkit, e então melhorar os diferenciais do Opera.
    Finalmente acho que o tempo de eu fazer o triângulo mágico “-webkit-, -moz-, -ms-, -o-, ” ” vai acabar.

  • lordtux

    Vai virar um monstro comedor de memória?

    • Bruno Rocha

      Je virou. Testei o Opera Ice e o Opera Beta, e todos ficaram um lixo. Ai ele atualizou e ficou igual o Ice. De navegador mais leve, se tornou o mais instável e comedor de RAM.

  • http://wwe.blog.br Francis Rosário

    Voltarei para o Opera, navegador que utilizei por muitos anos mas acabei tendo que abandonar quando o Chrome surgiu e acelerou de forma gigantesca do desenvolvimento do webkit.

    Certamente com o time da Opera junto, o webkit só tem a ganhar.

  • RedVivo

    Resumo: Opera is dead.

  • http://www.facebook.com/denispadua Denis Padua

    Quando a versão webkit for lançada, sem dúvidas irei dar uma chance, já que abandonei o Opera justamente pelo motor.

  • GalegO86

    Ainda não abandono meu Firefox, pode não ser o mais rápido, mas é o que mais se adequa às minhas necessidades, sem contar que eu acho a interface do Chrome feia demais…

  • Luiz Felipe

    Adeus opera, foi bom ate agora, mas eu odeio o webkit. Neste dia triste, um concorrente a menos existe agora, o mercado de browsers se tornou mais pobre.

  • Luiz Felipe

    Ie10 ta ai, usando no winrt sem problemas, ate pensei em testar o opera, mas deixa para la, nao tem mais gra,ca.

  • Daniel Tiecher

    Faltou um pouco de interpretação de texto por parte do autor, pois o Bruce Lawson em momento algum esceveu que a Opera iria adotar o Chromium como um todo. Especificamente falando, eles anunciaram que iriam adotar o Webkit (motor de RENDERIZAÇÃO) e o V8 (motor Javascript) além do suporte aos mesmos codecs suportados pelo Chromium (WebM, Ogg Theora e Ogg Vorbis).

    O pessoal está se preocupando e dando adeus ao Opera com esse anúncio, sem nem mesmo testar uma versão do navegador usando as novas engines. Os engenheiros da Opera com certeza sabem o que estão fazendo e um navegador Webkit com os recursos e a interface do Opera atual com certeza se tornaria meu navegador padrão.

  • RedVivo

    - Olha aqui camarada, eu quero meu carro original viu? Vê lá no que você vai mexer.
    Mecânico:
    - Não se preocupe dotô… vou trocar só o motor e o chassi, vai ficar igual.
    - ?!!!??

  • Pingback: A dona gorda cantou na Opera « Meio Bit

  • Bruno Rocha

    Surpresa! Google não é uma empresa boazinha cheia de geeks que se importam com as pessoas, mas uma erga companhia de softwares.