Ações da Nikon despencam 19%

E parece que as coisas também não andam muito boas no mercado de produção de equipamentos fotográficos. As coisas tremeram um pouco no Japão quando as ações da gigante Nikon caíram exatos 19% na bolsa de valores. Uma perda recorde que não se registra desde 1985. Todos concordam que esse fato se originou na recente divulgação do relatório financeiro da empresa.

A Nikon relatou que vai ter uma queda de faturamento e que não vai vender no primeiro trimestre de 2013 a quantidade de câmeras reflex e lentes que havia projetado. Como resultado, a empresa diminuiu sua previsão de vendas de câmeras durante todo o ano fiscal de 2013 de 7,1 milhões de câmeras para 7 milhões e a venda de lentes de 10 milhões para 9,8 milhões de lentes. A previsão de venda de câmeras compactas, estimada em 17 milhões de unidades, continua a mesma.

Para entendermos bem os números que levaram a essa queda história das ações da empresa, basta dizer que no primeiro trimestre de 2013 a previsão inicial de lucro estava em 60 bilhões de ienes e que agora a Nikon espera fatura “apenas” 38 bilhões de ienes. Tudo bem que ainda é uma bela grana, mas quase metade do que todo mundo estava esperando. Se uma empresa anuncia que errou a previsão de faturamento em quase o dobro o mais esperado é algum abalo em sua credibilidade. As causas para essa queda na previsão está voltada para a diminuição de vendas na Europa e no mercado chinês e ao baixo preço de suas câmeras reflex de entrada.

Para uma empresa como a Nikon, com seu tamanho, valor e tradição, esse é apenas um soluço, mas talvez um indicativo. Nos últimos 10 anos tivemos uma aceleração sem precedentes na produção e venda de equipamentos fotográficos, cuja fotografia digital é o grande motor. Nunca em nossa história consumimos tantas câmeras e lentes como agora. Estaríamos chegando em um momento de saturação? Só saberemos isso ao certo se outras empresas do ramo começarem a rever suas projeções de vendas e isso se manter por um tempo considerável.

nikon inc

Relacionados: , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Adidas, Cupom de desconto Submarino, Cupom de desconto Americanas, Cupom de desconto Casas Bahia