Games
Games
Digital Drops Blog de Brinquedo

Roteirista diz que mais ação no Dead Space 3 era um mal necessário

Por em 11 de fevereiro de 2013
emMiscelâneas relacionados  
Mais textos de:

Site | Twitter
  • http://twitter.com/Eddie_soul True Story

    A franquia em si já não é la grandes coisas, e eu sinceramente odiei eles manterem a mesma jogabilidade e fisica… tu acerta entre as pernas do “monstro” e ainda assim o tiro pega nele, fora a falta de criatividade.

    Nao que seja um jogo ruim… So espero que acabem a franquia aí. Nova geração vindo e é hora de criar coisas novas.

    • Bruno Barbieri

      não esqueça que a maioria das armas do jogos não são armas, são ferramentas de corte.

      a plasma cutter atira um projetil que faz uma linha, e tu pode decidir se é horizontal ou vertical.

      e naturalmente se tu usar ela na horizontal e atirar no meio das pernas, vai atingir as duas pernas já que é uma “linha”. claro, para falar mal tem que conhecer.

      • marcos.petropolis

        Boa!

      • http://twitter.com/Eddie_soul True Story

        Brother eu joguei os anteriores heheh

  • Victor Cezar Coelho

    acredito que esse é o destino certo para todos os jogos de survival horror, se for manter o mesmo personagem, é comum ele ficar mais “calejado”, da mesma forma com o jogador que já acompanha a serie desde o começo, ele já sabe que o bicho ta só fingindo de morto, não vai ser um susto quando ele levanta de novo. =/

  • Bruno Barbieri

    Joguei o demo… acheAi satisfatorio, e acredito que o demo tenha muita mais ação proporcionalmente que o jogo, já que o demo é feito pra vender o jogo. e tem muito pirralho do cal ofi dutí para a EA games ludribrirar como jogo de ação e vender mais.

  • Pingback: Para CliffB, apenas distribuição digital salvará jogos de terror « Meio Bit

  • Pingback: Baixas vendas do Dead Space 3 teriam feito EA desistir da série « Meio Bit