Roteirista diz que mais ação no Dead Space 3 era um mal necessário

dori_ds3_11.02.13

Quando o primeiro vídeo mostrando a jogabilidade do Dead Space 3 surgiu, ficou claro que o jogo teria um forte apelo à ação, algo que incomodou várias pessoas que o classificaram como um clone do Gears of War. Como o game já foi lançado, alguns detalhes sobre o desenvolvimento começam a surgir e Antony Johnston, roteirista do primeiro capítulo, tentou justificar o motivo dessa mudança de estilo.

Sei que os desenvolvedores querem sempre se tornar maiores em termos de alcance e eu já havia mencionado anteriormente que o universo que criamos era enorme, com muitos elementos que simplesmente não se encaixavam no primeiro jogo.

Então, para ter a história contada, para completar o universo, era inevitável que os cenários e a ambientação fossem ampliados um pouco, ganhando uma escala um pouco mais épica, caso contrário teríamos o mesmo jogo em uma nave diferente, o que seria bastante chato.

Mesmo acreditando que seguir este caminho fosse um mal necessário para fazer com que o público do jogo aumentasse, Johnston declarou-se um fã dos antigos survival horrors e que este foco na ação proposto pelas sequências fez com que não tivesse interesse em escrever seus enredos.

Temos portanto algo parecido com o que aconteceu com a série Resident Evil, que ao se tornar um jogo de ação acabou afastando alguns antigos fãs e com isso aqueles títulos que possuem a capacidade de nos assustar vão se tornando cada vez mais raros.

[via NowGamer]

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • A franquia em si já não é la grandes coisas, e eu sinceramente odiei eles manterem a mesma jogabilidade e fisica… tu acerta entre as pernas do “monstro” e ainda assim o tiro pega nele, fora a falta de criatividade.

    Nao que seja um jogo ruim… So espero que acabem a franquia aí. Nova geração vindo e é hora de criar coisas novas.

    • Bruno Barbieri

      não esqueça que a maioria das armas do jogos não são armas, são ferramentas de corte.

      a plasma cutter atira um projetil que faz uma linha, e tu pode decidir se é horizontal ou vertical.

      e naturalmente se tu usar ela na horizontal e atirar no meio das pernas, vai atingir as duas pernas já que é uma “linha”. claro, para falar mal tem que conhecer.

      • marcos.petropolis

        Boa!

      • Brother eu joguei os anteriores heheh

  • Victor Cezar Coelho

    acredito que esse é o destino certo para todos os jogos de survival horror, se for manter o mesmo personagem, é comum ele ficar mais “calejado”, da mesma forma com o jogador que já acompanha a serie desde o começo, ele já sabe que o bicho ta só fingindo de morto, não vai ser um susto quando ele levanta de novo. =/

  • Bruno Barbieri

    Joguei o demo… acheAi satisfatorio, e acredito que o demo tenha muita mais ação proporcionalmente que o jogo, já que o demo é feito pra vender o jogo. e tem muito pirralho do cal ofi dutí para a EA games ludribrirar como jogo de ação e vender mais.

  • Pingback: Para CliffB, apenas distribuição digital salvará jogos de terror « Meio Bit()

  • Pingback: Baixas vendas do Dead Space 3 teriam feito EA desistir da série « Meio Bit()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Adidas, Cupom de desconto Submarino, Cupom de desconto Americanas, Cupom de desconto Casas Bahia