Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

Sustentabilidade ou esperteza? Operadora não venderá mais celular com carregador

Por em 19 de janeiro de 2013
emCelular Mundo Estranho
Mais textos de:

Site | Twitter
  • http://www.facebook.com/thiagovalenti Thiago Valenti

    Padroniza a conexão entre o microUSB e a tomada e tudo funciona. Ou seja, usa sempre o mesmo cabo. Fala isso pra Apple agora…

    • http://contraditorium.com Carlos Cardoso

      não é só o cabo, os aparelhos tem exigência de potência diferentes.

      • http://www.facebook.com/musashidj Flavio Henrique

        Como sempre o padrão sempre é mau pensado, típico e muito triste quando pensamos no fato de que tem engenheiro formado com trocentos canudos mas fazendo merda no laboratório.

        • Carlos Magno GA

          Mais ou menos. Compara a exigência de carga de um tablet, um MP3 Player e um notebook (que também tem carregador, não é só ligar na tomada). Compara também o espaço disponível entre um e outro.

          Naquelas caixas de som que se vende na Uruguaiana, o conector é um USB. No iPod, o conector USB normal é mais grosso que o aparelho.

          Sem falar na guerra de brios de companhias diferentes adotando padrões de carregamento diferentes.

          Aqui em casa eu tenho que anotar a corrente e “voltagem” de cada carregador, para evitar que carregadores com conectores iguais sejam conectados a aparelhos incompatíveis. Pelo menos o padrão USB padronizou a “voltagem” da conexão para aparelhos pequenos: 10 volts.

          Vai demorar até a indústria chegar a um acordo.

      • http://twitter.com/Eddie_soul True Story

        pra isso é so comprar um carregador inteligente que cheque a amperagem necessaria do micro usb

    • http://twitter.com/Cyber_Ramses/ Ronaldo Gogoni

      Já foi feito: em 2009 um acordo foi assinado pela Apple, LG, Nokia, Motorola, Samsung, Sony, RIM, Qualcomm, NEC e Texas Instruments na União Européia para padronizar os carregadores, usando justamente o microUSB. Se o aparelho não tem entrada deve fornecer o adaptador. Mas não adianta padronizar a entrada e não a potência necessária para alimentar o aparelho.

      • http://www.facebook.com/musashidj Flavio Henrique

        Como sempre o padrão sempre é mau pensado, típico.

  • Ramon E. Ritter

    No meu caso isso não vai mudar nada. 3 anos atrás eu comprei um adaptador USB para tomadas no Deal Extreme e tenho carregado os aparelhos de casa com ele. E quando estou no trabalho carrego na porta USB do micro.

    Alguém havia comentado na época que isso poderia diminuir a vida útil da bateria. No caso do celular não vi nenhuma diferença. No caso do iPod aparentemente também não (essa tranqueira continua precisando de duas cargas por dia desde que comprei).

    • http://www.facebook.com/kadugaspar Kadu Gaspar

      No meu caso não vai mudar nada porque não sou cliente da O2 e nem vivo na Europa mesmo…

    • http://www.facebook.com/musashidj Flavio Henrique

      De que adianta ser leve e fino se não aguenta um dia sem ficar ao menos meia hora atracado com a porra da carga…
      Só do max da linha razr pra frente é que tem conseguido algo menos deshonroso :(

  • José Luis Junior Segatto
  • http://www.facebook.com/renanrox Renan Passos

    se poder carregar pelo usb do pc ta tudo sussa

  • http://twitter.com/luanlmd Luan Almeida

    Eu tenho N carregadores em casa parados pq td aparelho que compro acompanha um. Acho a decisão da operadora louvável. É melhor fazer pouco do que fazer NADA e ainda ficar falando abobrinha.

    • André Noia

      Concordo com você. Aqui em casa fica apenas um carregador pendurado na tomada e todos carregam seus respectivos celulares nele. Algo como 3 celulares e um tablet.

  • http://www.facebook.com/chr.oliveira Christian Oliveira

    Tenho 3 carregadores apple sem uso, nokia então uma gaveta cheia.

  • BielSilveira

    O Laguna já não se identifica como Max há um bom tempo.
    Sobre a matéria, não tenho dúvidas de que é um mero golpe de esperteza.

  • Luiz Felipe

    Não sei até que ponto a economia em carregadores se paga. O custo logistico em fazer a integração e o projeto para um padrão somente é alto, pois se trata de hardware, que não é tão “facil” de alterar quanto software.
    Outro problema semelhante, é que hoje temos 110/220 quase como padrão de energia, mas ainda assim os aparelhos convertem para 12v ou 5v internamente, ou seja, todos aparelhos tem um circuito de transformação. Foi cogitado regular a saida de corrente continua dentro da casa/predio para 12v e não seria mais necessário esse “desperdicio” em eletronicos transformadores, mas essa ideia nunca deu certo. Com o celular é a mesma coisa, ele tem um transformador, mas como ele vem “separado” do celular, fica essa palhaçada ecochata. Mas todo equipamento eletronico tem esse mesmo transformador e ninguem reclama, pois não está vendo.
    Provavelmente quem mais tem a capacidade de chegar a realmente resolver esse problema de carregadores é o padrão do USB3.0, que tem uma “amperagem” maior.

    • Vinicius Zucareli

      Não vai pra frente por questões de segurança. É MUITO mais seguro trabalhar com corrente alternada, além de mais barato (para pequenas correntes).

      Sabe onde se situa a frequência menos nociva ao homem? Entre 50 e 60Hz, os dois padrões mais utilizados de energia alternada.

      Tudo isso tem um bom motivo pra existir, pena que não existam baterias de corrente alternada.

      • Carlos Magno GA

        Como assim mais seguro? Para baixa corrente tanto faz corrente contínua com corrente alternada, a menos que seja o meu filho de 3 meses fazendo um conserto elétrico na casa (esse é o meu garoto!).

        Para correntes mais altas, corrente alternada gera espasmo muscular, deixando você “agarrado” na fiação e perdendo hit points.

        Começo a achar que o melhor é carregamento por indução mesmo, como o Cardoso falou no outro post. Acabam-se os carregadores: mesmo aquele fio celular-usb eu considero um carregador.

        • Luiz Felipe

          Mas os ecochatos não vão gostar porque desperdiça 70% da energia, tudo bem que é 70% de 10mw. Mas eles reclamam até dos 0.2mw daquele led de standby. Só o fato de existirem já gasta mais energia do que suas supostas “maravilhosas” ideias de economia, podiam se matam para ajudar o meio ambiente, mas dai a cremação produziria co2, não pode.

  • Christopher Pike

    Cardoso,

    Não é só sem carregador não. Segundo a InfoExame, os celulares da O2 também virão SEM BATERIA!!!!!!!!!

    http://info.abril.com.br/noticias/mercado/o2-vendera-celular-sem-bateria-na-inglaterra-19012013-11.shl

    Acho que o estagiário da Abril, quando traduzia a notícia, achou que battery era carregador, e que charger era bateria, só pode ter sido :-D

    • Dyeison Carraro

      pô gente, bateria também polui o ambiente… a O2 só quer ajudar… rs

      • http://www.facebook.com/DFO.WOA Dennys Silvano

        Quem vai querer comprar os celulares nesta operadora? Se for para ficar sem bateria e carregador, melhor nem comprar o celular.

  • Vinicius Zucareli

    amperagem não existe…

  • http://www.facebook.com/people/Jacques-Marques/100000722508430 Jacques Marques

    Uma solução muito mais ecológica, seria padronizar os carregadores, assim você não precisaria ter um carregador para cada celular, e poderia haver locais com carregadores disponíveis para o público, poderia usar o carregador de um amigo. Seria como isqueiro/fosforo você pode usar qual quer um não importa o fabricante ou o dono…

    • http://www.facebook.com/musashidj Flavio Henrique

      Hoje em dia boa parte dos aparelhos da motorola, nokia, e outras usam o padrão micro usb para dados e carga, eu mesmo comprei um nokia asha 202 que vem com uma fonte mas ele também carrega pela porta usb na boa. o problema são a sansung e LG e principalmnte a apple que vivem fazendo merda no mercado lançando aparelhos com conectores proprietários.

    • http://www.facebook.com/leandro.caxa.1 Leandro Caxa

      Mesmo assim todos os aparelhos precisariam vir com um.

      Fora que não tem como padronizar a amperagem devido a diversidade de aparelhos.
      O encaixe sim deveria ser padrão, mas dai é outro papo.

  • http://twitter.com/ericksonleon Adams

    Uma decisão estranha, mas para dispositivos que carregam normalmente pela USB não vejo problema. Tenho carregado todos meus dispositivos no PC há anos, pois desde que a Asus mandou uma atualização (ainda no lançamento do iPad) está fornecendo até 1A de corrente em cada porta.

  • http://nada-aqui.posterous.com Marcio Neves Machado

    Eu hoje em dia raramento uso o carregador do meu Galaxy S para carregá-lo. Só quando quero deixá-lo perto da cama enquanto carrega. Fora isso, só uso ligado no PC mesmo. Considerando que os computadores hoje em dia são “todo mundo tem”, vejo isso como um padrão aceitável. Claro que seria um problema para carregar quando fora de casa, tipo, viajando, mas não me incomodaria tanto em não ter um carregador. Claro que isso só é possível porque meu celular CARREGA quando ligado numa porta USB, claro

  • http://www.facebook.com/cacio.frigerio Cacio Frigerio

    Na Europa os carregadores são padronizados para microUSB. Portanto acho válida a opção.. claro se isto refletir em desconto para o consumidor.

  • Jorge Luiz Marques Dondeo

    Esse papinho de ecológico é desculpa pra todo tipo de malandro tirar uma graninha do governo, empresas ou pessoas, e os bestas vão na onda… hehehe….

  • Victor Santos

    Primeiramente, elogiar o seu trabalho. Seus textos são ótimos.

    Sobre esse texto acho válido a não inclusão do carregador. Informe no manual uma tabela informando o mínimo necessário e o ideal além do tempo que leva para carregar usando o carregador com os requisitos mínimos e com o ideal. Ofereça ao usuário a opção de escolha obviamente com a diferença de preço entre uma versão e outra.

    Sobre o descarte do material, eu tenho uma sacola com carregadores velhos e até 1 ou 2 celulares e eles estão dentro dessa sacola porque acho errado pegar essa tranqueira toda e deixar a Comlurb fazer o “descarte” e também tenho preguiça de pegar esse material e levar até um shopping para fazer o descarte até porque vou ter que contar com a consciência de quem receber o material de que ele vai pegar aquilo e fazer o procedimento correto e não pegar e jogar na lixeira mais próxima.

    Abraços.

  • Pingback: Carregador padrão para notebooks chegará ao mercado em 2014()