Top 10 presentes para Fotógrafos

Foi proposto aqui no Meio Bit que os editores criassem algumas listas de compras para o Natal. Até pensei fazer um Top 10 Câmeras para você torrar o seu rico dinheirinho, mas vai um pouco contra meus princípios dizer qual câmera você tem que comprar. Ainda acho que câmeras e lentes são compradas por conta de nossas necessidades fotográficas e não porque alguém indicou. Já que uma câmera não serve para fazer tudo, então é melhor que cada um analise suas necessidades e faça suas escolhas. Mas, existem alguns penduricalhos, acessórios e perfumarias que todo fotógrafo deveria ter o prazer de ter. Se você tem um grande amigo fotógrafo ou esta casado(a) ou namorando um(a), então aqui vai uma listinha de coisas (dos mais variados preços) que todo fotógrafo vai amar ter.

01 – Lente 50mm f/1,8 – essa é clássica e digo que todo fotógrafo deve ter uma. Antigamente (alguns anos atrás) toda câmera mecânica vinha com uma lente 50mm de boa qualidade e com grande abertura de diafragma. Ainda hoje acho que as câmeras de entrada deveriam vir com uma 50mm em vez da 18-55mm horrível que as acompanha. Qualidade de imagem, grande abertura de diafragma, versatilidade e preço baixo. Essa é uma pequena guerreira que não pode faltar na bolsa de qualquer fotógrafo. A versão Canon pode ser achada por menos de R$ 400,00 no Mercado Livre. A Nikon está um pouco mais salgada, podendo ultrapassar os R$ 500,00.

02 – Bolsa Fotográfica – Já que falamos em bolsas, isso também não pode faltar para o fotógrafo. A bolsa não é um acessório sem sentido, pois a função dela é proteger o equipamento contra o atrito e intempéries. Uma boa bolsa deve ser confortável de se carregar e grande o bastante para caber tudo que você leva ao fotografar (se for a prova de água melhor ainda, embora o preço vá triplicar). O tamanho dela vai depender da quantidade de equipamentos que você possui ou do que você costuma levar em suas saídas fotográficas. A Diafilme possui diversas opções de mochilas e bolsas fotográficas que começam em R$ 40,00.

03 – Tripé – essa é uma ferramenta maravilhosa e com usos muito bacanas. Porém, muita gente não vê a utilidade de um bom tripé por ser um acessório que não é utilizado frequentemente. Mas, digo por experiência própria, que você pode ficar por anos sem precisar de um e quando precisar ninguém vai te emprestar. A regra para comprar um bom tripé é testar se o mesmo é firme. Um tripé aberto que não mostra firmeza é uma ferramenta sem muita utilidade prática. Embora os melhores sejam da marca Manfrotto, existem boas opções no mercado. Eu mesmo tenho um parrudo da marca Tron que nunca me deixou na mão. Bons tripés começam na faixa de preço de R$ 300,00.

04 – Monopé – esse existe para trazer estabilidade para a câmera e ao mesmo tempo não prejudicar a mobilidade do fotógrafo. Ótimo para locais onde você não pode ocupar todo o espaço que um tripé ocuparia. Existem monopés de marcas famosas e bem caros, mas como aqui quem mantém a câmera segura é o próprio fotógrafo, não vejo problema em comprar um modelo barato. Só deve prestar atenção no tamanho máximo de abertura do equipamento que deve ficar perto da altura do fotógrafo.

05 – Radio Flash – aqui está uma coisa que pode transformar a maneira como você utiliza o seu flash. Ter a possibilidade de utilizar o seu flash de forma remota é maravilhoso e pode abrir novos caminhos criativos em sua fotografia. Os modelos de câmeras mais caros podem disparar o flash externo remotamente, mas se você não possui um equipamento mais moderno e caro a saída é um radio flash. Os modelos chineses mais em conta no mercado são o Cactus V5 (R$ 273,00) e o Yongnuo RF 603 (R$ 170,00).

06 – Kit Strobist – já que você vai aprender a trabalhar com seu flash remotamente, então por que não pensar em comprar um kit strobist e levar o seu estúdio dentro de sua bolsa? Existem conjuntos a venda no Mercado Livre composto por tripé de estúdio, um suporte para flash e sombrinha do tipo ball head e uma sombrinha rebatedora pela quantia de R$ 135,00. Procurei pelos acessórios em separado e é mais vantajoso comprar o Kit. Só depois de ver o efeito que é conseguido com esse conjunto é que você percebe como o investimento é baixo.

07 – Rebatedor Circular – se você conhece um fotógrafo que adora fazer retratos de dia e não possuí um flash para fazer preenchimento, então o presente ideal é um rebatedor circular. Existem opções com vários tamanhos e cores. Existem os básicos com as cores prata e dourada e os com cinco cores (e a opção de difusor). Eu recomendo os de 110cm que podem ser achados por até R$ 120,00.

08 – Kit lente Close Up – todo mundo é apaixonado pelo mundo da macrofotografia, mas nem todo fotógrafo tem grana para investir em lentes macro de grande rendimento. Nos sobra os anéis inversores e os filtros close-up. Eles são vendidos para serem acoplados a sua lente preferida e devem ser comprados respeitando o diâmetro dela. Eles possuem graduações que indicam o poder de aproximação de cada um. Podem ser utilizados separadamente ou em conjunto. Existem os close-up de marcas caríssimas e os mais baratinhos genéricos. Com um kit de R$ 100,00 já da para começar a brincar.

09 – Cartão cinza – você começou a fotografar agora e quer sair do botãozinho verde? Quer aprender fotometria e saber como a coisa toda funciona. Então seria muito bacana você ganhar um cartão cinza. Esse acessório é muito utilizado em estúdio e em situações externas onde sua finalidade é acertar o balanço de branco e fazer uma fotometria exata, respectivamente. Poucas pessoas hoje em dia conhecem os seus benefícios e como utilizar o brinquedo. O modelo Mennon pode ser encontrado no Mercado Livre por R$ 69,00.

10 – Copo em forma de lente – isso não vai ajudar você a fotografar melhor, mas vai causar inveja mortal em seus amigos. As canecas em forma de lente já existem há algum tempo e estão se tornando muito populares no Brasil. Os modelos mais comuns emulam as 24-70mm, 24-105mm e as 70-200mm tanto da Canon quanto Nikon. Existem os modelos mais elaborados e licenciados pelas marcas que podem chegar a R$ 100,00 no Brasil e os modelos chineses, mais pobres em detalhes, que ficam na média de R$ 45,00.

Bem gente, é isso. Aceito conselhos para aumentar essa lista. E desde já um feliz Natal para todos, ho ho ho.

Relacionados: , , ,

Autor: Gilson Lorenti

Geógrafo de formação e fotógrafo de coração, comecei a fotografar com 18 anos de idade (antes disso nunca tinha pegado uma câmera na mão). Depois de muito estudo veio a carreira profissional que passou por várias modalidades da fotografia até realmente descobrir o que gosto de fazer. Hoje me dedico ao ensino de fotografia, fotografia Fine Art e Books Fotográficos (gestante, moda, sensual). Tomando emprestado as famosas palavras de Ansel Adams "Quando as fotografias não forem mais suficientes, me contentarei com o silêncio".

Compartilhar
  • Amei a lista, Gilson!

  • Estou começando agora e tem muitas coisas que ainda preciso.
    Qual melhor curso online para fotografo iniciaste e intermediário?

  • Baita lista, Gilson! O primeiro item foi justamente meu presente de natal pra mim mesmo, hohoho.