BREAKING BREAKING NEWS: Segundo INPI G Gradiente iphone é da Gradiente

A situação se complica. Apesar de ter desistido em 2006 do registro da marca iphone, a Gradiente manteve o registro da marca… “G Gradiente iphone”, como consta no processo 1258278 no INPI.

kibada2

Isso significa que as informações da Reuters estão erradas, a linha não se chama IPHONE, mas “G Gradiente iphone”, como aparece no site oficial da empresa.

Por enquanto estão protegidos, mas a Apple com certeza cercará feito um tubarão, esperando o primeiro estagiário digitar “iphone da gradiente”, ou algo assim.

A canalhice, parasitismo e esperteza continuam valendo, pois a Gradiente está capitalizando em cima do esforço de marca da Apple, e para piorar, nem podem exigir que esta pare de vender iPhones de verdade, da mesma forma que a Coca-Cola não pode impedir a Baré-Cola de vender sua tubaína.

Resumo até o momento:

IPHONE – APPLE

G GRADIENTE IPHONE – GRADIENTE

AIPHONE – registrado em 1975, caducou em 2006, extinto em 2007.

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Sinto uma enrabada bonita chegando

    • Chuck Norris já pegou o avião.

      • r0t3ch

        Acho que não , agora ele tá mais preocupado em explicar, porque não se assumiu antes..

    • só eu imaginei o meme da foquinha gritando ” gayyyyyy” ?

    • UI!

  • Como disse um certo sábio, nessa hora o Divino está amolando a estrovenga em muro de chapisco. :v

    • Sabedoria milenar do Sr. K… Ai eu pergunto: Quem foi o esperto na Gradiente que soltou essa história de ter o registro do nome (e que de fato tinha) sem ter mais?

      • Aí que está: parece que eles tem mesmo.
        Pior que isso tá parecendo cabo-de-guerra: uma hora é da Gradiente, depois da Apple, depois da Gradiente… triste é uma empresa que já foi grande, inclusive representante da Nintendo do Brasil, ter virado uma patent troll.

        • Eu acho é justo. Afinal, já dizia o Coringa, o Jocker, o Palhaço: Alguns homens só querem ver o circo pegar fogo.

        • Como assim, patent troll?
          A Gradiente possui uma marca registrada e quer usa-la. Ato jurídico perfeito.

  • Estou mais curioso em saber da onde a Gradiente tirou esse nome do iPhone em 2000.

  • André

    Na verdade, a marca que a Gradiente possui é a “G GRADIENTE IPHONE”, em nome da IGB ELETRÔNICA S.A..

  • OverlordBR

    Olá, quero um G Gradiente iphone Neo One GC 500 SF com fritas e refri de 500ml.

    Nome pequenino este, hein?

  • Hollander

    Primeiro: Alguém na Gradiente vai perder o emprego por ter dito que a marca IPHONE era deles.

    Segundo: Alguém na Gradiente vai perder o emprego por ter desistido da marca IPHONE em 30/05/06.

    Terceiro: Alguém na Gradiente vai perder o emprego por não ter sequer visitado o site do INPI e visto a quem pertence a marca IPHONE.

    • Quarto: Algum advogado da Apple perderá o emprego se sequer resolver usar uma vaselina básica.

    • Well Dias

      A Gradiente andou mal das pernas na última década. Esse processo de revitalização que ela passou, sem dúvida, mandou muita gente embora. É provável que todos estes “alguéns” já tenham perdido o emprego a muito tempo. 😛

      • Astolfo

        Tenho a impressão que, hoje, a Gradiente é uma reempacotadora de quinquilharias chinesas, certo:

      • Hollander

        Só sinto saudades de um produto Gradiente: MSX. Mas então, abro o emulador e passa.

  • Desculpa, mas acho que a Gradiente não terá direito a nada.
    Uma pequisa rápida no INPI mostra 4 páginas de resultados de pedidos e registros com o nome iphone (tanto apenas a palavra sozinha, como no meio de outras palavras). Tem registros cancelados, um monte de pedidos e os registrados.
    OK o pedido de registro da Gradiente é de 2000 e o registro concedido em 2008. Só que na categoria NCL (7) 09 (Aparelhos e instrumentos científicos, náuticos, geodésicos, elétricos, fotográficos, cinematográficos, ópticos, de pesagem, de medição, de sinalização, de controle (inspeção), de socorro (salvamento) e de ensino; aparelhos para o registro, a transmissão e a reprodução de som ou imagens; suporte de registro magnético, discos acústicos; máquinas distribuidoras automáticas e mecanismos para aparelhos operados com moedas; caixas registradoras , máquinas de calcular, equipamento de processamento de dados e computadores; aparelhos extintores de incêndio.) Nem telefone é!
    Os registros da Apple são em outras categorias: (8) 28, (9) 16, (9) 25.
    Portanto, a meu ver, a Gradiente está muito mal assessorada!

    • como assim, nem telefone é?
      “a transmissão e a reprodução de som”

      • Luiz Felipe

        pelo menos o iphone da gradiente pode vir com extintor de incendio

    • Lucian Solo

      Telefones estão sim na categoria 09. As categorias 28, 16 e 25 se referem a Brinquedos, Papelaria e Roupas, respectivamente. Dessa forma, pelo menos administrativamente, a Apple tem um probleminha.

  • Hahahahahah eu disse “se a Gradiente realmente tiver esse registro”. Citado pelo Cardoso, meus 15 minutos de fama

  • Felipe Lima ®

    GRADIENTE 1 x 0 Apple!!!

    VAI BRAZIL!!!!

  • Cassiano “SpellCat” Calegari

    Cardoso, ha tratados que defendem as marcas independente do local do registro desde que este seja signatário do mesmo e o registro seja devidamente depositado. Se a Apple comprovar que o produto da gradiente visa gerar confusão entre os consumidores e prejudicar a marca dela, é muito provável que a gradiente acabe com as calças no joelho.

    A questão é se compensa a Apple entrar em uma briga judicial com a gradiente. De qualquer forma quero acompanhar essa novela tupiniquim =D

    • Caras, esse processo não resiste à primeira intervenção da Apple.

      A Lei 9279/96 regula as marcas e patentes (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9279.htm).

      Dispositivos diretamente afetos ao caso:

      Art. 124 XIX: não são registráveis como marca “reprodução ou imitação, no todo ou em parte, ainda que com acréscimo, de marca alheia registrada, para distinguir ou certificar produto ou serviço idêntico, semelhante ou afim, suscetível de causar confusão ou associação com marca alheia;”

      Art. 126. “A marca notoriamente conhecida em seu ramo de atividade nos termos do art. 6º bis (I), da Convenção da União de Paris para Proteção da Propriedade Industrial, goza de proteção especial, independentemente de estar previamente depositada ou registrada no Brasil.”

      Art. 165. É nulo o registro que for concedido em desacordo com as disposições desta Lei.

      Art. 169. O processo de nulidade poderá ser instaurado de ofício ou mediante requerimento de qualquer pessoa com legítimo interesse, no prazo de 180 (cento e oitenta) dias contados da data da expedição do certificado de registro.

      • No caso quem imitou foi a Apple, já que a patente da Gradiente é mais antiga.

        • Cassiano “SpellCat” Calegari

          Não.

        • Lucian Solo

          A patente da Gradiente não é mais antiga. Somente o registro da Marca é. Lembrando que marca e patente são coisas completamente diferentes. No caso o Euler tem muita razão em apontar essa parte da Lei 9279, porque provavelmente a 1ª coisa que a Apple vai fazer é alegar notoriedade e isso pode sim, em juízo, fazer cair o registro da marca da Gradiente, já que ela não lançou nenhum aparelho esses anos todos e a Apple, nesse meio tempo, tornou seu iphone mundialmente conhecido.

        • Porra, não é patente, é registro de marca.

      • Cassiano “SpellCat” Calegari

        O problema é que o registro em si é válido, porem a utilização comercial da marca pela gradiente estaria lesando a Apple e o consumidor visto que geraria confusão na identificação das marcas.

        A unica maneira que eu vejo da gradiente manter o produto seria garantir que ele não seria confundido com o iPhone nem com a Apple de forma alguma.

  • Danilo Guarniero

    O feitiço virou contra o feiticeiro hahahaha

  • Augusto Barros

    É lamentável, revoltante, chocante! Será que esses brasileiros não percebem que desgastam ainda mais a imagem do país. Ainda mais com a Apple, essa empresa tão justa, tão correta, tão generosa. Suspeito que dois ou três diretores da companhia precisem de acompanhamento psicológico para se recuperar do baque que esse golpe deve ter provocado.

    • Hollander

      A Apple certamente fará uma reavaliação estratégica do preço do produto.

      R$ IPhone = ( US$ IPhone + 1000 ) * FCMP

      onde: FCMP = Fator Compensatório de Marca e Patente.

    • marcosalex

      A Apple está provando do próprio remédio, já que processava até supermercado.

  • O celular é uma porcaria? Sim. Mas a Gradiente registrou a patente (muito) antes da Apple. Teve visão que o nome apela para o consumidor e fez valer seu direito. Não vi canalhice, parasitismo sobre o esforço da Apple por que na época do registro, ninguém imaginava que a Apple fosse lançar um produto chamado iPhone (isso se alguém na própria Apple tinha alguma idéia neste sentido em 2000). Apostou e agora está colhendo os frutos.

    Cardoso, que fanboyzismo é esse?

    • Lucian Solo

      Correção: a Gradiente registrou a MARCA muito antes da Apple. Não a patente! Marca e Patente são duas coisas completamente diferentes, e é bom a gradiente tomar cuidado porque foi bem aí que a Apple solapou com a Samsung em vários países. A Apple vai sim ter uma dor de cabeça com o problema da Marca, mas tem um potencial de causar um belo estrago na Gradiente pelo lado da patente, caso alguma coisa no aparelho da Gradiente violar a patente do aparelho da Apple.

    • A canalhice e o parasitismo é querer só agora se aproveitar da marca estabelecida para enganar consumidores incautos na compra de celulares.

    • marcosalex

      Pois é, Apple que sempre processa qualquer um agora provou do seu remédio.

    • Hesiodo Ascra

      Patente? Acho que é marca registrada, não? São coisas MUITO diferentes (ou melhor deveriam ser… Para a Apple é tudo a mesma coisa).

  • Leonid

    O i-Phone da Apple e o IPHONE da Gradiente são ambos feitos na China.

    • Só que o IPHONE da Gradiente provavelmente também foi projetado na China. Alguém sabe a OEM dele?

  • Tá, registrou a marca e tal, mas pelo menos a Gradiente deveria ter um bom senso de não colocar esse nome em um telefone, até porque certamente os aparelhos de longe, nem se comparam. Seria menos feio eles tentarem extorquir um cascalho da Apple para transferirem a titularidade do nome. Imagina a chacota de quem comprar o tel e falar “Comprei um Iphone!”, “Da Apple?”, “Não, da Gradiente!”
    E vou até mais longe, pois certamente vai ter um lango lango que vai comprar esse aparelho e pensar que seria o Iphone mesmo, e dá-lhe procon depois.

    • Concordo e acho que eles teriam muito mais lucro tentando extorquir a apple.

  • AIPHONE – registrado em 1975, caducou em 2006, extinto em 2007.

    Que nada: tem outro pedido de registro, datado de 2008 🙂

  • Felipe Antunes

    tadinha da Apple, vai se consolar usando a Braun como inspiracao. Briga de cachorro grande: To fora

  • Chupa Cardoso

    Chupa, Cardoso applefag, CHUPA!

  • Renan teixeira

    Gradiente parece não ter muita noção do que ta fazendo.

    Tendo a marca parecida coma marca mais badalada do mundo tira esse aparelho de facture vergonhosa, se fosse a gradiente colocaria no celular factures de da inveja superior ao da maçã, para vencer todos os comparativos . A única coisa que a gradiente ganhou foi uma comparação com o celular mais badalado do momento e um celular com estigma de ser uma cópia mal feita, além de apanhar em todos os comparativos que indiscutivelmente vai ser feitos daqui até a gradiente tirar esse aparelho de linha.

    Minha opinião.

  • eu tenho uma revista veja de 2000 que já mostrava o tal “iphone”, posso ate escanear pra vcs darem uma olhada

  • Joao Mendes

    Nem tenta disfarçar o fanboyismo fanático, coisa lamentosa.

    Com as suas próprias palavras:
    “empresa pagando de inovadora mas que na prática vive do trabalho alheio, incapaz de criar um produto que se destaque, vivendo de vampirizar o sucesso alheio”

    Só sendo um appletard pra não perceber como essa frase define bem a empresa dos cantos redondos e do marketing para pegar idiotas que se acham diferentes por pagar três vezes mais por um produto de igual ou inferior qualidade.

  • Errado. A Gradiente fez o pedido do registro em 2000. Ou seja, bem antes da Apple lançar o nome IPHONE. Sem essa de comparar Coca-cola e baré-cola. Antes, a Gradiente registrou antes. A Apple, depois. Nem mesmo o produto existia quando a Gradiente fez o pedido.

  • Pingback: Gradiente reconhece: “meu iPhone não é tão bom quanto o da Apple, mas compre assim mesmo” « Meio Bit()

  • Pingback: Segue a novela: Apple quer que INPI invalide registro da marca “iphone” pela Gradiente « Meio Bit()

  • Pingback: Gradiente tem marca “iphone” bloqueada, que pode ir a leilão. Motivo? Quase um milhão deles « Meio Bit()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja