Gabe Newell volta a falar em levar o PC para sala

dori_ste_10.12.12

Quase tudo o que tem saído da Valve ultimamente tem a ver com as intenções da empresa de expandir seus negócios e um dos pontos principais para isso seria o lançamento de uma espécie de console rodando Linux. O lançamento do Big Picture deixou claro este caminho que pretendem seguir e durante o Video Game Awards, Gabe Newell falou um pouco sobre como eles esperam mudar a maneira como jogamos na sala.

Os consumidores e a maioria dos desenvolvedores descobrirão que o PC é o melhor ambiente para eles. Eles não terão que dividir o mundo ao pensar ‘porque meus amigos estão na sala de estar ou porque minhas fontes de vídeo estão em um lugar diferente de todo mundo?’ Então, esperamos unificar esses ambientes.

Mas muitos poderão pensar que um aparelho da Valve não faz muito sentido, já que bastaria simplesmente montar um computador e ligá-lo na TV, porém, Newell afirma que a plataforma deles será mais controlada, algo que funcionará apenas ao apertarmos um botão, assim como sempre vimos nos consoles. Para o executivo, “uma das coisas legais do PC é que muitas pessoas diferentes podem tentar soluções diferentes, assim os consumidores podem encontrar aquela que funciona melhor para eles.

Estaria Gabe Newell tentando criar um dispositivo capaz de ser um divisor de águas no mundo dos games ou este seria apenas o devaneio de alguém que perdeu a noção da realidade? Por enquanto é difícil responder a tal pergunta, mas será que alguém discorda que um console com os preços do Steam e a liberdade dos computadores é algo bastante promissor?

[via The Verge]

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • http://www.facebook.com/yami.fagner Fagner Oliveira

    Cara, seria realmente uma revolução na forma de ver os consoles, torço fortemente para ter um desses na minha sala e nao que seja mais uma utopia!!!!

  • marcos.petropolis

    Não, sinceramente não acho idéia “de alguém que perdeu a noção da realidade”, que aliás são termos inadequados.Quando ele disse que o Windows 8 seria péssimo para a indústria, diziam ser “mimimi” e logo depois surgiram outros fazendo côro com ele.Talvez nada que ele tenha feito até agora seja revolucionário , mas não têm como negar que é bem feito e que ele é ao menos competente.E não acredito que ele seja leviano, ele provavelmente têm uma boa idéia em mente e está próximo de colocar em prática.Se dará certo ou não são outros quinhentos.No início desta geração de consoles a empolgação levou muitos á dizerem que o PC estava acabado para jogos, lembro-me muito bem.Hoje , com essa geração em decadência , vemos os jogos no PC cada vez mais fortes.E inegavelmente o Steam do Gabe Newell é um dos responsáveis por isso.

    • http://www.vidadegamer.com.br/ Dori Prata

      Eu considero o Steam algo revolucionário.

  • Thiago Rocha

    Pros que estão antenados com o Steam on Linux, vê a Source Engine funcionando de maneira satisfatória até com placas gráficas Intel da geração passada.

    Logo esses “Media Centers” que vemos abaixo de 100 dólares nos sites chineses poderão servir de console.