Ciência
Ciência
Digital Drops Blog de Brinquedo

Glória Perez fazendo escola – Brasil vai clonar espécies ameaçadas

Por em 12 de novembro de 2012
emCiência
Mais textos de:

Site | Twitter
  • http://twitter.com/CarlosHC Carlos H. Campello

    A referência da “vaca Vitória” foi sensacional :)

  • http://www.facebook.com/crazytng Victor Sandi

    O nível de sarcasmo do Cardoso nesse post é mais de 9000!

  • Keaton

    Nossa… só eu lembrei duma certa música dos Titãs?
    Uh… para clonar um politico honesto só fazendo modificações genéticas sérias. Seria o caso de politico transgenico…

    • http://twitter.com/zardolino Anderson Zardo

      quando eu terminei de ler “coelinho peludo” meu cérebro automaticamente pensou: “Vão se fuder” heheheheh

  • http://www.facebook.com/cacio.frigerio Cacio Frigerio

    Cara… sem brincadeira.. eu consegui gargalhar em TODOS os parágrafos.. É impressionante como CARDOSO consegue juntar conhecimento, inteligencia e humor.

    É o tipo de humor que eu acho fantástico.. leve, inteligente e rápido.. Parabens

  • http://www.facebook.com/people/Tiago-Alexandre/1840223622 Tiago Alexandre

    Acho que é desnecessario clonar animais raros para fins de estudo caso a espécie entre em extinção, por que os animais ainda estão ai e dificilmente alguem consegue recurso para estuda-los em ambiente natural.

    É bem mais facil que seja uma desculpa para construção de uma arca de noé genética nacional, para o apocalipse zumbi para o fim do mundo em 21/12/12. Mas com toda essa burocracia e a desculpa de desviar todo o recurso publico da saude, edução, transporte e segurança publica para a copa do mundo, os cientistas não vão dar conta do serviço.

  • Jos_El

    Cara, essa questão de entraves éticos. Hoje temos tecnologia que nos permite modificar partes específicas do genoma de uma célula, implantando ou deletando genes quase que exatamente onde queremos. Depois do transplante de medula que fez com que um paciente HIV positivo passasse a controlar o vírus sem a necessidade de medicamentos, cada virologista do planeta deve ter pensado: E se a gente modificasse células tronco ou de medula e implantasse no paciente. Porém, imagine os entraves éticos pra isso.

    Eis que, em uma reunião do laboratório onde trabalho é dito que na China (onde mais?), possivelmente já existem pessoas que receberam esse tipo de transplante…