Digital Drops Blog de Brinquedo

Ex-CTO da Pixar torna real o maior pesadelo do Protógenes

Por em 10 de novembro de 2012
emSoftware
Mais textos de:

Site | Twitter
  • http://www.forlogic.net/ Jeison Arenhart De Bastiani

    Cardoso, quando for portátil como gostaríamos teremos o “Robbie” do primeiro capítulo do “Eu Robo” do Asimov, seria show de bola heim? Só não acredito que ele conseguirá correr com a criança no colo como no livro! rs…

  • Carlos Magno GA

    “a Startup está indo de vento em proa (vento em popa é péssimo)”

    Honeypot?

    • http://www.facebook.com/people/Wagner-Felix/661933705 Wagner Felix

      Se não for, automaticamente será quando alguem meter a mão. Primeira Lei de Meiobit.

  • http://nada-aqui.posterous.com Marcio Neves Machado

    “Não é portátil como o urso de Inteligência Artificial, do Spielberg, mas a televisão, o videogame e a piscina também não são.”

    A TV no meu celular Samsung Galaxy S e os Gameboys da vida discordam de duas dessas afirmações :D

    • http://contraditorium.com Carlos Cardoso

      Roda Halo IV nele então.

      • http://nada-aqui.posterous.com Marcio Neves Machado

        Hahaha, pô, Cardoso, aí você me quebra :D Não roda Halo IV nem no PS3, então tá tudo na mesma :D

  • http://www.facebook.com/fuzatto André Fuzatto

    “…imagine um programa específico para crianças, com capacidade de contar histórias, responder perguntas…”

    A tecnologia é bem legal, mas a parte de contar histórias e responder perguntas não seria dos pais?

    A propósito, videogame e televisão já são portáteis há muito tempo, quanto a piscina eu concordo a menos que seja uma piscina fabricada em Lilliput, mesmo assim seria impraticável as pessoas usarem se não forem nativas de lá.

  • http://www.facebook.com/kidjapa Bruno Luiz Katzjarowski

    Só eu achei estranho a guria se incubar no quarto para brincar com um sistema que substitui o imaginário dela? Ai depois reclamam que crianças não sabem diferenciar uma batata doce de um abacate.