Ancel elogia capacidade de processamento do Wii U

dori_raym_23.10.12

Embora o Wii U esteja há menos de uma mês de ser lançado, alguns ainda duvidam do quão poderoso ele será, mesmo com comentários que o equiparam aos consoles atuais da Sony e Microsoft. O mais provável é que apenas o tempo nos diga realmente do que ele será capaz, mas quem não poupou palavras para elogiar o seu desempenho foi Michael Ancel, criador da série Rayman, do Beyond Good & Evil e que gostou muito da maneira como o novo videogame da Nintendo facilitou o desenvolvimento do Rayman Legends.

O que me surpreendeu no Wii U foi que não tivemos muitos problemas técnicos, não fomos obrigados a otimizar as coisas constantemente. Mesmo nas versões para PS3 e Xbox 360 do [Rayman] Origins tivemos alguns problemas com a taxa de atualização de quadros e coisas assim. Então em partes fomos nós – melhoramos a engine – mas acho que o console é bastante poderoso, surpreendentemente poderoso e há bastante memória.

Você realmente pode ter texturas enormes e isso é louco porque algumas vezes os artistas gráficos criam nossas texturas em altíssima definição, elas poderiam ser utilizadas em um filme. Então nós as comprimimos, mas as vezes esquecemos de fazer isso e ainda assim funciona! [Risos] Então sim, o videogame é poderoso.

De acordo com Ancel, o novo game trará um novo sistema de iluminação e se o Origins agradou muitas pessoas por basicamente trazer sprites em HD, este irá além por permitir que os gráficos tenham luzes e sombras dinâmicas, e na minha opinião, será mais um excelente exemplo de que os gráficos não precisam parecer realistas para serem bonitos.

[via GoNintendo]

Relacionados: , , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • José Helbert Pina Ribeiro

    “…mais um excelente exemplo de que os gráficos não precisam parecer realistas para serem bonitos.”

    Concordo! Os gráficos do Mario Galaxy 2 ainda me impressionam, acho belíssimos, apesar do console ser “fraquinho” e só conseguir gerar imagens a 480p. 😉

  • Keaton

    Eu também gostei dos gráficos do Mario Galaxy e Galaxy 2, porém o jogo é fácil demais. 🙂

  • Oxi, sabe, até esperava por isso, quem parar e pensar um pouco mais vê que se o hardware for poderoso, mas não passar de força bruta, isto é, não haver otimização de software e tudo mais vamos ter resultados muito menores, uso android e gosto, mas vide o caso android e ios, durante muito tempo e arrisco dizer que ainda é assim, os android usam de força bruta pra compensar a falta de refinamento do software e o resultado todos sabem, processadores multinucleo com desempenho pífio. Nos próprios consoles se pode ver isso e para não atiçar nervos eu falo que dentro da evolução de um console a o efeito, olhem para jogos de início e jogos de final de geração em um console qualquer.

  • Estou ansioso para ver como o hardware do Wii U se comportará daqui a um ano e meio. E pra mim Ancel é um dos melhores game designers desta indústria.

  • Pingback: 4A Games critica duramente o processador do Wii U « Meio Bit()

  • Pingback: Wii U: quão fracos seriam os processadores do novo console da Nintendo? « Meio Bit()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja