Nintendo e a sua ambiciosa previsão de vendas para o Wii U

dori_wiiu_25.10.12

Com a recente revelação de que as vendas do 3DS no ocidente estão muito abaixo do esperado pela Nintendo e a confirmação de que a empresa deverá ter este ano um lucro cerca de três vezes inferior ao projetado anteriormente, parece que a última esperança da fabricante é apostar todas as suas fichas num início excelente para o Wii U.

Segundo a BigN, quando o atual ano fiscal terminar, o que acontecerá no dia 31 de março, a expectativa é de que 5,5 milhões de unidades tenham sido enviadas para as lojas e a quantidade de jogos que eles esperam vender é igualmente impressionante, 24 milhões de cópias. Isso significa mais de quatro por console, mas imagina-se que as vendas por downloads e os títulos inclusos com os videogames estejam sendo considerados nesta conta.

Mesmo assim, para o analista de mercado Michael Pachter, atingir tal objetivo não será nada fácil dado o preço de um lançamento e a quantidade de grandes títulos prometidos para esse período que antecede o natal, o que fará com que o Wii U tenha um duro final de ano e isso sem falar na chegada de novos aparelhos ao mercado, como o iPad Mini e o Kindle Fire HD.

Outro detalhe interessante é que apesar dos rumores que apontavam o contrário, o presidente Satoru Iwata afirmou que a Nintendo perderá um pouco de dinheiro para cada console vendido, o que quer dizer que o custo de produção será superior ao cobrado do consumidor. Embora a tática seja bem antiga na indústria, não é comum vermos a BigN em tal situação, já que ela tradicionalmente consegue obter lucro com seus videogames mesmo no dia do lançamento, o que acaba tornando essencial que os jogos para Wii U tenham boas vendas.

Portanto, mesmo com o lançamento de um novo console prestes a acontecer, tudo indica que a empresa japonesa deverá passar por uma certa turbulência nos próximos meses e depois de ter conseguido ganhar tanto dinheiro com o Wii e ter vivido um longo período de calmaria, a Nintendo se vê obrigada a mudar sua postura para não ter um prejuízo ainda maior.

[via Siliconera, GamesIndustry e Eurogamer (1 e 2)]

Relacionados: , ,

Autor: Dori Prata

Pai em tempo integral do pequeno Nicolas, enquanto se divide escrevendo para o Meio Bit Games, Techtudo e Vida de Gamer, tenta encontrar um tempinho para aproveitar algumas das suas paixões, os filmes, os quadrinhos, o futebol e os videogames. Acredita que um dia conseguirá jogar todos os games da sua coleção.

Compartilhar
  • Dori, são cinco vírgula cinco milhões de consoles: o ponto somente é utilizado como separador decimal no idioma inglês. 😉

    Sobre o assunto em si, acho que a Nintendo poderia ultrapassar essa meta proposta para o Wii U desde que não tenha os mesmos problemas de estoque/fabricação insuficientes que teve no console anterior, o Wii. B-)

    • danielneves

      Pois é, mas pelo que parece, o lançamento só será feito no Brasil justamente por causa disso.

      As pré vendas estão relativamente altas, no Japão está com bons números de pré venda, com vários jogos sendo desejados, com MH no lançamento e demo de DQX.

      Meu medo é que a Nintendo fique querendo criar hype e que as pessoas só passem a comprar mesmo o Wii U em unidades exorbitantes quando tiver muitos jogos(pq assim a venda do Wii U não se transforma em real prejuízo por vender abaixo do preço de custo).

  • Com os preços de lançamento no Brasil vai vender muito pouco, como sempre aposto que terei de ficar com meu Wii uns dois anos pra comprar o Wii-u em um preço atraente.

  • Bruno Barbieri

    com a grana que ela ganhou no wii devia ter capital de giro pra ficar uns 8 anos dando prejuizo… game cube requentado custando 50 dolares menos que um xbox360, com jogos custando o mesmo que do xboca… onde eles enfiaram toda a grana que ganharam?

    • danielneves

      Todos sabem que o que dá dinheiro para a indústria é software, não hardware. Vender não é ruim. Eles não enganaram ninguém e proporcionaram bons jogos.

  • Pingback: Nintendo revela vendas iniciais do Wii U « Meio Bit()

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja