Mobile
Mobile
Digital Drops Blog de Brinquedo

[Review] Sony Xperia P: Um Android brilhante

Por em 21 de agosto de 2012
emAnálise Celular Meio Bit Mobile Resenha relacionados     
Mais textos de:

Site | Twitter
  • http://twitter.com/Limao_lol Luis Pessoa

    “O Xperia P tem um hardware que não impressiona… O processador é um dual-core de 1GHz, ele vem com 1GB de RAM e 16GB de armazenamento.”

    Caramba to ficando velho, um celular com dual core de 1ghz não impressiona mais.

    • felipecn

      HHAHAHA Pois é! Num mundo de quad-cores com 2GB, isso é fichinha.
      Mas é sério, é o mesmo hardware de aparelhos mais low-end, como Xperia U, da própria Sony.

      E bem, não é porque não impressiona que não dá conta: Meu aparelho principal é um “arcaico” Galaxy S com 1Ghz e 512MB de RAM :P

      • mané.com

        Amigo, fala onde que um smartphone com processador dual-core de 1Ghz e 1Gb de ram não impressiona… Já é mais hardware que muito “pczinho” por aí… Só não impressiona você então… Porque com esses aparelhos que chegam no Brasil após estar sendo aposentados na Europa e nos EUA, esse hardware dá show…
        (seu nerd de merd@…)

        • http://www.facebook.com/kadugaspar Kadu Gaspar

          Quanto ódio no coração

          • Guest

            Impressiona sim, hehe. Acho que as fabricantes/mídia estão focando muito em processador e esquecendo de coisas tao importante quanto, tipo duração de bateria e qualidade da camera que ao meu ver, são duas coisas que todo mundo que vai comprar smartphone se preocupa.

    • andreyfreitas7@hotmail.com

      Pra dizer a verdade, enquanto eu lia o post pensei EXATAMENTE a mesma coisa.. rsrs

  • Edmilson_Junior

    Escolhi o SII Lite pelo MicroSD. No meu caso espaço é fundamental.

  • Rogerio Oliveira

    O que é e para que serve esse NFC?

    • Keaton

      Near field communication, comunicação sem fio a curtissima distancia. Teoricamente tem alguma utilidade.

      • http://twitter.com/viakenny Arthur V.*

        com o Android 4.0+, dá pra compartilhar fotos, informações e links (inclusive da Google Play Store) encostando um aparelho compatível no outro.
        fora que, nos EUA, dá para pagar com o Google Wallet encostando o aparelho no receptor da loja.

        • Keaton

          No Brasil seria mais como um bluetooth, porém sem muita distancia. (Não tem como pagar usando o celular ainda, e isso já funciona no japão tem anos. xD)

          • Rogerio Oliveira

            Valeu pessoal, agora entendi. Havia procurado na Net, mas nao havia encontrado uma explicacao que eu pudesse entender. Ou procurei errado, ou o Tico estava dormindo e o Teco muito ocupado, rsrs….

          • Lucas

            Eu respondi um outro cara, to postando aqui também pra que você também veja :)

            Mas é muito mais prático que o Bluetooth, não precisa parear, não tem que ficar ligando e desligando porque não gasta (muita) bateria, é só encostar e clicar no meio da tela.
            Antes de ter outros smartphones em casa com NFC eu achava que não era tão útil assim, mas agora uso muito! Por exemplo se quero baixar um jogo que vejo meu irmão jogando só encosto os dois e ele abre o app na Play Store, pra passar um telefone pra alguém abro o contrato e encosto os celulares e pronto, passa o contato inteiro, com e-mail, foto e tudo mais. E é instantâneo, encosta, clica e desencosta. É MUITO prático, faz em um passo coisas que o Bluetooth faz em 3 ou mais.

          • Lucas

            Mas é muito mais prático que o Bluetooth, não precisa parear, não tem que ficar ligando e desligando porque não gasta (muita) bateria, é só encostar e clicar no meio da tela.
            Antes de ter outros smartphones em casa com NFC eu achava que não era tão útil assim, mas agora uso muito! Por exemplo se quero baixar um jogo que vejo meu irmão jogando só encosto os dois e ele abre o app na Play Store, pra passar um telefone pra alguém abro o contrato e encosto os celulares e pronto, passa o contato inteiro, com e-mail, foto e tudo mais. E é instantâneo, encosta, clica e desencosta. É MUITO prático, faz em um passo coisas que o Bluetooth faz em 3 ou mais.

          • Keaton

            Ah sim, isso soa bem interessante. :) (não essencial para mim, ao menos por enquanto)

  • Henrique Monteiro Junior

    Prefiro o ‘xing-ling’ Xiaomi MI2, já leu a respeito deste? (U$ 317, com Android 4.1)

    • Geovane da Silva Coelho

      Via contrabando melhor ainda pois não deve vir pela via oficial, apenas importação, pagando todos os impostos e sem garantia do fabricante, sai muito caro o aparelho. No próximo ano os smartphones darão um pulo enorme em poder de processamento e na captura de imagens.

  • http://profiles.google.com/nicandro.m Nicandro Filho

    Por esse preço ja da pra pegar um Galaxy X em 12x sem juros!
    Mas acho que esse preço é de lançamento. Não deve demorar de baixar.

    O Galaxy X também chegou por 1999,00 e ja ta de 1299,00 (Ou até menos se pagar à vista!).

  • andreyfreitas7@hotmail.com

    Andrey Toper

  • Pingback: Review RAZR i: Android combina com Intel? « Meio Bit

  • Pingback: Review Sony Xperia SP « Meio Bit