Digital Drops Blog de Brinquedo

Microsoft desenvolve possessão demoníaca–Diversão para toda a família!

Por em 13 de agosto de 2012
emSoftware
Mais textos de:

Site | Twitter
  • Hercules Jr

    Fui o unico a imaginar isso no mercado pr0n? hehehehe

    Muito legal a ideia, consigo imaginar muito alem disso e essa tecnologia promete muito ;D

  • http://pulse.yahoo.com/_3MRGPFQH72252WWTNTISAH4FMY Felipe S

    Se integrar isso com Pokemon Stadium, a galera vai poder virar pokemão!

    • BielSilveira

      Por que alguém tem que comentar de Pokemon Stadium? Só pra me deixar triste porque sei que Nintendo nunca vai fazer uma nova sequência decente para ele? É? Poxa.

      • http://www.facebook.com/people/Alvaro-Giordani/100001862730613 Alvaro Giordani

        quem sabe com o potencial disto eles não se animam… ??

  • Edmilson_Junior

    É divertida e etc mas eu pensei mais em um uso mais simples e feminino da coisa. Um tipo de camera Kinect no celular ou algo assim, ela “fotografa” a cadeira para ter o modelo 3D, cadeira e todos os móveis, um projetor (atualmente um datashow, futuramente holograma) de baixo custo e com inteligencia para entender o ambiente onde está de forma simples, os 2 integrados e tem-se um ótimo sistema de teste de decorações em um ambiente real sem que o maridão precise ficar arrastando o sofá de cá pra lá o tempo todo.
    Eu gostaria de planejar uma casa assim, poder andar pelos cômodos de forma “física” e empurrar para os lados ou par aonde achar melhor a mobília virtual até chegar ao ponto ideal e comprar os móveis, com este sistema em um custo viável acho que o mercado iria subir muito pois as pessoas poderiam “testar” os moveis e equipamentos no ambiente.
    Some isto à esse Possess ai em roupas e tem-se a loja virtual perfeita.

  • http://www.facebook.com/people/Lazaro-Fernandes-Lima/100001179578982 Lazaro Fernandes Lima

    Isso ajudaria muito em produções 3d, com todo o trampo e o custo que dá para renderizar porcamente um Gollum da vida, digo… ficção, que possui mapeamento de movimentos humano com aquela roupa que aperta o fiofó sabe que o que estes pesquisadores fizeram é uma enorme contribuição a produções independentes e até de alto nível, ajudando nas fases de scratch, não somente na renderização. Não dou nem 1 ano para que deixem de usar aquele traje.