Empresa francesa espertona tenta registrar logo do Anonymous

espertaopipoca

Existem alguns nomes na Internet que não devem ser tocados, muito menos citados. Que o diga o 4Chan, quando tentou atacar a autora de Crepúsculo. Na prática qualquer coisa coletiva dá aporrinhação, vide a quantidade de ameaças de morte feitas a qualquer um que não despeje elogios ao Luan Santana. Eu mesmo já fui (não riam). (ok,riam) ameaçado de processo por uma fã indignada de… Bob esponja.

Fora essas ameaças de teentardados, há os casos legítimos, e algumas vezes a tuba enfurecida TEM razão. Por exemplo o Anonymous, que para o bem ou para o mal é uma força a ser reconhecida. Acho válido você ser contra, a favor ou não estar nem aí, mas o que a Early Flicker, uma empresa francesa fez, é, repito, pura canalhice.

Entraram com um pedido de registro de marca no INPI francês, que curiosamente também se chama INPI. Querem registrar a logo E o slogan do Anonymous. Assim, na cara dura, cobrindo roupas, bolsas, acessórios e utilitários de cozinha.

TUDO BEM vender camisetas com a logo, todo mundo faz isso, e a própria estrutura de células não-conectadas impede que haja uma loja oficial, e convenhamos a gurizada precisa comprar suas camisetas em algum lugar. Já querer tomar posse da marca, notoriamente não criada pela loja, é de uma canalhice sem tamanho.

Anonymous com certeza cairá matando, com toda a fúria irreverente do grupo, tornando essa uma derrota francesa mais previsível que a média.

A grande ironia é que farão isso usando máscaras de Guy Fawkes, popularizadas pela brilhante graphic novel V de Vingança, de Alan Moore, devidamente licenciadas e vendidas pela Time-Warner, uma das corporações que eles dizem combater.

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • “Anonymous com certeza cairá matando, com toda a fúria irreverente do grupo, tornando essa uma derrota francesa mais previsível que a média.”
    Caro Cardoso, a pergunta é: essa empresa francesa tem site?
    se a resposta for sim, a única coisa mothafocka (estou sendo bastante irônico) que os Noobnonymous vão fazer é um ataque distribuído de negação de serviço, o conhecido DDoS. É a única coisa que sabem fazer. na minha opinião são um bando de nobos, que por algum motivo a mídia elevou erradamente ao nível de “hackers”. E antes que vc me diga: “ah eles já invadiram vários sites, tal tal tal”. sim sim, invadiram… usando falhas que até minha irmã de 10 anos consegue executar com 10 minutos de leitura. não é pq o site é do governo ou de alguma coisa teoricamente foda que ele não tenha falhas ridículas. Anonymous são uma piada na minha opinião, quando se trata de conhecimento técnico. vc pode até ser fã deles pelas supostas causas que eles defendem, tudo bem, é um direito seu. Quer saber mesmo quem são os fodelões? os “anônimos” que vazam informações pro wikileaks, que ngm sabe quem são, que se mantém no anonimato. esses sim são os hackers fodas! não saem por ai noobando com ataques de negação de serviço e conseguem informações fodas de lugares fodas com certeza usando técnicas verdadeiramente fodas dos verdadeiros hackers.

    • Só um detalhe no seu coment:
      HACKER:
      Originalmente, e para certos programadores, hackers (singular: hacker) são indivíduos que elaboram e modificam software e hardware de computadores, seja desenvolvendo funcionalidades novas, seja adaptando as antigas.
      CRACKER é o termo usado para designar quem pratica a quebra (ou cracking) de um sistema de segurança, de forma ilegal ou sem ética. Este termo foi criado em 1985 por hackers em defesa contra o uso jornalístico do termo hacker. O uso deste termo reflete a forte revolta destes contra o roubo e vandalismo praticado pelo cracking.
      Acho que neste caso, o melhor termo a usar é CRACKER.
      Quanto ao resto, também estou de acordo.

    • Victor Hugo Harmatiuk

      Victor, não é possível generalizar um grupo inteiro, no meio dos Anonymous é muito possível que hajam pessoas com maiores capacidades do que sua irmã de 10 anos e muito possível que hajam pessoas com realmente muita capacidade. Não gosto do grupo e nem de quem se intitula Anonymous mas não acho que seja possível chegar a conclusão de que todos eles são “nobos” e só saibam executar um DDoS.

      E Gustavo, a maioria das pessoas está cansada de saber dessa definição de hacker/cracker/black hats/whatever…, só que a linguagem não é uma coisa presa a origens, hacker já é uma palavra extremamente popularizada com o sentido de cracker, então é assim que eles continuarão sendo chamados porque é mais comodo.

      • Sim, sempre chamaram e continuarão chamando.. Mas continuarão chamando erroneadamente. Mesma coisa que aconteceu com a Bóson de Higgs, onde foi traduzida erroneamente para God’s Particle ao invés de Goddam Particle.
        O maior detalhe, é que várias pessoas se sentem ofendidas ao serem chamadas disto, e mais por causa da imprensa (Como a rede esgoto de televisão) ao divulgar tais informações.
        Mas se você se sente bem usando um termo errado, isto já não é comigo.

        • Na verdade não foi um erro de tradução e sim uma mudança editorial.
          Mas se você se sente bem em chamar de erro de tradução, isto já não é comigo 😉

          • Sim, mas nota-se que a mudança editorial foi feita não por Peter Higgs, veja:
            Usually this nickname for the Higgs boson is attributed to Leon Lederman, the author of the book The God Particle: If the Universe Is the Answer, What Is the Question?, but the name is the result of the insistence of Lederman’s publisher: Lederman had originally intended to refer to it as the “goddamn particle”.

    • Somente ataques de DDOS?? O FBI investe na casa dos bilhões por ano em segurança, e tu acha que hackers com mais de 10 anos de idade, cujos conhecimentos se resumem DDOS ou demais “técnicas banais” não precisaram fazer mais do que isso pra invadir?

      Imagina se tivessem usado as tais técnicas FODA. Rachariam até placa mãe com scripts jquery

      • Concordo com vc leandro, o FBI com certeza nao investiria bilhoes por um simples ataque de DDOS, falou tudo. agora esse Victor Hugo bueno, tem uma irma de dez anos se ela estudando dez minutos ja pode fazer uma ataque DDOS ele que é deve perder pra ela prq nao sabe porra nenhum. tua irmã mesmo te ganha.

    • Acho que o que tu fala é uma grande merda, pois ataques como DDOS é apenas umas forma de ataque como se fosse um protesto, o que (óbvio) qualquer analista de sistema levanta o site novamente, mas existem outros tipos de ataque que possivelmente tu como burro nao deve saber e simplesmente sai julgado pela base do teu conhecimento que é bastante limitado. entao depois se vc for hackeado de alguma forma nao reclama. “a pior coisa é ser inimigo de um hacker” se duvida tenta, vai ser apenas uma burrice a mais na tua vida.

  • Ohh, the irony 🙂

  • Røßsøn £. Øliveira

    Victor Hugo Bueno, sua irmã de 10 é foda!

  • GalegO86

    Minha reação quando li esta matéria “imagem abaixo”. Que os jogos comecem!!!

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja