Telescópio Discovery Channel. Sim. Ciência, no Discovery. Quem diria.

naoehadoultraman

Levando em conta que 98% da grade do Discovery envolve Tubarões, Alienígenas, fantasmas, apocalipse maia, gente chafurdando no linho e bebendo a própria urina e a Kari Byron (ok, essa parte é boa) sobra muito pouco pra ciência.

Por isso mesmo é uma agradável, rara e bem-vinda surpresa perceber que por mais que a grade do Discovery seja questionável, o canal investe e bastante em ciência de verdade.

No caso, o Discovery Channel Telescope, instrumento de nome pouco imaginativo mas que é muito mais que uma oportunidade de patrocínio. É um projeto de US$53 milhões, parceria entre a Discovery Communications e o Observatório Lowell, no Arizona. Um projeto que começou em 2003 e só entrou em funcionamento agora, pois não é simples construir o 5o maior telescópio dos EUA, com um espelho de 4.3 metros de diâmetro e 3 toneladas.

Qual a capacidade do brinquedo? a imagem de abertura deste texto foi fotografada com o Telescópio Discovery Channel, é a galáxia M 109, fica a uns 85 milhões de anos-luz da Terra.

É reconfortante ver que por mais besteira que o Discovery veicule, uma parte razoável do dinheiro do canal está sendo revertido para a verdadeira Ciência. Com essa a gente perdoa tudo. Menos o Bear Grylls. Aí não tem jogo.

Fonte: BA

  • Jomar Martins

    Pior o History que só passa programas de bugigangas, leilões e caminhoneiros…

    • http://www.facebook.com/people/Roberto-Cézar/100002733978284 Roberto Cézar

      …que são programas que mostram a história, não são? Tirando o dos caminhoneiros, tanto Pawn Stars quanto o outro lá, mostram a história dos itens que o pessoal chega lá pra vender.

    • http://twitter.com/evsantana Evandro Santana

      Os programas que mostram “bugigangas” são muito validos, cada item tem a sua história e ela é contada nos programas.
      O que deixa o canal distante da história são os programas de caminhoneiros e de alienígenas do passado.

      • la_gomes

        [sarcasmo] Os caminhoneiros contribuíram com a história ao interligar culturas e suas trocas de conhecimentos e os alienígenas fizeram as pirâmides [/sarcasmo]

      • Kalani Mariano

        a sei la, os caras fazem moh trabalho serio, entrevistam pessoas que passaram a vida toda estudando esses alienígenas do passado, acho muito interessante, único canal que se sobre saiu dos outros e falou sobre este assunto

  • http://www.facebook.com/paulocavalcanti Paulo Cavalcanti

    Uma boa pedida, Carlos, é o Discovery Science, que é tudo o que o canal-mãe já foi e mais um pouco. Eu parei com o Discovery Channel quando a exibição de programas de maior audiência passou a ser 7/3 (sete minutos de programa por três de intervalo). É impossível aguentar tantas interrupções. Hoje em dia as melhores opções para quem gosta de Ciência são o Nat Geo nas noites de domingo, o Discovery Channel HD e o novo canal Identifcação Discovery.

  • http://twitter.com/Limao_lol Luis Pessoa

    É uma tristeza, quando a TV a cabo era recente no Brasil eu vivia babando pelos canais da Discovery mais estava muito satisfeito com os documentários da TV Cultura.
    Quando finalmente chegou no meu bairro pude acompanhar os documentários da BBC de qual sou fan e claro de Sir David Attenborough.

    Pelo menos o telescópio vai ser bem usado, se fosse do History estariam procurando alliens.

    • http://twitter.com/Cyber_Ramses/ Ronaldo Gogoni

      Mas mesmo no assunto procura de sinais extra-terrestres há uma diferença abissal entre ufólogos (pode colocar o History nesse balaio também) e o trabalho que o SETI faz.

  • ThiagoVieira

    Acho uma forma meio acertada de ver as coisas. O Discovery faz programas razoáveis pra se capitalizar e criar coisas desse tipo.

    Claro que tem que ter ciência, por que foi pra isso que o Discovery nasceu. Mas se pra criar esse tipo de iniciativa, eu até aguento o Bear Grylls.