Nãotícia do dia: Microsoft, Linux e Peitchos

ostanNão estamos falando dos peitos da Lara Croft no próximo Tomb Raider consumirem mais recursos gráficos e processamento do que o primeiro Tomb Raider inteiro. Também não foi levantada a gritante e sexista exploração que é o Tekken Tag Tournament 2 – Bikini Edition. NEM estão discutindo a lógica de ser errado um jogo japonês de estupro de animes mas ser aceitável um GTA ou Assassin Creed da vida.

A grande discussão da semana é que, em uma linha do código-fonte que a Microsoft contribuiu para o Linux, provavelmente nos drivers do HyperV, foi encontrada a string…

“0xB16B00B5”

Como qualquer um que brincou com uma calculadora na infância sabe, letras podem se assemelhar a números, e escrever sacanagem no display era super-legal. (sim, minha infância foi patética)

Com boa-vontade entende-se a string como “Big Boobs”, peitões.

É uma bobagem que algum estagiário colocou, para não usar uma string aleatória qualquer, e aproveitar para fazer uma gracinha no código-fonte. Coisa que TODO MUNDO FAZ. Alguns têm até padrões. No meu caso variáveis não-planejadas são $jorge e já usei uma vez intFofura.

Fora os comentários. “//BACALHAU PQ O FDP DO SANCHEZ NÂO CONSEGUE FAZER UMA MALDITA STORED FUNCIONAR”, coisas do gênero.

Colocar “0xB16B00B5” é uma brincadeira juvenil que se resume a isso, e é bem mais inofensiva do que mandar links pro Pirocóptero ou pro Goatse.cx. (não google).

CLARO, virou um escândalo. A Microsoft está sendo acusada de sexista machista esTRUpadora. Todos os casos de violência contra mulher nos últimos 500 anos foram linkados ao “0xB16B00B5”.

No Network World aparece texto de uma suposta profissional alegando que esse tipo de comportamento é o que afasta mulheres de TI e do Open Source. Ela obviamente não vai divulgar os emails com as barbaridades que programadoras e analistas enviam umas para as outras, e com certeza nunca foi pro bar com uma mulher da área.

A mais doce e inocente programadora HTML que conheço daria risada disso tudo. Aliás qualquer um com mais de 12 anos daria.

O caso foi parar até no Telegraph, a Microsoft acabou tendo que soltar um pedido de desculpas e remover o terrível e ofensivo “0xB16B00B5”, mas quem quiser bater em prostitutas com pés-de-cabra no GTA, pode continuar.

Vejam bem, as terríveis e ofensivas tufas aparecem no código-fonte, nem é em algum lugar visível. Curioso como os ofendidos não estão tendo ataques de pelanca com a quantidade de “fuck”, “shit”, “crap”, “bastard” e outras que aparecem no código-fonte do Linux. Veja, há até um site para acompanhar.

Xingar no código-fonte deveria ser um direito inalienável de um programador, assim como brincar, que é bem diferente de pregar misoginia. E se é pra ser misógino, qualquer um que considere “0xB16B00B5” deve ter uma pia limpíssima, sem uma louça suja sequer.

Relacionados: , , ,

Autor: Carlos Cardoso

Entusiasta de tecnologia, tiete de Sagan e Clarke, micreiro, hobbysta de eletrônica pré-pic, analista de sistemas e contínuo high-tech. Cardoso escreve sobre informática desde antes da Internet, tendo publicado mais de 10 livros cobrindo de PDAs e Flash até Linux. Divide seu tempo entre escrever para o MeioBIt e promover seus últimos best-sellers O Buraco da Beatriz e Calcinhas no Espaço.

Compartilhar
  • Tejobr

    Se você não sabe o que é código fonte, recebeu um link sobre isso e xingou muito no Twiter: 12237514.

  • Qndt

    Não existe programadora em HTML, pois HTML não é uma linguagem de programação.

    • Já peguei a pipoca pra ver o flamewar.

      • GalegO86

        Ele está certo, HTML não é programação, mas de marcação, está mais pra design… O que realmente faz toda a mágica do famoso HTML5 que o mundo fala é o javascript (e suas variáveis, APIs, bibliotecas, etc) CSSs (seja qual for o número) e tudo mais que cerca o HTML.

        • A questão de ele estar certo ou errado é irrelevante.Pessoal cria flamewar com qq coisa.

          • Qndt

            Não criei flamewar, só mordi a trollbait que o Cardoso deixou de propósito ali.

          • Eu não perderei meu tempo explicando.

    • Leo_Koester

      Uau!

    • Vou chamar o @izzynobre pra cuidar dessa..

    • até que tão mordendo sô

    • Humberto Henrique

      Correto

  • A tal profissional deve ter peitos pequenos.

  • (não google).

    Maldito.

    • Depois desses anos todos, vc ainda cai nessa?

    • onde será que o Cardoso consegue essas pérolas das Interwebs… será que ele tem um banco de dados só com essas sacanagens masa não-googlearmos???

  • Daniel Almeida

    E pior que se o cara botasse B16P3N15 também seria sexista.

  • intFofura!? PORRA CARDOSO!

    • Fazia uma tabela em html com linhas de cores alternadas, ficou uma gracinha!

  • DukaPalacio

    Daqui uns dias vai ter homem reclamando, fazendo mimimi, xingando muito no Twitter, processando e afins, caso se diga que eles tem B16P3N15. Vai virar ofensa.

    E a maioria da galera do “xinga muito” não deve ao menos saber o que é código fonte.

  • Felipe Fernandes

    Nah, a galera do freetardment sempre implicou com a Microsoft e mesmo agora que é CONVENIENTE receber ajuda deles ficam procurando chifre em cabeça de cavalo, achando que uma bobagem dessas vai afastar a Microsoft.

    Projetos Open Source e Free Software são em sua maioria bem legais, pena que estão cercados de imbecis, o Stallman que fale por si próprio.

  • O politicamente correto agora ataca os source codes… ¬¬

    Incrível como uma simples brincadeira causa um escândalo.

    Tempestade num copo da água não é nada, né? E aínda falam do Brasil…

  • Flávio Pontes

    int main() {
    double penetration = 0.0f;
    cout << "Ui…";
    return 0;
    }

  • achsanos

    Mas quando surge um

    “Error: instalação executada com êxito. Clique em OK para concluir”,

    todo mundo acha cômico ao invés de ter um sobressalto.

    • Carlos Magno GA

      Nos meus programas, quando rolava uma excessão não tratada em tempo de execução, eu lançava uma mensagem do tipo “Impressora sem Papel”.

      Obviamente, só eu usava eles.

  • Feministard detected….

  • Caraca TI tá virando uma chatice mesmo… Se eu fosse mais jovem um pouco mudava de profissão… Será que esse povo que escreve software não tem vida sexual não, para ficar se preocupando com essas micuinhas?

    • Te garanto que os profissionais de TI de verdade tem uma vida sexual mais ativa do que a cambada que fez escândalo por causa da string.

      • Hesiodo Ascra

        E eu que pensava que o pessoal que cuidava do Linux era profissional de verdade.
        De qualquer maneira fico mais tranquilo com a sua garantia…

  • xalala men

    Nerdalhada linuxer se ofendeu porque nunca viram um big boob a não ser no espelho.

    • Humberto Henrique

      Hahaha maldade

  • Eric Kurosawa

    Confesso que foi difícil ler a matéria com a imagem da moça no lado, chamando minha atenção hahaha

  • OverlordBR

    Seria legal se quem colocou o 0xB16B00B5 fosse uma programadora… peituda.

  • Tem como mudar essa variável para algo que se assemelhe a “CryBaby”?

  • Eh bem simples…. na verdade isso eh um desabafo da comunidade OPenSource, pq alem da Microsoft fazer drivers para que Linux Guests rodem em seu sistema de virtualizacao ( Hyper-V ) com uma qualidade duvidosa ( para nao dizer pessima ), ainda ficam fazendo gracinhas que acabam indo para arvore de fontes do Kernel que eh publica e qualquer um pode abrir…. agora imaginem o que nao deve ter de brincadeirinhas ( virus, bugs e etc… ) no codigo do Windows que vcs utilizam em seus desktops e naum podem ver ….

    • Virus? No código do Windows? Você tem alguma ideia do que está falando?

      • Flavio Toldo

        “Em informática, um vírus de computador é um software malicioso que vem sendo desenvolvido por programadores que, tal como um vírus biológico, ao infecta um equipamento, traz o mal funcionamento do mesmo.

        A maioria das contaminações ocorre pela ação do usuário, executando o arquivo infectado recebido como um anexo de um e-mail. A contaminação também pode ocorrer por meio de arquivos infectados em pen drives,CDs e outros.”

        em resumo: o windows, mas em alguns casos tbm pode ser definido o usuário.

        (alguem sabe se tem um emote de troll?)

  • Carlos Magno GA

    Interessante é que eles deram piti por um número: 2976579765.

    Me lembrou aquele número de destravar Playstation que a Sony queria proibir, daí os hackers pegaram o número e transformaram em um código de cores.

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Walmart, Cupom de desconto Ricardo Eletro, Cupom de desconto Extra, Cupom de desconto Martins Fontes Paulista, Cupom de desconto Empório da Cerveja