Adobe lança versão final do Flash Player 9 para Linux

O novo Flash Player 9 tem novidades como o ActionScript Virtual Machine (AVM2) e segundo a empresa, ele aumenta o desempenho de execução em 10 vezes. Esse era um dos maiores requisitos por desenvolvedores sérios da plataforma.

O código-fonte dessa máquina virtual otimizida foi fornecido para a Mozilla Foundation, que através de um projeto chamado Tamarin, irá incorporar essa máquina virtual ao Firefox. Isso significa que o JavaScript como conhecemos hoje cederá o lugar para algo muito melhor, compilado, performático e, finalmente, um depurador decente.

Além disso, o Flash pode ser gerado através do Flex 2 SDK e Flex Data Services, APIs de desenvolvimento gratuitas, fornecidas pela Adobe. Eles geram Flash a partir de uma linguagem de marcação baseada em XML.

Há ainda uma versão separada para desenvolvedores, com depurador, que pode ser encontrada aqui.

A Adobe acertou em cheio quando ouviu as maiores reclamações dos desenvolvedores envolvidos com Flash: performance e ferramentas. Investindo cada vez mais nesses dois aspectos e não deixando de lado as funcionalidades multimídia para os designers, o futuro da plataforma parece garantido.

Quem desenvolve em Flash adora 5 coisas:
1. Não há HTML para se preocupar e todo mundo vê a mesma coisa, não importa o browser ou sistema operacional;
2. Pode-se usar CSS para alterar algumas características da exibição;
3. Linguagem de script interna, mais poderosa que o JavaScript, mas compatível com o mesmo e capaz de se conectar com middleware (PHP, JSP, ASP, .Net, etc);
4. Player pequeno;
5. Streaming de vídeo e som de boa qualidade, interação e animação vetorial.

Fonte: Adobe

Aproveite nossos cupons de desconto:

Cupom de desconto Asus, Cupom de desconto Frio Peças, Cupom de desconto Mundo da Carabina, Cupom de desconto JBL, Cupom de desconto Costa Cruzeiros, Cupom de desconto Loja do Mecânico, Cupom de desconto Staples