Digital Drops Blog de Brinquedo

O código fonte deste “jogo” cabe em um único tweet

Por em 1 de julho de 2015 - 17 Comentários
Laguna_Microscope

Pesquisadora procura o código fonte do Tiny Twitch (crédito: Engadget)

Antigamente, devido até mesmo aos limites dos recursos de hardware, os desenvolvedores de jogos tinham que otimizar o código fonte e as bibliotecas de mídia para que o software ocupasse o menor espaço possível na memória secundária (armazenamento). Hoje, a oitava geração de consoles conta com Blu-ray de dupla camada (50 GB decimais) e um HD de no mínimo 500 GB para instalar os jogos. Nesse sentido, uma moleza.

De certa forma, estamos vendo algo parecido no campo mobile: a Apple recentemente permitiu que os aplicativos do iOS estejam contidos em binários de até 4 GB. Isso afetou a corrida armamentista dos smartphones, daquele que tem o melhor hardware, afinal a maioria dos desenvolvedores Android, mesmo não estando limitados aos tais 4 GB, vão poder oferecer games cada vez mais pesados em ambas as plataformas.

Na contramão desse movimento de oferecer jogos cada vez maiores e mais complexos tivemos este interessante desafio:
continue lendo

emSoftware Web Games

Nikon P900 — dando uma olhadinha na Lua

Por em 1 de julho de 2015 - 31 Comentários

nikon_P900_ultrazoom

Todo mundo que me conhece sabe que eu sou absolutamente contra as câmeras ultrazoom. Principalmente as que apareceram nos últimos anos. Os fabricantes entraram em uma disputa maluca sobre quem fazia a câmera com mais distância focal e acabamos esquecendo que a quantidade exagerada de elementos óticos acabam afetando consideravelmente a qualidade da imagem, ainda mais quando sabemos que essas câmeras se utilizam dos menores sensores fabricados. Para quem está chegando agora fica o alerta, quanto menor o sensor, pior a qualidade de imagem.

A brincadeira chegou a um nível absurdo agora que a Nikon lançou a Coolpix P900. A câmera é equipada com um sensor CMOS de 16 megapixels e uma lente com distância focal equivalente a uma 24-2000mm com abertura máxima de diafragma em f/2,8-6,5. Fora a parte da qualidade da imagem, também temos a questão da estabilização. Mesmo com a tecnologia VR da Nikon que garante (segundo a empresa) um ganho de 5 f/stops, é quase impossível um ser humano segurar uma câmera dessas em zoom máximo sem a necessidade de um tripé ou monopé. Mas, existe público para esse tipo de equipamento, pois todos os fabricantes possuem uma câmera desta categoria.

Para termos ideia da potência da coisa temos um exemplo do uso da P900 em vídeo que correu a internet nesta semana. O usuário do YouTube Naturbeobachtungen von Lothar Lenz publicou um vídeo feito com a Nikon P900 onde é mostrado um pouco do alcance da câmera ao filmar a Lua. O vídeo já teve mais de 2 milhões de visualizações e mostra bem o movimento da Lua no céu. Em algumas partes tenho quase certeza que o vídeo foi cropado, pois a câmera também possuí um zoom digital bem forçado, mas mesmo assim é interessante. Notem que a câmera deve estar em um tripé, e mesmo assim ela não está totalmente estabilizada. Em certo momento temos uma rajada de vento e a imagem treme toda. Ou seja, qualquer coisa em 2.000 mm, mesmo a respiração do fotógrafo, pode tremer a foto.

Vejam abaixo e tirem suas conclusões.
continue lendo

emAstronomia Equipamentos Fotografia

Gamurs, mais uma rede social para gamers

Por em 1 de julho de 2015 - 2 Comentários

gamurs

E aí, pronto para fazer parte de mais uma rede social? Pois é, eu não o culpo se não estiver, mas há quem acredite que o mundo ainda não oferece opções suficientes para nos conectarmos (ui!) com os outros e assim nasceu a Gamurs.

Criada por Riad Chikhani, um jovem de 20 anos que conseguiu US$ 385 mil para iniciar a plataforma, o site tem como principal objetivo oferecer uma nova maneira dos gamers interagirem entre si, compartilhando conquistas, notícias, vídeos e até streaming ao vivo.

continue lendo

emGames Miscelâneas

LG Chem apresenta bateria hexagonal que promete melhorar autonomia de smartwatches

Por em 1 de julho de 2015 - 10 Comentários

lg-chem-battery

A LG Chem, a maior companhia química da Coreia do Sul é a responsável pelas pesquisas de novas soluções para fornecimento de energia para dispositivos móveis. Eles são os responsáveis por conceitos como baterias que não passam de um fio e de outras completamente flexíveis, cruciais para o desenvolvimento de novos wearables.

Agora a empresa apresentou no início desta semana um novo modelo de bateria hexagonal voltada para smartwatches, que promete uma autonomia 25% maior.

continue lendo

emHardware Planeta Sem Fio

Nintendo anuncia Pokémon Shuffle para smartphones

Por em 1 de julho de 2015 - 19 Comentários

pokemon-shuffle

Quando a Nintendo jogou a toalha e confirmou que lançaria seus games também para smartphones, muita gente enfim comemorou não só a possibilidade de jogar Mario e Zelda em seu Android ou iPhone, mas também com a empresa japonesa percebendo o óbvio, que era preciso diversificar e ampliar a presença de seus personagens e não os manter eternamente atrelados a seus consoles.

Agora, nós já sabíamos que ao menos com uma franquia a Nintendo não é tão xiita: Pokémon. Os monstrinhos de bolso possuem uma versão digital de seu TCG disponível para Windows e Mac desde 2011, e ele recentemente chegou ao iPad. Portanto não é surpresa que um título da franquia tenha sido escolhido para ser o primeiro título oficial da Nintendo presente em dispositivos mobile.

continue lendo

emCelulares Games Jogos Nintendo

Xiaomi chega ao Brasil com Redmi 2 a R$ 499

Por em 1 de julho de 2015 - 128 Comentários

hugo-barra-redmi-2

A Xiaomi chegou ao Brasil fazendo bastante barulho, principalmente se levarmos em conta os seus calorosos “Mi Fãs”. Em evento realizado ontem em São Paulo a empresa chinesa lançou o Redmi 2, um aparelho intermediário com um preço extremamente competitivo.

continue lendo

emAndroid e Linux Celular Destaque Destaques Mercado

John Romero está vendendo sua coleção de games no eBay

Por em 1 de julho de 2015 - 19 Comentários

turbografx-16

Além de ter lhe dado a oportunidade de adquirirmulheres, automóveis, mulheres, iates…”, ter sido um dos pioneiros da indústria permitiu que ao longo dos anos John Romero montasse uma bela coleção de games. Pois eis que o game designer resolveu se desfazer de parte dela.

Nesta madrugado o criador do Quake e do Doom encerrou dois leilões bem interessantes, sendo que o primeiro deles era de um TurboGrafx-16 em perfeitas condições de conservação e que alcançou US$ 222,50; já o segundo possuía 30 cartuchos de Super Nintendo, com o lote tendo sido arrematado por US$ 560.

Abaixo segue a lista completa dos jogos e repare que ela conta com alguns títulos um pouco raros, como o Breath of Fire, Lufia e Final Fantasy II, além do polêmico Custer’s Revenge para Atari:

continue lendo

emGames Miscelâneas